Ginecologia, gênero e sexualidade na ciência do século XIX

Fabíola Rohden Sobre o autor

Este artigo trata do surgimento da ginecologia durante a segunda metade do século XIX, procurando evidenciar, por um lado, a singularidade histórica dessa especialidade no campo da medicina e, por outro, a sua justificativa ideológica. A ginecologia se apresenta como o ramo da medicina dedicado ao estudo da mulher e se constitui a partir da noção de que o corpo e o papel social femininos são determinados pela função procriativa. É com base na idéia de que o comportamento da mulher é gerenciado pela sexualidade, diferentemente do homem, que a ginecologia institui o direito de intervir muito além dos órgãos reprodutivos propriamente ditos, convertendo-se, não sem pretensões, em uma verdadeira ciência da mulher.

sexualidade; diferença sexual; ginecologia; história da medicina


Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS UFRGS - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43321, sala 205-B, 91509-900 - Porto Alegre - RS - Brasil, Telefone (51) 3308-7165, Fax: +55 51 3308-6638 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: horizontes@ufrgs.br
Accessibility / Report Error