Memória em idoso: relação entre percepção subjetiva e desempenho em testes objetivos

Memory in older adults: Relationship between subjective perception of memory and performance in objective tests

Fábio Rodrigo BOURSCHEID Luíza MOTHES Tatiana Quarti IRIGARAY Sobre os autores

Resumo

A relação entre a percepção subjetiva de memória e o desempenho em testes objetivos tem sido alvo de diversos estudos em vista de sua utilidade no diagnóstico do declínio cognitivo. Dada a ausência de consenso em relação ao tema, avaliou-se o desempenho de idosos em testes objetivos de memória, correlacionando-o com a percepção subjetiva dos participantes acerca de sua memória. Cento e cinquenta e dois idosos preencheram uma ficha de dados sociodemográficos, na qual foi incluída uma questão para avaliar a percepção subjetiva acerca de sua memória. Dados objetivos foram coletados a partir do Mini-Exame do Estado Mental, dos subtestes de Memória do Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve, da Escala de Depressão Geriátrica e do Inventário Beck de Ansiedade. Correlações parciais significativas foram verificadas nas tarefas de memória de trabalho, memória episódica verbal e memória semântica de longo prazo, fornecendo evidências acerca da utilidade clínica da medida de percepção subjetiva de memória.

Palavras-chave:
Idosos; Memória; Testes neuropsicológicos.

Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Núcleo de Editoração SBI - Campus II, Av. John Boyd Dunlop, s/n. Prédio de Odontologia, 13060-900 Campinas - São Paulo Brasil, Tel./Fax: +55 19 3343-6875 - Campinas - SP - Brazil
E-mail: estudosdepsicologia@puc-campinas.edu.br