Analysis of genetic variability in three species of Pimelodidae (Ostariophysi - Siluriformes)

Fernanda S. de Almeida Leda M.K. Sodré Sobre os autores

A variabilidade genética de 3 espécies da família Pimelodidae, Pimelodus maculatus, Iheringichthys labrosus e Pinirampus pirinampu, coletadas em um ponto do rio Tibagi, foi analisada comparativamente utilizando dados protéicos de 6 sistemas que codificam 15 locos em fígado, músculo e coração. A proporção de locos polimórficos (<img src="http:/img/fbpe/gmb/v21n4/21n4a14.jpg" alt="21n4a14.jpg (768 bytes)" align="middle">) para P. maculatus, I. labrosus e P. pirinampu foi de 13,33, 20 e 6,67%, respectivamente, e a heterozigosidade média foi de 6, 8,3 e 4,3%. A identidade genética (I) foi de 0,32 entre P. maculatus e I. labrosus, 0,37 entre P. maculatus e P. pirinampu e 0,58 entre I. labrosus e P. pirinampu. O valor de I (0,58) encontrado entre I. labrosus e P. pirinampu sugere que estas são espécies congenéricas. No entanto, as características morfológicas colocam estas espécies em gêneros distintos. Os resultados obtidos nesse estudo podem ser úteis para um melhor conhecimento de espécies de Pimelodidae. Elas também reforçam a necessidade da preservação do rio Tibagi (Paraná - Brasil) através de uma análise cuidadosa no caso de construção de hidroelétricas.


Sociedade Brasileira de Genética Rua Cap. Adelmio Norberto da Silva, 736, 14025-670 Ribeirão Preto SP Brazil, Tel.: (55 16) 3911-4130 / Fax.: (55 16) 3621-3552 - Ribeirão Preto - SP - Brazil
E-mail: editor@gmb.org.br