Caracterização morfológica e agronômica de acessos de manjericão e alfavaca

Morphologic and agronomic characterization of basil accessions

Arie F. Blank José L.S. de Carvalho Filho Antônio L. dos Santos Neto Péricles B. Alves Maria de Fátima Arrigoni-Blank Renata Silva-Mann Marcelo da C. Mendonça Sobre os autores

O manjericão (Ocimum basilicum L.) pode ser considerado cultura anual ou perene, conforme o local de cultivo. Existem diversas finalidades para seu uso na culinária, como planta ornamental, medicinal e aromática, sendo o seu oleo essencial valorizado no mercado internacional pelo teor de linalol. Caracterizou-se morfológica e agronômicamente, acessos de Ocimum sp. visando a seleção de genótipos com alto rendimento de óleo essencial rico em linalol. O delineamento experimental foi de blocos casualizados, com duas repetições, avaliando 55 genótipos do Banco de Germoplasma de Ocimum da UFS. Avaliou-se a altura de plantas, peso da matéria seca da parte aérea, teor e rendimento de óleo essencial. Observou-se grande diversidade entre os genótipos para todas as variáveis morfológicas e agronômicas avaliadas. Houve grande amplitude entre os genótipos quanto ao teor de óleo essencial, variando de 0,202 a 2,536 ml/100g e para o rendimento de óleo essencial, variando de 1,103 a 21,817 l/ha. Avaliando as variáveis teor e rendimento de óleo essencial de O. basilicum pode-se selecionar os genótipos NSL6421, PI197442, PI358464, PI414194, PI531396 e 'Fino Verde' para o programa de melhoramento genético que visa a obtenção de novas cultivares de manjericão com alto rendimento de óleo essencial rico em linalol.

Ocimum sp.; germoplasma; diversidade; óleo essencial


Associação Brasileira de Horticultura UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco, Rua Manoel de Medeiros s/n, Dois Irmãos,, 52171-900 Recife-PE, Tel. (81) 3320 6064, www.abhorticultura.com.br - Vitoria da Conquista - BA - Brazil
E-mail: abh.ufrpe@gmail.com