Fisioterapia e Pesquisa, Volume: 17, Issue: 2, Published: 2010
  • O trabalho em equipe do processo editorial Editorial

    Guirro, Rinaldo
  • Longitudinal assessment of motor development and sitting skill in preterm infants Pesquisa Original

    Formiga, Cibelle Kayenne Martins Roberto; Cezar, Maristella Elias Nascimento; Linhares, Maria Beatriz Martins

    Abstract in Portuguese:

    Os bebês prematuros apresentam maior risco para atrasos na aquisição das habilidades neuromotoras. O objetivo do estudo foi detectar atrasos no desenvolvimento motor de crianças prematuras com baixo peso, analisar a evolução da habilidade do sentar e verificar a associação entre essa habilidade com outras aquisições motoras até os 8 meses de idade corrigida (IC). Foram avaliadas 10 crianças nascidas pré-termo, de ambos os sexos, dos 4 aos 8 meses de IC, pela escala motora infantil de Alberta AIMS (Alberta Infant Motor Scale). Cada criança foi avaliada três vezes, aos 4 para 5 meses, 5 para 6 meses, e 7 para 8 meses; os escores foram comparados para verificar alterações ao longo do tempo e identificação de possíveis atrasos no desenvolvimento motor. Os resultados mostram que, aos 7 para 8 meses, 30% das crianças apresentaram desenvolvimento motor atrasado e foram encaminhadas para tratamento fisioterapêutico. A habilidade de sentar foi melhorando progressiva e significativamente com a idade, tendo se mostrado fortemente correlacionada com outras posturas do desenvolvimento motor e com o escore total na AIMS.

    Abstract in English:

    Preterm-born infants present higher risks of delayed neuromotor development. This study aimed at detecting delayed motor development in preterm, low-birthweight infants, by analysing development of the sitting skill in association to other motor development acquisitions until corrected age (CA) of 8 months. Ten preterm infants of both sexes were assessed by the AIMS - Alberta Infant Motor Scale from ages 4 to 8 months. Each child was evaluated three times, at 4-to-5 months, 5-to-6 months, and at 7-to-8 months CA; their scores were compared to verify changes over time and identify possible delays in motor development. Results show that at the age of 7-to-8 months, 30% of the children had delayed motor development and were referred for physical therapy treatment. The pace of sitting skill development increased gradually and significantly along the age; and strong correlations were found between the ability to sit and other motor development postures, and the total AIMS score.
  • Muscle imbalance between ankle dorsiflexors and plantarflexors after conservative and accelerated treatment of Achilles tendon rupture Pesquisa Original

    Mayer, Alexandre; Frasson, Viviane Bortoluzzi; Ott, Rafael; Fortuna, Rafael de Oliveira; Vaz, Marco Aurélio

    Abstract in Portuguese:

    A ruptura do tendão calcâneo (TC) reduz a sobrecarga mecânica dos flexores plantares (FP) do tornozelo. Essa alteração muda o equilíbrio natural entre os FP e flexores dorsais (FD) do tornozelo. O objetivo do estudo foi avaliar as razões isocinéticas concêntricas convencionais de torque de pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de ruptura aguda do TC após dois protocolos diferentes de reabilitação. Após procedimento cirúrgico para reconstrução do TC, a amostra foi dividida de forma intencional em dois grupos: conservador (GC, 11 homens, 41,3±7,9 anos) e grupo acelerado (GA, 13 homens, 43,5±13,7 anos). O GC permaneceu com imobilização gessada no tornozelo por seis semanas (tratamento tradicional), enquanto o GA usou uma órtese robofoot em posição neutra e, após duas semanas, iniciou mobilização e apoio precoce do tornozelo, com reabilitação por seis semanas. Após 3 meses de pós-operatório, a razão do torque concêntrico máximo dos FD pelos FP do tornozelo foi avaliada por dinamômetro isocinético. As razões de torque do lado operado se mantiveram superiores às do lado saudável mesmo após 3 meses de pós-operatório (p<0,05). Não foi encontrada diferença no equilíbrio muscular entre os grupos. Pode-se concluir que os dois grupos requerem um período mais longo de reabilitação para recuperar o equilíbrio natural do tornozelo no lado operado.

