Educação & Sociedade, Volume: 23, Issue: 79, Published: 2002
  • Untitled document Editorial

  • Apresentação Dossiê: "Diferenças"

    Veiga-Neto, Alfredo
  • Curriculum, cultural difference and dialogue Dossiê: "Diferenças"

    Moreira, Antonio Flavio Barbosa

    Abstract in Portuguese:

    Considerando-se o fato de que a sociedade contemporânea é inescapavelmente multicultural, defende-se, no artigo, que se responda a essa situação por meio de um multiculturalismo crítico. A fim de evitar que uma política da diferença destrua a construção de projetos comuns, sugere-se a promoção do diálogo, cujas dificuldades não podem ser minimizadas. Com o apoio de entrevistas realizadas com sete pesquisadores brasileiros, especialistas em multiculturalismo, discutem-se suas visões de diferença e de diálogo, bem como as estratégias pedagógicas decorrentes dessas visões. Argumenta-se que o atrito entre os insights da teoria curricular crítica e as contribuições da teoria social e cultural contemporânea pode favorecer o avanço da discussão dessas questões.

    Abstract in English:

    Acknowledging that our society is ineluctably multicultural, this paper advocates this situation should be faced through a critical multiculturalism. It suggests that dialogue, despite the problems involved in its promotion, can avoid that politics of difference destroy a common project of change. Drawing on interviews with seven Brazilian researchers in multiculturalism, their views on difference, dialogue and curriculum practice are analyzed. The text still argues that the tension between the insights of critical curriculum theory and the contributions of contemporary social and cultural theorizing can illuminate the discussion of such issues.
  • Why do we kill the barber?: preliminary reflections on the paradoxical exclusion of the other Dossiê: "Diferenças"

    Souza, Regina Maria de; Gallo, Silvio

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho discutirá a exclusão como efeito de mecanismos ao mesmo tempo assimilatório e racista. Racismo é aqui entendido como efeito de um processo que coloca em jogo tanto o temor subjetivo de se haver com o desejo do outro/estranho a mim mesmo como, também, uma fina rede de poderes articulados. Esta reflexão terá como objetivo iniciar, ainda que timidamente, um diálogo com Michel Foucault e autores inscritos na psicanálise. Isso será feito não no sentido de mostrar a possibilidade de, entre os conjuntos teóricos que representam, haver qualquer ponto de interseção, mas no sentido de apontar a necessidade de ser fabricada uma ferramenta que possa explicar a "colagem" dos dispositivos de poder ao funcionamento do sujeito, que, via de regra, deixa-se capturar por eles.

    Abstract in English:

    This paper discusses exclusion as the effect of mechanisms that are at the same time assimilatory and racist. Racism is here understood as the effect of a process involving both the subjective fear of dealing with the desire of the other/stranger and a fine network of articulated powers. The aim of this reflection is to initiate a dialogue, however timid, with Michel Foucault as well as with authors who recur to a psychoanalytic approach. The intent is not to demonstrate there may have any points of intersection among the various theoretical groups they represent, but rather to point out the need to fashion a tool that explains the bonding of mechanisms of power to the subject's functioning, subject who usually lets himself be entangled by them.
  • Identity and difference: improprieties Dossiê: "Diferenças"

    Silva, Tomaz Tadeu da

    Abstract in Portuguese:

    A questão da identidade e da diferença está no centro de boa parte das discussões educacionais atuais. Nessa discussão, a diferença acaba, em geral, reduzida à identidade. Nesta pequena coleção de afirmações, tento, inspirado sobretudo na filosofia da diferença de Gilles Deleuze, desequilibrar o jogo em favor da diferença.

    Abstract in English:

    The question of identity and difference is the center of the current educational debate where, usually, difference is reduced to identity. In this small collection of assertions, I try, inspired mostly by Gilles Deleuze's philosophy of difference, to shift the balance to the side of difference.
  • What is the use of strangers?

    Larrosa, Jorge

    Abstract in Spanish:

    En ese texto, propongo que la retórica multicultural que hoy prolifera en el campo pedagógico puede ser tratada en términos de la imagen que produce de nosotros mismos o, dicho de otro modo, en en la construcción de nuestra propia identidad. Esa retórica funciona también como un mecanismo para conjurar lo que el otro extranjero pueda tener de inquietante para nosostros. Sospecho que palabras como "convivencia", "diálogo" o "pluralismo" estén siendo utilizadas de forma tan acrítica como la antigua "misión civilizadora" y estén alimentando también nuestra buena conciencia y una imagen confortable y satisfecha de nosotros mismos. Pero, el otro extranjero no se deja representar. No permite que nadie le represente y no quiere representar a nadie ni a nada. Cuales son las implicaciones de esa situación con la Educación?

