Accessibility / Report Error

Sonolência excessiva diurna em pacientes com doença renal crônica submetidos a hemodiálise

Introdução

Aproximadamente 80% dos pacientes com doença renal crônica (DRC) referem alguma queixa sobre distúrbios do sono, sendo muito maior do que na população em geral. A sonolência excessiva diurna é a terceira queixa mais frequente e está significativamente associada com um maior rico de apneia do sono. O objetivo deste estudo foi avaliar a presença de sonolência excessiva diurna em pacientes com doença renal em estágio final (DREF) submetidos a hemodiálise diurna.

Materiais e métodos

A escala de sonolência de Epworth (ESE) foi aplicada em pacientes em DREF, que realizam hemodiálise diurna no Centro de Nefrologia da Zona Norte, na cidade de São Paulo.

Resultados

Cento e sessenta e oito pacientes foram incluídos no estudo. Trinta e um por cento da amostra apresentou uma leve propensão a dormir, de acordo com ESE, enquanto que vinte e dois por cento apresentaram uma moderada propensão e dezessete por cento apresentaram uma grave propensão.

Conclusão

Nosso estudo concluiu que 70% da amostra em DREF submetidos a hemodiálise apresentaram uma propensão de dormir em circunstâncias inapropriadas, de acordo com a escala de sonolência de Epworth. Uma vez que a sonolência excessiva diurna está associada com a apneia do sono e outras comorbidades é essencial estar atento às queixas desses pacientes.

Sono; Diálise renal; Distúrbios do sono por sonolência excessiva; Insuficiência renal crônica


Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rua Imaculada Conceição, 1155 - Prado-Velho -, Curitiba - PR - CEP 80215-901, Telefone: (41) 3271-1608 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista.fisioterapia@pucpr.br