Relações de gênero e interdependências: reflexões a partir de mudanças na configuração hospitalar* * Este artigo, cujo conteúdo foi proposto pelo primeiro autor, é fruto de orientações realizadas pelas demais autoras.

Gender relations and interdependence: reflections on changes in the hospital configuration

Audrey Vidal Pereira Lúcia Rotenberg Simone Santos Oliveira Sobre os autores

Analisa as mudanças ocorridas no hospital ao longo dos anos destacando a dinâmica das relações de gênero vivenciadas por profissionais da saúde. Para tanto, utiliza as noções de configuração e interdependências a partir da teoria do processo civilizador de Norbert Elias e as discussões sobre as relações de gênero no trabalho, além de reportar-se, com base em Michel Foucault, às práticas disciplinares que atravessam a história do hospital. Aproximar as discussões sobre questões de gênero e relações de interdependências possibilitou um exercício de reflexão sobre conflitos de interesses, disputas de poder e equilíbrio de tensões, com a finalidade de problematizar desigualdades de gênero em prol de um trabalho interdisciplinar, com vistas à promoção e integralidade da atenção à saúde.

relações de gênero; hospital; interdependências


Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br