    Abstract in English:

    I propose that the multicultural rhetoric, nowadays waxing in the field of pedagogy, can be treated in terms of the image of ourselves it produces, that is, through the construction of our own identity. Such rhetoric also works as a device to ward off whatever may worry us in the other, in the stranger. I suspect that such words as coexistence, dialog or pluralism are used with the same lack of criticism as civilizing mission used to be. They would thus feed our good consciousness and provide us a comfortable and satisfying image of ourselves. Yet, the others, strangers do not let themselves be represented. They do not allow anybody to represent them nor do they want to represent anything or anyone. What does all this imply for pedagogy?
  • Otherness and pedagogy: or... What if there were no other?

    Skliar, Carlos

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo se propõe a discutir a questão do outro e da(s) pedagogia(s) a partir da política, poética e filosofia da diferença. Com esse objetivo, discuto as espacialidades do outro -- espacialidade colonial, multicultural e da diferença -- estabelecendo uma relação com as imagens produzidas sobre a alteridade: o outro maléfico, a invenção maléfica do outro, o chamado à relação com o outro, o outro irredutível e o "eu" como refém do outro. Finalmente, estabeleço uma relação dessas imagens com as pedagogias (improváveis) para as diferenças: a pedagogia do outro que deve ser borrado, a pedagogia do outro como hóspede da nossa hospitalidade hostil e a pedagogia do outro que reverbera permanentemente.

    Abstract in English:

    This paper is aimed at discussing the issue of the other and of pedagogy from politics, poetics, and the philosophy of difference. In this sense, I question the other's spatiality -- colonial, multicultural and difference spatiality -- relating it to the images produced for otherness: the other as evil, the evil invention of the other, the cry for the relation to the other, the irreducible other and the "ego" as an hostage of the other. Finally, I establish a relationship between such images and the (improbable) pedagogy for differences: the pedagogy of the other that has to be blotted, the pedagogy of the other as a host of our hostile hospitality and the pedagogy of the other that constantly reverberates.
  • Society, everyday school life and culture(s): an approach Dossiê: "Diferenças"

    Candau, Vera Maria Ferrão

    Abstract in Portuguese:

    Este trabalho pretende apresentar a problemática da educação multicultural hoje, do ponto de vista conceitual e prático. Neste contexto, situa e define a perspectiva da educação intercultural Apresenta uma visão de conjunto da linha de pesquisa que a autora vem desenvolvendo no Departamento de Educação da PUC-Rio, que tem por preocupação central analisar as relações entre cultura(s) e educação na sociedade brasileira.

    Abstract in English:

    This paper analyses the current multicultural education both from a theoretical and a practical point of view. Using multicultural education as a frame of reference, it also defines the notion of intercultural education. Finally, it presents a general view of the research being carried out by the author at the Department of Education of the Catholic University of Rio de Janeiro (PUC-Rio). The project is mainly concerned with the discussion of the relationship between culture(s) and education in the Brazilian society.
  • About geometries, curriculum and differences Dossiê: "Diferenças"

    Veiga-Neto, Alfredo

    Abstract in Portuguese:

    Ao imprimir uma ordem geométrica, reticular, diferencial e disciplinar aos saberes e práticas escolares, o currículo promoveu a abstração do espaço e do tempo e contribuiu para o estabelecimento de novas articulações entre ambos. Isso foi da maior importância para o advento da Modernidade, na medida em que tanto a escola fez do currículo o seu eixo central quanto ela mesma tomou a si a tarefa de educar setores cada vez mais amplos da sociedade. Geometrizando a distribuição dos saberes, o currículo engendrou uma nova geometrização para o mundo, recolocando em termos epistemológicos modernos a invenção grega da fronteira como o limite a partir do qual estão os outros, assim começa a diferença. Dado que hoje estamos vivendo uma ruptura radical nas formas de significar, representar e usar o espaço e o tempo, o currículo pode nos ser "útil" tanto para conhecermos o papel da escola na virada para o pós-moderno quanto para mudarmos alguns rumos das políticas da diferença nessa virada.