    Abstract in English:

    Achilles tendon rupture reduces ankle plantarflexor (PF) muscles mechanical overload. This change in the ankle joint mechanics changes the natural muscle balance between dorsiflexor (DF) and PF muscles. The purpose of this study was to assess such imbalance by concentric conventional isokinetic torque ratios of patients who underwent different rehabilitation protocols after surgical repair of the Achilles tendon. After surgery, subjects were assigned to either a conservative or to an accelerated rehabilitation group. The conservative group (11 men, 41.3±7.9 years old) remained with a plaster cast for 6 weeks after surgery. The accelerated group (13 men, 43.5±13,7 years old) used a"robofoot" cast for 2 weeks and underwent ankle mobilization and early weight bearing for a period of 6 weeks post-immobilization. At 3 months post-surgery the ratio between the maximal concentric DF torque and the maximal concentric PF torque was evaluated with an isokinetic dynamometer. Torque ratios on the surgery side were higher (p<0.05) than on the sound side in both groups. No differences of muscle balance could be found between the groups. These results suggest that both groups require further rehabilitation to regain the natural muscle balance between surgery-side ankle DF and PF muscles.
  • Obesity among older people of the City of São Carlos, SP, Brazil, and its association with diabetes mellitus and joint pain Pesquisa Original

    Aurichio, Thaís Rabiatti; Rebelatto, José Rubens; Castro, Alessandra Paiva de

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo tem por objetivo verificar a prevalência de obesidade e sua associação com diabetes melito (DM) e dores articulares na população idosa residente em São Carlos, SP. Foram avaliadas 227 idosas (média de idade 69,6±6,8 anos) e 172 idosos (69,4±6,7 anos) quanto ao índice de massa corporal (IMC) e questionados quanto à presença de diabetes e dor articular. Os dados foram tratados estatisticamente. Os resultados mostram que 73,6% das idosas e 66,9% dos idosos apresentavam sobrepeso ou eram obesos. As médias de IMC foram maiores nos indivíduos com idade inferior a 75 anos. Entre as mulheres da amostra foi encontrada associação entre a presença de DM, dores no pé, tornozelo e joelho e a condição"obesa". No grupo masculino, a condição obeso só apresentou associação com a presença de DM. Foi pois constatada associação entre obesidade e presença de DM. Mulheres idosas apresentam maior prevalência de obesidade e associação entre dores articulares e excesso de peso corporal.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to assess prevalence of obesity and its association with diabetes mellitus (DM) and joint pain among elderly dwellers in the city of São Carlos, SP, Brazil. A total of 399 aged people - 227 women (mean age 69.6±6.8) and 172 men (mean age 69.4±6.7) - were assessed as to body mass index (BMI) and were questioned whether they had diabetes and joint pain. Data were statistically analysed. Results showed that 73.6% of the women and 66.9% of the men were overweight or obese; BMI values were higher in subjects aged under 75. Among women, associations were found between the obese condition, presence of diabetes, and foot, ankle and knee pain. In the male group, the obese condition presented association only with presence of diabetes. An association was hence found between obesity and DM. Prevalence of obesity was greater in elderly women, who also presented association between joint pain and high BMI values.
  • Respiratory muscle strength and physical fitness in hypertensive elderly women with excessive daytime sleepiness Pesquisa Original

    Pedrosa, Rafaela; Holanda, Gardênia

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi verificar se a sonolência diurna excessiva (SDE) afeta a capacidade funcional (CF) e força muscular respiratória entre idosas hipertensas. O estudo avaliou 32 idosas hipertensas, divididas em dois grupos (com SDE, n=17, 64,9±5,3 anos; e sem SDE, n=15, 65,9±5,5 anos), quanto a: força muscular respiratória, por manovacuometria; CF, pelo Questionário para avaliação de limitação das atividades e por testes de aptidão funcional; nível de atividade física, pelo questionário internacional de atividade física IPAQ; grau de SDE, pela escala de sonolência de Epworth; qualidade do sono, pelo índice de qualidade do sono de Pittsburgh; e intensidade do ronco, pela escala de ronco de Stanford. Os dois grupos, homogêneos quanto a características antropométricas e da hipertensão, foram comparados estatisticamente quanto a parâmetros de sono, pressões respiratórias máximas, nível de atividade física e CF. Foi encontrada diferença significativa na qualidade do sono (p=0,03), tendo as hipertensas com SDE qualidade de sono muito ruim; porém não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos nas pressões inspiratória e expiratória máximas, nem quanto aos testes de CF. Conclui-se que a força dos músculos respiratórios não sofre alteração em decorrência da presença de SDE em idosas hipertensas e que essa sonolência não interfere na capacidade funcional.

    Abstract in English:

    The purpose of the study was to inquire whether excessive daytime sleepiness (EDS) affects functional capacity (FC) and respiratory muscle strength in elderly hypertensive patients. Thirty-two elderly hypertensive female patients were divided into two groups (with EDS, n=17, mean age 64.9±5.3; without EDS, n=15, mean age 65.9±5.5) and were assessed as to respiratory muscle strength by spirometry; FC, by the Questionnaire on limitations in physical activities and by functional fitness tests; physical activity level, by the International Physical Activity Questionnaire; degree of EDS, by the Epworth Sleepiness Scale; sleep quality, by the Pittsburgh Sleep Quality Index; and intensity of snoring by the Stanford Snoring Scale. Both groups were homogenous as to anthropometric and hypertension features and were statistically compared as to sleep parameters, maximal respiratory pressures, level of physical activity, and FC. Significant differences were found in sleep quality (p=0.03), showing very poor sleep quality of the group hypertension with EDS; but no significant differences were found as to maximal respiratory pressures, or at the FC tests. Hence the strength of respiratory muscles is not altered due to the presence of EDS in elderly hypertensive women and sleepiness does not seem to interfere in functional capacity.
  • Relationship between psychomotor profile and lifestyle among schoolchildren in João Pessoa, PB Pesquisa Original

