Acompanhamento terapêutico em hospital de reabilitação fisioterápica

Therapeutic monitoring in rehabilitation physiotherapy hospital

Andressa Mariana Saldanha Elias

Este artigo pretende mostrar como ocorre o acompanhamento terapêutico, as dificuldades encontradas e o cruzamento entre prática e teoria, a partir da experiência com um paciente fisioterápico. No texto discutiremos um pouco sobre transferência, contratransferência, cinco estágios sobre a morte e o morrer que foram cunhados por Kübler-Ross, e verificados no contexto hospitalar em pacientes fisioterápicos. Pensaremos os significados criados pela paciente a respeito da sua vida e corpo, a partir de uma visão antropológica de sua história. O nosso relato será embasado e correlacionado às experiências de vida que levaram a paciente à angustia atual.

acompanhamento terapêutico; hospital; paciente fisioterápico; transferência; contratransferência


Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Campus do Gragoatá, bl O, sala 334, 24210-201 - Niterói - RJ - Brasil, Tel.: +55 21 2629-2845 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: revista_fractal@yahoo.com.br