Efeito agudo do alongamento na marcha de idosas em terreno inclinado

Acute effects of stretching on elderly gait on inclined surface

Ricardo Martins de Souza Bianca Kirchner André Luiz Félix Rodacki Sobre os autores

Introdução

O envelhecimento causa modificações musculares que influenciam negativamente a capacidade funcional dos idosos na locomoção, em especial durante a transposição de superfícies inclinadas. Essas mudanças geram redução da performance, diminuindo a mobilidade e aumentando o risco de queda na execução de tal tarefa. Os exercícios de alongamento podem reduzir a influência de dessas degenerações, preservando a capacidade muscular e a mobilidade.

Objetivo

O objetivo deste estudo foi avaliar a atuação do efeito agudo de uma sessão de exercícios de alongamento sobre a marcha de idosas durante a locomoção em uma rampa.

Materiais e métodos

Doze mulheres idosas, saudáveis e independentes, caminharam subindo e descendo uma rampa com inclinação de 10%. A análise cinemática (2D) e eletromiográfica foi realizada durante uma única sessão experimental, imediatamente antes (PRÉ) e após (PÓS) a realização de um exercício de alongamento estático dos flexores do quadril.

Resultados

O exercício de alongamento gerou aumento da amplitude (PRÉ 52,3 ± 18,30; PÓS 63,6 ± 16,90) e velocidade (PRÉ 195,8 ± 31,20/s; PÓS 241,8 ± 29,80/s) do quadril, assim como redução do tempo de ativação do tibial anterior (PRÉ TAFIN1 29,7 ± 6,7%; TAFIN2 100,0 ± 0,0%; PÓS TAFIN1 23,3 ± 7,4%; TAFIN2 87,7 ± 3,4%) e do bíceps femoral (PRÉ 45,0 ± 5,4%; PÓS 36,1 ± 10,4%) na subida na rampa. Na descida ocorreu aumento na velocidade da marcha (PRÉ 0,95 ± 0,18 m.s-1; PÓS 1,01 ± 0,22 m.s-1) e tamanho do passo (PRÉ 1,02 ± 0,15 m; PÓS 1,08 ± 0,18 m).

Conclusão

Os exercícios utilizados foram capazes de alterar de forma significativa os parâmetros avaliados, permitindo uma marcha mais veloz e reduzindo a ativação muscular. Estudos longitudinais são necessários para que os resultados aqui encontrados de forma temporária possam ser confirmados de forma permanente.

Marcha; Alongamento; Idosos; Eletromiografia


Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rua Imaculada Conceição, 1155 - Prado-Velho -, Curitiba - PR - CEP 80215-901, Telefone: (41) 3271-1608 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista.fisioterapia@pucpr.br