    Lucena, Neide Maria Gomes de; Lucena, Larissa Coutinho de; Aragão, Paulo Ortiz Rocha de; Melo, Luana Gadê Bandeira de; Rocha, Thiago do Valle; Andrade, Suellen Marinho

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi comparar o grau de desenvolvimento psicomotor e o estilo de vida de crianças matriculadas nas redes pública e privada de ensino do município de João Pessoa, PB. O estilo de vida foi estimado pelo desempenho de atividades escolares e não-escolares. Participaram do estudo 74 crianças de 9 a 12 anos (10,5±1,2 anos), 38 meninas e 36 meninos. Para avaliação, foi aplicada a bateria de testes psicomotores de Picq e Vayer e um formulário com questões sobre atividades desempenhadas na escola e fora dela. Os dados revelam que, das 74 crianças avaliadas, 63 (85%) apresentavam distúrbios no desenvolvimento psicomotor, com maior incidência nas escolas da rede pública. Dentre as atividades escolares, 35% das crianças com distúrbio psicomotor indicaram não fazer atividade alguma no recreio; das que apresentaram desenvolvimento típico, nenhuma disse não fazer atividade alguma e 36% indicaram fazer esporte (contra 5% daquelas com distúrbio); quanto às atividades não-escolares, televisão, jogos eletrônicos e internet foram apontadas como preferidas por 44,3% das crianças com distúrbio, e por nenhuma com desenvolvimento típico. A preferência das crianças que apresentaram distúrbio por atividades mais estáticas sugere associação entre estilo de vida e perfil psicomotor.

    Abstract in English:

    The purpose of the study was to assess whether schoolchildren psychomotor development is related to lifestyle - the latter estimated by performance of school and non-school leisure activities. Seventy-four children (38 girls, 36 boys) aged 9 to 12 (10.5±1.2) years old were selected among those enrolled in public and private schools in João Pessoa, PB. They were assessed by means of the Picq & Vayer test battery and by a questionnaire on school and non-school leisure activities. Results show that, among the 74 sample children, 63 (85%) presented developmental disorder, mostly attending public schools. Among school activities, 35% of children with delay said they"do nothing" during recreation; among typical-development children, none said doing nothing and 36% said they practised sport (vs 5% of disordered children). As to non-school activities, television, internet and electronic games were singled out as favourites by 44.3% of children with delay, and by none among typical ones. The fact that children with psychomotor disorders preferably engage in less lively, physical, activities suggests an association between lifestyle and psychomotor profile.
  • Pelvis position and lumbar lordosis in women with stress urinary incontinence Pesquisa Original

    Araújo, Thaís Helena Prado; Francisco, Luciana Teodora Pereira; Leite, Raquel Freire; Iunes, Denise Hollanda

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi averiguar possível associação do posicionamento da pelve e da lordose lombar com incontinência urinária por esforço (IUE), por meio de análise fotogramétrica e radiográfica, comparando também os resultados dos dois métodos. Vinte mulheres com IUE foram comparadas a 20 mulheres controles, sem IU; de todas foram tiradas fotografias da região pélvica, onde se analisaram a simetria da pelve anterior e posterior, a lordose lombar (LL) e a báscula de pelve (BP). Na radiografia da coluna lombossacra foram mensurados os ângulos de Cobb, o lombossacro e de inclinação sacral. As comparações dos resultados foram tratadas estatisticamente, com nível de significância de 5%. Não foi encontrada diferença significativa na simetria da pelve ou na lordose lombar comparando-se os dois grupos, à exceção do ângulo BP (-3,69 nas incontinentes e -8,18, nas controles), indicando tendência à anteversão pélvica nessas últimas. Dos demais ângulos não houve diferenças entre os grupos, tendo as mulheres com IUE apresentado tantas alterações na pelve quanto as mulheres continentes, sugerindo que a LL e o posicionamento da pelve não influem na IUE. Na comparação dos dados obtidos por radiografia e fotogrametria, no conjunto da amostra, apenas uma fraca correlação foi encontrada entre a medida da lordose lombar por fotogrametria e a do ângulo sacral por radiografia.