    Abstract in English:

    While imprinting a geometrical, reticular, differential and disciplinary order to the knowledge and school practices, curriculum concurred to abstract time and space, as well as to create new connections between both. This has been very important for Modernity, insofar as curriculum occupies the center of the school practices and as school was widely extended to the society. Curriculum put into modern epistemological terms the Greek invention of the frontier as the limit beyond which are the others, beyond which difference begins. Since there is a rupture in the forms by which, nowadays, we signify, represent and use space and time, curriculum may be useful to understand the role of school in the postmodern turn, and to change the course of some politics of difference within this turn.
  • Trabalho e comunicação: reflexões sobre um conceito dialético de competência Artigos

    Markert, Werner

    Abstract in Portuguese:

    A discussão atual sobre o conceito de competência demonstra ainda uma grande inconsistência sobre seus fundamentos teórico-metodológicos. Para evitar que o conceito fosse unicamente uma contribuição tecnicista, que segue uma moda atual e tencione somente a conformação da subjetividade dos trabalhadores à nova ideologia progressista do capital, pretendemos desenvolver um conceito integral de competências, que reflete as relações complexas entre o mundo do trabalho e o mundo da vida, e se refere à discussão sobre o conceito de trabalho nas visões teóricas de Antunes, Marx e Habermas e estudos empíricos de Baethge, Rojas, Tanguy e Zarifian. O objetivo é mostrar, que nas perspectivas universais de trabalho e de comunicação identificam-se com as raízes do desenvolvimento universal da produção e da competência do sujeito.

    Abstract in English:

    The current discussion about the new concept of competence demonstrates a great theoretical and methodological incoherence. To avoid limiting this concept to a technical vision that follows a fashion and only studies how the workers' subjectivity conforms to the new, progressive ideology of capital, we intend to develop an integral concept of competence that reflects the complex relationships between the universes of work and life. We thus refer both to the discussion of the concept of work according to both Antunes, Marx and Habermas' theoretical standpoints and the empirical studies of Baethge, Rojas, Tanguy and Zarifian. Our intention is to show that, in the universal perspective of work and communication, they are linked to the roots of universal development of production and of the subject competence.
  • About the universalization of school access in Brazil Artigos

    Ferraro, Alceu Ravanello; Machado, Nádie Christina Ferreira

    Abstract in Portuguese:

    O artigo analisa como se distribuem pelo território nacional os 8,1 milhões de crianças e adolescentes brasileiros de 4 a 17 anos, que em 1996 não freqüentavam escola. Questiona-se em particular a tese segundo a qual a universalização do acesso à escola estaria assegurada no Brasil desde os anos 80, a qual reduz o não-acesso a algo como 5%. As taxas de não-freqüência à escola em 1996, para as pessoas de 4 até 17 anos, são sempre superiores a 5%, ultrapassando o nível de 20% nos grupos extremos, isto é, dos 4 aos 6 anos e dos 15 aos 17 anos. O não-acesso à escola, portanto, ainda é um problema real no Brasil. Elevadas taxas de pessoas que nunca ingressaram na escola não se limitam ao Nordeste, estendendo-se também a estados como Amazonas e Pará, na Região Norte. As taxas de exclusão da escola são sempre mais elevadas para o sexo masculino do que para o feminino. Sob o aspecto conceptual, a noção de não-acesso deve compreender não apenas os que nunca freqüentaram escola, mas também aqueles que, tendo freqüentado e ainda em idade escolar, se encontram fora da escola.

    Abstract in English:

    This paper analyses how the 8.1 million Brazilian children and adolescents between 4-17 years who did not attend class in 1996 distribute throughout the national territory. It particularly questions the thesis that asserts that the school access universalization is guaranteed in Brazil since the 80s and that non-attendance stands around 5%. In 1996, the rates of non-attendance to school for youths between 4-17 years were always above 5% and even exceeded 20% in extreme groups, that is, youngsters between 4-6 or 15-17 years. Therefore, non-attendance to school continues being a real problem in Brazil. High rates of people who have never gone to school are not restricted to Northeastern Brazil, but also extend to such states as Amazonas and Pará, in Northern Brazil. The rates of school exclusion are always higher for males than for females. From a conceptual point of view, the notion of non-access must include not only the people who have never attended school, but also those who, even though in school age, are out of school.
  • Hazing in the faculty of education and the pleasent sadomasochist integration Artigos

    Zuin, Antônio Álvaro Soares

    Abstract in Portuguese:

    O texto propõe-se a investigar a existência de um processo psicossocial de integração sadomasoquista (os chamados "trotes") entre os calouros e veteranos do curso de Pedagogia da Universidade Federal de São Carlos. Através da análise dos dados coletados, pode-se concluir que o trote universitário é um rito de passagem, cuja violência física e, principalmente, psíquica, é justificada, pelos alunos, como uma tradição que deve ser mantida na vida universitária.

