A construção da autorrepresentação nos filmes-diário de Jonas Mekas

The construction of self-representation in Jonas Mekas’ diary-films

Cristiane Freitas Gutfreind Rafael Valles Sobre os autores

Resumo

Este artigo propõe uma reflexão acerca de como os filmes-diário de Jonas Mekas contribuíram para um entendimento mais amplo da autorrepresentação dentro do âmbito cinematográfico. O trabalho parte do pressuposto de que, ao procurar diferentes formas para lidar com a construção do tempo na sua obra, Mekas trouxe novas perspectivas para as narrativas em primeira pessoa.

Palavras-chave
cinema; filme-diário; autorrepresentação; Jonas Mekas

Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica - PUC-SP Rua Ministro Godoi, 969, 4º andar, sala 4A8, 05015-000 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3670 8146 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: aidarprado@gmail.com