    Abstract in English:

    The purpose here was to search for associations between lumbar lordosis and pelvis position, on the one hand, and stress urinary incontinence (SUI) on the other, by means of photogrammetry and radiography, also comparing results obtained by the two methods. Twenty women with SUI were compared to 20 continent controls. Lumbar lordosis (LL), pelvis symmetry, and pelvic bascule (PB) were analysed on the photographs taken; on radiographies of the lumbosacral spine, Cobb, lumbosacral and sacral inclination angles were measured. Comparisons between results were statistically analysed and significance level set at 5%. No significant differences were found between groups as to pelvis symmetry or LL, but a difference was found in the PB angle (-3.69 in SUI group, -8.18 in control), pointing to a trend to pelvis anteversion in the latter. As to the other angles, no differences were found between the groups; both women with SUI and controls presented as many pelvic changes, thus suggesting that LL and pelvis position do not interfere in SUI. The comparison between data of the total sample obtained by photogrammetry and radiography showed only a poor correlation between LL as measured by photography and the sacral angle as measured by radiography.
  • Ergospirometry in individuals with idiopathic scoliosis Pesquisa Original

    Trevisan, Maria Elaine; Portela, Luiz Osório Cruz; Moraes, Eliane Zenir Correia de

    Abstract in Portuguese:

    Escoliose idiopática é uma disfunção na coluna vertebral que tende a diminuir os diâmetros, a flexibilidade e a excursão da caixa torácica, com possíveis efeitos deletérios na função pulmonar. O objetivo deste estudo foi verificar se há relação entre o grau de curvatura escoliótica e a função pulmonar e capacidade de exercício em indivíduos com escoliose idiopática de grau leve e moderado. Dezessete indivíduos com escoliose idiopática leve e moderada e 19 controles foram submetidos a teste pulmonar em repouso e exercício em esteira. As médias das variáveis pulmonares em repouso encontraram-se dentro da normalidade nos dois grupos; as variáveis de exercício consumo de oxigênio de pico (p=0,81), tempo de exercício (p=0,68), freqüência cardíaca (p=0,39), ventilação minuto (p=0,82), produção de dióxido de carbono (p=0,95), quociente respiratório (p=0,09), equivalente ventilatório para o oxigênio (p=0,90), lactato sangüíneo (p=0,98) não mostraram diferença estatisticamente significante entre os grupos. Não foi possível estabelecer relação de causa e efeito entre o grau de escoliose, função pulmonar e capacidade aeróbia, sugerindo que a escoliose não implica necessariamente perdas funcionais, sendo o treinamento uma importante medida de prevenção.

    Abstract in English:

    Idiopathic scoliosis is a disorder of the spine that tends to reduce rib cage diameter, flexibility, and excursion, which might affect pulmonary function. The purpose here was to assess whether there is a relationship between the degree of scoliosis and pulmonary function and exercise capacity in subjects with mild to moderate idiopathic scoliosis. Seventeen subjects with mild to moderate idiopathic scoliosis and 19 controls underwent lung test at rest and during exercise on a treadmill. Mean pulmonary variables at rest were within normal parameters in both groups; during exercise, oxygen uptake (p=0.81), exercise time (p=0.68), heart rate (p=0,39), minute ventilation (p=0.82), carbon dioxide production (p=0.95), respiratory quotient (p=0.09), ventilatory equivalent for oxygen (p=0.90), and blood lactate concentration (p=0.98) did not show statistically significant differences between the groups. No cause-effect relationship could be established between the degree of scoliosis, pulmonary function and aerobic capacity, thus showing that scoliosis does not necessarily imply functional loss, and pointing to training as an important preventive measure.
  • Grip and pinch strength among different groups of Brazilian Air Force pilots Pesquisa Original

    Gonçalves, Gláucia Helena; Gomes, Daniele Aparecida; Teixeira, Marcela Donatelli Meibach; Shimano, Suraya Gomes Novais; Shimano, Antonio Carlos; Fonseca, Marisa de Cássia Registro

    Abstract in Portuguese:

    Pilotos da Academia de Força Aérea (AFA) brasileira, durante vôos, realizam movimentos com grande solicitação da musculatura da mão que comanda o manche, o que pode modificar a força muscular. Este estudo teve por objetivo analisar as forças musculares isométricas de preensão palmar e pinças polpa-a-polpa, trípode e lateral de três grupos de pilotos da AFA. Foram avaliados 15 pilotos da Esquadrilha da Fumaça (EDA), 16 instrutores de vôo (PI) e 6 pilotos em treinamento (PT), todos do sexo masculino. Para a avaliação, o posicionamento corporal dos pilotos seguiu a padronização da Sociedade Americana de Terapeutas da Mão e a ordem dos movimentos analisados foi predefinida, evitando fadiga muscular. A força muscular isométrica máxima foi coletada em uma contração sustentada por 6 segundos. Os resultados mostram diferenças significativas na preensão, com superioridade das mãos dominantes em relação às não-dominantes em todos os grupos, tendo ainda o grupo EDA obtido valores significativamente superiores em relação aos demais. Nas medidas da pinça trípode, o grupo EDA apresentou significativos valores superiores aos do grupo PT, sendo encontrados valores das mãos dominantes superiores aos das não-dominantes nos grupos EDA e PI. Conclui-se que o treino específico da musculatura da mão durante o vôo, a especificidade e o período de treinamento interferem na força muscular isométrica da mão.

