Teste do esfigmomanômetro para avaliação da força muscular em indivíduos com amputações de membros inferiores: validade e confiabilidade

Fabiana Amaral de Carvalho Letícia Cristina Carvalho Silva Regina Adriana Nogueira Stella Maria Cândido Camargos Andressa Silva Viviane Santos Borges Sobre os autores

Resumo

Introdução:

O teste do esfigmomanômetro é um método alternativo e de baixo custo para se avaliar a força muscular. Esse instrumento já foi considerado válido e confiável para mensurar a força isométrica em diversas condições de saúde. No entanto, em indivíduos com amputações de membros as propriedades desse instrumento para esse fim, ainda não foram investigadas.

Objetivo:

Investigar a validade de critério concorrente, a confiabilidade teste-reteste e entre examinadores, do teste do esfigmomanômetro aneroide (TEA) sem modificação, para a avaliação da força muscular de indivíduos com amputações de membros inferiores (MMII).

Métodos:

Participaram 22 indivíduos (57,6 ± 15,2 anos) com amputações de MMII. A força isométrica máxima foi avaliada através de um dinamômetro portátil (microFet2®) e do TEA. Para identificar diferenças entre as repetições, ANOVA one-way foi utilizada. Para avaliar a validade do critério concorrente, confiabilidade teste-reteste e entre examinadores do TEA, os coeficientes de correlação de Pearson, de determinação e coeficiente de correlação intra-classe (CCI) foram calculados.

Resultados:

Para todos os grupos musculares, não foram observadas diferenças nas repetições (0,00001 ≤ F ≤ 0,10; 0,90 ≤ p ≤ 0,99). Os resultados apresentaram correlação positiva elevada e muito elevada para as diferentes medidas e grupos musculares dos MMII (0,76 ≤ r ≤ 0,93; p ≤ 0,02). E confiabilidade teste-reteste (0,67 ≤ ICC ≤ 0,97) e entre examinadores (0,78 ≤ ICC ≤ 0,97) consideráveis. Os valores obtidos com o TEA foram bons preditores daqueles obtidos com o dinamômetro manual (0,58 ≤ r2 ≤ 0,85).

Conclusão:

Para indivíduos com amputações de membros, o TEA apresentou valores adequados de validade de critério concorrente, confiabilidade teste-reteste e entre examinadores, para a avaliação de força muscular de MMII.

Palavras-chave:
Esfigmomanômetro; Amputação; Confiabilidade dos Dados; Força Muscular; Validade dos Testes

Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rua Imaculada Conceição, 1155 - Prado-Velho -, Curitiba - PR - CEP 80215-901, Telefone: (41) 3271-1608 - Curitiba - PR - Brazil
E-mail: revista.fisioterapia@pucpr.br