Articulando raça e classe: efeitos para a construção da identidade afrodescendente

Articulating race and class: effects on the construction of the afro-descendant identity

O artigo sustenta que raça e classe estão articuladas no contexto brasileiro, produzindo efeitos na identidade afrodescendente. Especificamente, neste texto estão em jogo os efeitos que o acesso à universidade tem para os afrodescendentes na construção de sua identidade cultural. Considera os universitários beneficiados pelo projeto Negraeva, iniciado em 2002, projeto de apoio para a manutenção de afrodescendentes nas universidades, desenvolvido pela Comunidade Negraeva, localizada em Campo Grande (MS). Para compreender os efeitos que o acesso à universidade tem na construção de sua identidade cultural, recorreu-se a entrevistas semi-estruturadas com estes sujeitos. Perceberam-se vários efeitos, destacando-se que os afrodescendentes passam a ter mais força para reivindicar direitos, questionar atitudes discriminatórias, desconstruir o mito da democracia racial, construindo uma identidade cultural/racial/étnica de forma a se verem e serem vistos pelos outros como uma identidade legítima, que não pode ser usada para justificar a dominação e a exploração econômica como se fez e se faz no Brasil desde os tempos da colonização.

Identidade; Diferença; Afrodescendente; Cultura


Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br