    Abstract in English:

    Pilots from Brazilian Air Force Academy (AFA) perform strentgth- and accuracy-demanding hand movements, which may modify muscle strength. The aim of this study was to analyse hand isometric strength of grip and pulp-to-pulp, tripode and lateral pinch in three groups of male AFA pilots: ADS (Air Demonstration Squadron), n=15; IP (instructor pilots), n=16; and TP (training pilots), n=6. Pilots body positioning during tests followed the standards of the American Society of Hand Therapists; the sequence of assessed movements was predefined in order to prevent muscle fatigue. The maximum isometric muscle force was collected in a contraction kept for 6 seconds. As to grip, results show significant differences within all groups, favouring dominant hands; also, mean ADS grip values were significantly higher than the other groups'. Tripode pinch ADS mean values were significantly higher than training pilots'; and dominant hands significantly overtopped non- dominant ones in ADS and IP groups. It may thus be said that specific hand muscle training during flight, as well as training specialization and duration influence hand isometric muscle strength.
  • Maximal respiratory pressures: devices and procedures used by Brazilian physical therapists Pesquisa Original

    Montemezzo, Dayane; Velloso, Marcelo; Britto, Raquel Rodrigues; Parreira, Verônica Franco

    Abstract in Portuguese:

    A mensuração das pressões respiratórias máximas - método de avaliação das condições de força dos músculos respiratórios - é um teste voluntário e esforço-dependente, com aplicações clínicas de ordem diagnóstica e terapêutica. Há uma grande variedade de equipamentos e interfaces para sua execução, o que acarreta uma relativa ausência de padronização. O objetivo deste estudo foi identificar os diferentes equipamentos, procedimentos e forma de interpretar a mensuração das pressões respiratórias máximas entre fisioterapeutas brasileiros. Dezenove fisioterapeutas respiratórios, de 13 diferentes instituições, situadas em três regiões do país, responderam a um questionário sobre esses aspectos. Os resultados mostram que prevaleceu o uso de manovacuômetro analógico (60%), com tubo de silicone (60%) e interface do tipo bocal tubular (53,4%), contendo orifício de fuga de 1 a 2 mm de diâmetro (86,6%), associado ao uso de clipe nasal (100%). Na mensuração, foi observado um número mínimo de três testes aceitáveis e reprodutíveis (80%) e, para a análise dos valores encontrados, todos usam valores de referência ou equações preditivas. Os dados sugerem que existe uma relativa uniformidade em relação à mensuração das pressões respiratórias máximas entre fisioterapeutas brasileiros.

    Abstract in English:

    Measuring maximal respiratory pressures - a method for assessing respiratory muscle strength - is a voluntary, effort-dependent test broadly used for diagnostic and therapeutic purposes. There is a large variety of devices and interfaces available to perform this procedure, which leads to a relative absence of standardization. The aim of this survey was to ascertain devices, procedures and interpretation parameters used in measuring maximal respiratory pressures among Brazilian physical therapists. Nineteen respiratory physical therapists, in charge at 13 institutions in three regions of the country, answered a questionnaire on those issues. Results show prevalence of use of analogue respiratory pressure meters (60%), with a silicon tube (60%) and a cylindrical mouthpiece (53,4%) with 1- to 2-mm diameter air-leak opening, associated to use of nose clip (100%). When measuring, they perform a minimum of three acceptable and reproducible tests (80%), and in analysing pressure values all of them use reference values or predictive equations. Data suggest a relative uniformity in measuring maximal respiratory pressures among Brazilian physical therapists.
  • Effect of a functional training program on community-dwelling elderly women's postural balance Pesquisa Original

    Lustosa, Lygia Paccini; Oliveira, Larissa Alves de; Santos, Lidiane da Silva; Guedes, Rita de Cássia; Parentoni, Adriana Netto; Pereira, Leani Souza Máximo

    Abstract in Portuguese:

    Programas de treino funcional podem colaborar na redução de incapacidades, quedas, problemas emocionais e sociais em idosos. O objetivo do estudo foi verificar o efeito de um programa de oito semanas de exercícios funcionais em idosas da comunidade, avaliando o impacto nas atividades instrumentais de vida diária (AIVD) e no equilíbrio unipodálico. Deste estudo quasi-experimental participaram sete idosas da comunidade (71±8,1 anos), sem distinção de raça e/ ou condição social, excluindo-se aquelas com alterações cognitivas, doenças agudizadas ou neurológicas, quadro álgico na coluna ou articulações, labirintite, distúrbios visuais não-compensados, fratura prévia no último ano e utilização de apoio para a marcha. Todas responderam ao questionário de Lawton e se submeteram ao teste de apoio unipodálico antes e depois do programa, administrado três vezes por semana. O programa consistia em exercícios de marcha em flexão plantar, dorsiflexão, permanência em alternância de apoio unipodálico, marcha lateral com flexão de quadril aumentada e marcha tandem. Os resultados indicam melhora (p=0,042) no nível funcional (índice de Lawton) após o programa e uma tendência à melhora no equilíbrio unipodálico, embora não-significante (p>0,105). O programa de exercícios proposto produziu pois melhora no desempenho das AIVD e uma tendência à melhora do equilíbrio estático, sugerindo ser relevante para aprimorar a autonomia das idosas.

