Os centros de referência de assistência social e as artes de governar

Social assistance reference centers and the arts of governing

Este artigo discute a emergência dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) destacando as artes de governar que engendram sua criação. Indica que o CRAS, equipamento estratégico da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), é efeito do entrecruzamento de práticas sociais diversas, condensando em sua emergência o modo biopolítico de gestão das populações, o modo neoliberal como arte de governar, a Assistência Social como campo de saber e de práticas sociais e as práticas psi. Apontamos que o CRAS pode funcionar como dispositivo de controle e também espaço de produção de desvios no campo das políticas de assistência social.

Centro de Referência da Assistência Social; Artes de Governar; Assistência Social


Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Campus do Gragoatá, bl O, sala 334, 24210-201 - Niterói - RJ - Brasil, Tel.: +55 21 2629-2845 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista_fractal@yahoo.com.br