Accessibility / Report Error

Efeitos do método Pilates nas dores cervicais: uma revisão sistemática

Natália Fernanda Cemin Emanuelle Francine Detogni Schmit Cláudia Tarragô Candotti Sobre os autores

Resumo

Introdução:

O Método Pilates vem sendo utilizado para redução álgica cervical.

Objetivo:

revisar sistematicamente os ensaios clínicos aleatorizados e não aleatorizados que avaliaram os efeitos do Método Pilates na dor cervical, quando comparados a outro grupo (CRD42015025987).

Métodos:

O presente estudo compreendeu uma revisão sistemática direcionada pelo PRISMA Statement com base nas recomendações da Colaboração Cochrane, registrada no PROSPERO sob o código CRD42015025987. Foram conduzidas buscas nas bases de dados Cochrane CENTRAL, EMBASE, PubMed, Science Direct, SCOPUS e Web of Science, com os termos “Pilates” AND “Neck pain”, sem restrição de idioma e data.

Resultados:

Dos 73 estudos identificados, dois foram incluídos por cumprir o critério de elegibilidade (ao menos um grupo com intervenção com Pilates), sendo a qualidade metodológica avaliada pela escala Downs e Black e a força de evidência pela Melhor Síntese de Evidência. A dor e a incapacidade diminuem a partir da sexta sessão, com melhora gradativa até 24 sessões.

Conclusão:

Há poucos estudos e moderada evidência sobre os efeitos positivos do Pilates na dor e funcionalidade em indivíduos com dor cervical.

Palavras-chave:
Dor Cervical; Pilates; Terapia por Exercício; Revisão Sistemática

Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rua Imaculada Conceição, 1155 - Prado-Velho -, Curitiba - PR - CEP 80215-901, Telefone: (41) 3271-1608 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista.fisioterapia@pucpr.br