    Abstract in English:

    Functional training programs may help reduce elderly disabilities, falls, and emotional and social problems. The aim of this study was to assess the impact of an eight-week functional exercise program on aged women's instrumental activities of daily living (IADL) and one-foot stance balance. Irrespective of race and/or social condition, 7 community-dwelling elderly women (aged 71±8.1) were selected, being excluded those with cognitive impairment, acute or neurological diseases, spine or joint pain, labyrinth inflammatory disease, visual impairment, fractures in the previous year, and use of gait aid. All subjects were assessed by the Lawton IADL scale and the one-foot stance balance test, before and after the program. Exercises were performed three times a week and consisted of gait exercises in plantar flexion, dorsiflexion, alternation of sustained one-foot stance, sideways gait, gait with increased hip flexion, and tandem gait. Results show a functional improvement in IADL (p=0.042) as measured by the Lawton scale, and a trend towards better static one-foot stance balance, though not significant (p>0.105). The proposed program of functional exercises may thus be said to bring about improvement in older women's functional performance and a trend towards improvement on static balance, suggesting its relevance to increase elderly women's autonomy.
  • Disability prevention in leprosy using a self-care manual for patients Pesquisa Original

    Rodini, Fernanda Carvalho Batista; Gonçalves, Mayara; Barros, Ana Regina de Souza Bavaresco; Mazzer, Nilton; Elui, Valéria Meirelles Carril; Fonseca, Marisa de Cássia Registro

    Abstract in Portuguese:

    A hanseníase é uma doença infectocontagiosa, de evolução lenta, que se manifesta por sinais e sintomas dermatoneurológicos, com lesões na pele e nos nervos periféricos. O objetivo deste estudo foi avaliar o status físico e funcional de olhos, mãos e pés de pacientes com hanseníase, em relação ao aparecimento e evolução de deficiências sensitivo-motoras, grau de incapacidade e qualidade de vida, tendo os pacientes recebido e utilizado durante um ano um manual especialmente elaborado, com orientações de autocuidados para prevenção de incapacidade. Foram realizadas e comparadas avaliações fisioterapêuticas inicial e após 12 meses de uso do manual, de 26 pacientes com hanseníase: palpação de nervos periféricos, teste de sensibilidade da córnea, teste de sensibilidade cutânea, teste manual de função muscular e dinamometria isométrica de preensão e pinças dos dedos, sendo aplicado ainda o questionário de qualidade de vida SF-36 e classificado o grau de incapacidade. Os nervos mais acometidos foram o ulnar e o tibial posterior. Embora o grau de incapacidade e as deformidades preexistentes tenham persistido, houve melhora significativa nos domínios dor e aspectos sociais do questionário SF-36, bem como na função muscular das mãos e dos pés e no ressecamento da pele. Como estas últimas são diretamente relacionadas ao autocuidado, sugere-se que o manual de orientações pode ter importante papel coadjuvante na melhora de sintomas dos pacientes com hanseníase.

    Abstract in English:

    Leprosy is an infectious disease of slow evolution, manifested by dermatoneurological signs and symptoms, with skin and peripheral nerve injuries. The aim of this study was to assess physical and functional status of eyes, hands and feet of patients with leprosy, as well as to assess evolution of sensory-motor disabilities, degree of disability and quality of life, having specially produced and handed the patients an illustrated self-care manual for preventing disability. Twenty-six patients with leprosy were assessed initially and after 12 months of using the manual as to: skin inspection, peripheral nerves palpation, corneal sensitivity, skin sensitivity, limb muscle function, hand muscle strength (finger grip and pinch strength); the disability degree was determined and patients answered the SF-36 questionnaire. Most affected nerves were the ulnar and posterior tibial ones. Results showed that, though the degree of disability and deformities persisted, there were significant improvements in SF-36 social aspects and pain domains, as well as improvements in skin dryness and hands and feet muscle function. Since the latter are directly related to self-care, this suggests that the self-care manual may have an important supporting role in relieving symptoms of patients with leprosy.
  • Effects of continuous therapeutic ultrasound on proliferation and viability of C2C12 muscle cells Pesquisa Original

    Artilheiro, Paola Pelegrineli; Oliveira, Elisangela Nascimento; Viscardi, Crislene Sampaio; Martins, Manoela Domingues; Bussadori, Sandra Kalil; Fernandes, Kristianne Porta Santos; Mesquita-Ferrari, Raquel Agnelli