    Abstract in English:

    This paper intends to investigate the existence of a psychosocial process of sadomasochist integration (the so-called "hazing") between freshmen and veterans in the Faculty of Education at the Federal University of São Carlos. The analysis of the collected data indicates that university hazing is a passage rite whose physical and mainly psychic violence is justified by students as a tradition that must be maintained in the university life.
  • Research called "state of the art" Revisão & Sinteses

    Ferreira, Norma Sandra de Almeida

    Abstract in Portuguese:

    Nos últimos quinze anos, no Brasil e em outros países, tem se produzido um conjunto significativo de pesquisas conhecidas pela denominação "estado da arte" ou "estado do conhecimento". Definidas como de caráter bibliográfico, elas parecem trazer em comum o desafio de mapear e de discutir uma certa produção acadêmica em diferentes campos do conhecimento, tentando responder que aspectos e dimensões vêm sendo destacados e privilegiados em diferentes épocas e lugares, de que formas e em que condições têm sido produzidas certas dissertações de mestrado, teses de doutorado, publicações em periódicos e comunicações em anais de congressos e de seminários. Neste artigo levanto e tento responder as seguintes questões: seria possível fazer um esforço de interrogar a história a produção acadêmica sobre determinada área do conhecimento, optando por ler apenas dados bibliográficos e resumos dos trabalhos? O que significa ler esse lugar (catálogos), instituição de divulgação dos trabalhos, tomando-o como fonte documental para um mapeamento da produção acadêmica, em pesquisas denominadas "estado da arte"?

    Abstract in English:

    These last fifteen years, Brazil and other countries have seen the production of a significant set of research, known as "state of the art" or "state of knowledge". Defined as having a bibliographic feature, they seem to share the challenge of mapping and discussing a certain academic production in different fields of knowledge. They try to show which aspects and dimensions have been highlighted and privileged at different times and places. They also pinpoint how and in what conditions certain kinds of master's degree thesis and doctor's degree dissertations, publications in periodicals and communications in annals of congress and seminary were produced. In this article, I pose and try to answer the following questions: Is it worth making the effort of interrogating the history of the academic production about a given area of knowledge, choosing to read only bibliographic data and abstracts of works? What does it man to read this institution of work dissemination (catalogues), taking it as a documental source to map the academic production in research called "state of art"?
  • Beyond multicultural education: critical race theory, culturally relevant pedagogy and teacher training (interview with professor Gloria Ladson-Billings) Jornal da Educação

    Gandin, Luís Armando; Diniz-Pereira, Júlio Emílio; Hypolito, Álvaro Moreira

    Abstract in Portuguese:

    O presente texto traz a entrevista da Professora Gloria Ladson-Billings, da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos. Nessa entrevista, a professora Ladson-Billings analisa conceitos como o de 'teoria racial crítica' e 'pedagogia culturalmente relevante', mostra a importância desses conceitos para a superação de modelos conservadores de Educação Multicultural, bem como discute os desafios que ainda precisam ser enfrentados no campo do currículo e da formação docente, principalmente em relação às questões raciais. Finalmente, ela fala a respeito do que conhece sobre a realidade educacional brasileira e de como o Brasil poderia participar de um movimento de construção de uma consciência racial crítica mundial.

    Abstract in English:

    In this interview, Professor Gloria Ladson-Billings analyzes the concepts of 'critical race theory' and 'culturally relevant pedagogy', emphasizes the importance of these concepts in the process of overcoming conservative models of multicultural education, and discusses the challenges for those working in the field of curriculum and teacher education, especially when they deal with the issue of race. Finally, she comments on her knowledge of the Brazilian educational reality and argues that Brazil should participate in a movement for the creation of a global critical race consciousness.
  • Areias e contas em movimento: análise de dois filmes de animação Imagens & Palavras

  • Poderes instáveis em educação Imagens & Palavras

    Anastacios, Léa Ap. Camargo; Almeida, Maria Isabel de; Gomes, Marineide de Oliveira
Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Av. Berttrand Russel, 801 - Fac. de Educação - Anexo II - 1 andar - sala 2, CEP: 13083-865, +55 12 99162 5609, Fone / Fax: + 55 19 3521-6710 / 6708 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: revistas.cedes@linceu.com.br