Accessibility / Report Error

Laser de baixa potência no tratamento do linfedema de membro superior: revisão sistemática

Introdução

O Laser de baixa potência vem sendo sugerido como uma forma complementar ao tratamento do linfedema. Entretanto, os mecanismos de ação dessa terapêutica bem como seus efeitos são pouco esclarecidos até o momento.

Objetivo

Realizar uma revisão sistemática da literatura, a fim de analisar os efeitos do laser de baixa potência no tratamento de linfedema de membro superior em mulheres submetidas à cirurgia do câncer de mama.

Materiais e métodos

Foram incluídos ensaios clínicos aleatorizados nos idiomas português, inglês e espanhol, de janeiro de 1990 a julho de 2013. A busca dos artigos foi realizada nas bases de dados eletrônicas Pubmed, Lilacs e PEDro, utilizando os seguintes descritores: Terapia a Laser de Baixa Intensidade, Linfedema, Câncer de Mama, Low-level laser therapy, Lymphedema, Breast Neoplasms e também por meio da busca manual.

Resultados e discussão

O Laser de baixa potência tem sido utilizado no tratamento de vários problemas agudos e crônicos. Porém, sua aplicação para o manejo do linfedema pós cirurgia de câncer de mama ainda é recente, sendo essa muitas vezes embasada em evidências empíricas. O tratamento do linfedema de membro superior com o laser de baixa potência apresentou bons resultados, com uma redução da circunferência ou volume do membro acometido.

Conclusão

Mais estudos, de alta qualidade metodológica, são necessários para um maior entendimento do mecanismo de ação do laser de baixa potência sobre o sistema linfático e seus efeitos no tratamento do linfedema.

Terapia a laser de baixa intensidade; Linfedema; Câncer de mama


Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rua Imaculada Conceição, 1155 - Prado-Velho -, Curitiba - PR - CEP 80215-901, Telefone: (41) 3271-1608 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista.fisioterapia@pucpr.br