    Abstract in Portuguese:

    O ultra-som terapêutico (US) é um recurso bioestimulante utilizado para propiciar reparo muscular de melhor qualidade e menor duração, mas o potencial terapêutico do US contínuo não está totalmente estabelecido. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do US contínuo sobre a proliferação e viabilidade de células musculares precursoras (mioblastos C2C12). Mioblastos C2C12 foram cultivados em meio de cultura contendo 10% de soro fetal bovino e irradiados com US contínuo nas freqüências de 1 e 3 MHz nas intensidades de 0,2 e 0,5 W/cm2, durante 2 e 5 minutos. A viabilidade e proliferação celular foram avaliadas após 24, 48 e 72 h de incubação. Grupos não-irradiados serviram como controle. Foram realizados experimentos independentes em cada condição acima, e os dados obtidos submetidos à análise estatística. Os resultados mostram que não houve diferença estatisticamente significativa na proliferação e viabilidade celular entre os mioblastos tratados com US e as culturas controles após os diferentes períodos de incubação, em todos os parâmetros avaliados. Conclui-se que o US contínuo, nos parâmetros avaliados, não foi capaz de alterar a proliferação e viabilidade dos mioblastos.

    Abstract in English:

    Therapeutic ultrasound (US) is a biophysical stimulation resource widely used in order to promote better, faster muscle repair, but the effectiveness of continuous US in treating injuries is not fully established. The aim of the present in vitro study was to assess the effects of continuous ultrasound on viability and proliferation of skeletal muscle precursor cells (C2C12 myoblasts). C2C12 myoblasts were cultured in a medium containing 10% foetal bovine serum and irradiated with continuous ultrasound at 1 and 3 MHz frequencies, at intensities of 0.2 and 0.5 W/cm² for 2 and 5 minutes. Cell viability and proliferation were assessed after different incubation periods (24, 48 and 72 h). Non-irradiated groups served as control and data were statistically analysed. Results showed that no significant differences in cell viability or proliferation could be found between ultrasound-treated myoblasts and control cultures under all test parameters and durations. Hence continuous ultrasound, at the used parameters, was unable to alter myoblast proliferation and viability.
  • Adaptation to upper extremity hybrid prosthesis: a thermographic case study Relato De Casos

    Luz, Soraia Cristina Tonon da; Oliveira, Thessaly Puel de; Andrade, Mário César de; Ávila, Aluísio Otávio Vargas; Rosa, Francisco José Berral de la

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo do estudo foi verificar, por meio de termografia, a adaptação à prótese híbrida de extremidade superior de um sujeito do sexo masculino, 42 anos, amputado proximal de braço esquerdo. Imagens termográficas foram captadas por uma câmara de infravermelho imediatamente após a retirada da prótese, que vinha sendo usada por 8 horas ininterruptas, e 20 minutos de repouso mais tarde, quando foi alcançado equilíbrio térmico em ambiente a 21°C. As imagens foram adquiridas nos planos frontal anterior, sagital direito e esquerdo, tendo sido definidas e analisadas regiões de interesse em cada uma. Os resultados mostram que as temperaturas das regiões avaliadas reduziram-se em média 0,79°C (p<0,05) após a estabilização térmica. Na região do tórax e na axila contralateral ao coto, por onde passa o tirante de fixação da prótese, constataram-se elevadas temperaturas, coincidindo com queixa de desconforto do sujeito e indicando atrito; temperatura mais alta no ombro anterior homolateral à amputação caracterizou sobrecarga; e baixa temperatura no segmento residual à amputação indicou pouca circulação, assinalando dificuldade de adaptação. Os resultados sugerem que a avaliação termográfica pode contribuir para identificar desconforto de amputados com prótese de membro superior e ser utilizada no acompanhamento de sua reabilitaçao; no caso, sugere-se ainda o desenvolvimento de materiais de modo a aumentar o conforto na fixação das próteses de extremidade superior.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to assess, by means of thermography, the adaptation to upper-extremity hybrid prosthesis by a male subject, 42 years old, with proximal amputation of left arm. Thermographic images were captured by an infrared camera immediately after prosthesis withdrawal (which had been used for full 8 hours) and 20 minutes later, when thermal balance was reached, in an environment of constant 21°C. Images were captured of frontal and sagittal planes (both right and left), on which seven regions of interest (ROI) were defined and analysed. Results showed that mean ROI temperatures decreased 0.79°C (p<0,05) after thermal balance was reached. Along the chest strap path and at the sound side axilla - which coincides with subject's main discomfort complaint - high temperatures were found, indicating friction; high temperature in the ipsilateral to amputation anterior shoulder suggests overload; and low temperature on the residual limb suggests poor circulation, thus pointing to difficulty of adaptation. Results suggest that thermography may contribute to identifying amputees' discomfort and may be used for monitoring upper-limb prostheses users' rehabilitation; also, suggestion is made to foster developing new suspension systems in order to increase comfort in securing upper extremity prostheses.
  • Upper limb functional outcome instruments for poststroke patients: a systematic review Revisão

