Estimulação diafragmática elétrica transcutânea (EDET) para fortalecimento muscular respiratório: estudo clínico controlado e randomizado

Transcutaneous electrical diaphragmatic stimulation (TEDS) for the respiratory muscle strengthening: randomized and controlled clinical study

O objetivo do estudo foi demonstrar o efeito de dois protocolos da estimulação diafragmática elétrica transcutânea (EDET) sobre a força muscular respiratória de mulheres saudáveis, sendo um protocolo segundo Geddes et al. (1988) e outro padronizado pelo equipamento Phrenics. Mulheres saudáveis foram divididas em 3 grupos: Controle (n=7); EDET com Phrenics (n=7) e EDET com Dualpex (n=7), sendo o tratamento realizado 2 vezes por semana, durante 6 semanas (12 sessões). Foram avaliadas a pressão inspiratória máxima (PImáx) e pressão expiratória máxima (PEmáx), antes e após o tratamento. A análise estatística foi realizada pelo teste Shapiro-Wilk e Kruskal Wallis com pós-hoc de Dunn (p<0,05). Os dois grupos experimentais apresentaram aumento na PImáx (Phrenics: 32,9%; Dualpex: 63,2%) e na PEmáx (Phrenics: 44,7%; Dualpex: 60,9%), diferentemente do Controle que não apresentou diferença. Em conclusão, os dois protocolos de EDET promoveram aumento da força muscular inspiratória e expiratória em mulheres saudáveis.

estimulação elétrica; músculos respiratórios; diafragma; força muscular; fisioterapia


Universidade de São Paulo Rua Ovídio Pires de Campos, 225 2° andar. , 05403-010 São Paulo SP / Brasil, Tel: 55 11 2661-7703, Fax 55 11 3743-7462 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revfisio@usp.br