O perfil epidemiológico dos acidentes de trabalho no Vale dos Sinos e o sistema de vigilância em saúde do trabalhador

The epidemiological profile of work accidents in the Vale dos Sinos and the workers' health surveillance system

O Vale do Rio dos Sinos (RS) congrega catorze cidades, totalizando um contingente populacional de cerca de um milhão e trezentos mil habitantes. A fabricação de calçados concentrada nessa região já ao final do século XX era a que mais empregava no setor industrial no estado. A força de trabalho insere-se principalmente na indústria de transformação, comércio e prestação de serviços. Este artigo apresenta o perfil epidemiológico de acidentes de trabalho (AT) da região e discute o papel e a relevância do sistema de vigilância em saúde do trabalhador. Implantado em 2000, o Sistema de Informação em Saúde do Trabalhador da Secretaria Estadual de Saúde registrou a ocorrência de 645 AT no período de 2000 a 2003. As informações sobre ocorrência de acidentes são ainda limitadas em virtude da subnotificação por grande parte dos municípios da região e do elevado número de trabalhadores subcontratados, inseridos no setor informal da economia e em atividades domiciliares.

acidente de trabalho; sistema de vigilância; saúde do trabalhador; Vale dos Sinos


Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br