    Cavaco, Natália Sperandio; Alouche, Sandra Regina

    Abstract in Portuguese:

    O objetivo desta revisão sistemática da literatura foi analisar os instrumentos de avaliação da função de membros superiores em indivíduos que sofreram acidente vascular encefálico (AVE), bem como suas propriedades psicométricas e adaptação cultural para o Brasil. A busca nas bases de dados eletrônicas Medline, Lilacs e Scielo levaram à seleção de 57 artigos sobre instrumentos de avaliação da função motora global, da função específica da extremidade superior, bem como os relativos à validação e avaliação das propriedades psicométricas das escalas. Foram encontrados 11 instrumentos de avaliação da função de membros superiores. Destes, a escala de Fugl-Meyer, o teste de habilidade motora do membro superior e a medida de independência funcional são traduzidos e validados para a língua portuguesa e têm sua validade, confiabilidade e reprodutibilidade determinadas e adequadas. Esses instrumentos mostram-se complementares na avaliação da função de membros superiores de pacientes que sofreram AVE, pois incluem aspectos relativos à estrutura e função corporal, à capacidade de execução de tarefas, e ao cuidado pessoal e relações interpessoais, respectivamente, sendo portanto recomendáveis para o uso clínico.

    Abstract in English:

    The purpose of this systematic review was to analyse indexes and scales that assess poststroke patients upper extremity function, as well as their psychometric properties and cross-cultural validation for Brazil. The search through Medline, Lilacs and Scielo databases led to selecting 57 articles on instruments for assessing arms global motor and specific functions, as well as articles on their validation and psychometric properties. Eleven such instruments were found, among which the Fugl-Meyer assessment, the Arm Motor Ability Test, and the Functional Independence Measure have been translated and validated into Brazilian Portuguese, and had their validity and reliability properties established as appropriate. These instruments showed to be complementary for assessing upper extremity function in poststroke patients in as much as they respectively include structural and functional aspects, task performance, self-care and interpersonal relations, being therefore recommended for clinical use.
  • The functional reaching movement under an ecological approach Revisão

    Lima, Renata Cristina Magalhães; Nascimento, Lucas Rodrigues; Teixeira-Salmela, Luci Fuscaldi

    Abstract in Portuguese:

    Teorias de controle motor tradicionais assumiam um modelo de representação interna responsável pela organização e regulação do alcance, tendo por controlador o sistema nervoso central (SNC). Perspectivas contemporâneas questionam a habilidade de somente o SNC controlar e regular os movimentos. Ações podem não ser guiadas apenas pelo SNC, mas também por informações presentes no ambiente, estando o controle no sistema indivíduo-ambiente. A detecção da informação é um processo ativo: o indivíduo explora o ambiente, percebe possibilidades de ação fornecidas por ele e age em reposta ao que é oferecido. O objetivo deste estudo foi descrever o desenvolvimento e a coordenação do alcance em uma perspectiva teórica fundamentada na abordagem ecológica à percepção-ação, para promover melhor compreensão do movimento humano. Discutem-se nesta revisão de literatura o desenvolvimento do alcance desde a infância até a idade adulta, formas de operacionalização, fatores extrínsecos e intrínsecos relacionados, relações invariantes entre indivíduo e objeto a ser alcançado. Esse referencial teórico pode permitir a compreensão de como intervenções alteram a estabilidade vigente no sistema, levando à emergência de novas soluções funcionais. Em uma visão ecológica, o alcance é entendido de forma ampla: para explicar a ocorrência do movimento, devem considerar-se as informações do ambiente, além das características intrínsecas do indivíduo.

    Abstract in English:

    Traditional motor control theories rely on a model of internal representation responsible for the organization and regulation of reaching movements, controlled by the central nervous system (CNS). Contemporary perspectives argue the ability of the CNS alone to control and regulate voluntary movements, since actions may also be guided by environmental information, wherein control would be exerted by the individual-environment system. The detection of information is an active process: subjects explore the environment, perceive possibilities of action, and act in response to the environment. The purpose of this study is to describe development and coordination of reaching movements from a theoretical perspective based on an ecological approach to perception-action, in order to provide better understanding of human movement. This literature review discusses the development of reaching movements from infants to adults, operational functions, related extrinsic and intrinsic factors, and invariant relations between the subject and the target object. This theoretical framework allows for a better understanding on how interventions may alter system stability, leading to the emergency of new functional solutions. In an ecological approach, reaching is understood in a broad way: in order to explain movement, environment information is considered, besides subjects' intrinsic characteristics.
Universidade de São Paulo Rua Ovídio Pires de Campos, 225 2° andar. , 05403-010 São Paulo SP / Brasil, Tel: 55 11 2661-7703, Fax 55 11 3743-7462 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: revfisio@usp.br