Stress no cotidiano da equipe de enfermagem e sua correlação com o cronótipo

Stress resulting from the daily activities of the nursing team and correlation with chronotype

Luciane Ruiz Carmona Ferreira Milva Maria Figueiredo De Martino Sobre os autores

Este estudo teve como propósitoclassificar o cronótipo dos funcionários da equipe de enfermagem e identificar a presença de stress correlacionado ao cronótipo e turno de trabalho. Foi realizado em hospital privado da cidade de Limeira, estado de São Paulo, com 87 sujeitos, dos diferentes setores e turnos de trabalho. Os instrumentos utilizados foram o Inventário de Sintomas de Stress de Lipp e o Questionário de Indivíduos Matutinos e Vespertinos. Verificou-se que 74,7% dos sujeitos estavam adequados ao turno de trabalho; no entanto, 55,4% apresentavam sintomas de stress, demonstrando correlação estatisticamente significativa (Teste Exato de Fisher p=0,035). Verificou-se também stress nos sujeitos com maior tempo de serviço na instituição, com diferença significativa (Teste Exato de Fisher p=0,003). Concluiu-se que a maioria dos sujeitos estava adequada ao turno de trabalho, de acordo com seu cronótipo, porém mesmo nestes indivíduos o stress foi observado, levando à confirmação de dados obtidos em outras pesquisas quanto ao caráter estressante da profissão.

Enfermagem; Stress; Trabalho por turno


Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II, Av. John Boyd Dunlop, s/n. Prédio de Odontologia, 13060-900 Campinas - São Paulo Brasil, Tel./Fax: +55 19 3343-7223 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: psychologicalstudies@puc-campinas.edu.br
Accessibility / Report Error