Análise crítica das diretrizes de pesquisa em medicina chinesa

A critical analysis of research guidelines in Chinese medicine

A aculturação da medicina chinesa nos países ocidentais a partir da década de 1970 tem criado questionamentos sobre sua eficácia, validade e possibilidades de atuação. A pesquisa em medicina chinesa é um desafio metodológico que tem sido fundamentado em ensaios clínicos estatísticos. Neste artigo, elabora-se uma análise crítica dos problemas resultantes da aplicação de metodologias científicas comuns à biomedicina na pesquisa em medicina chinesa, propondo reorientações em suas diretrizes. A análise de textos é a metodologia principal e aborda-se o objeto a partir de referenciais teóricos das ciências sociais aplicadas à saúde.

medicina chinesa; pesquisa; ciência; acupuntura; promoção de saúde


Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br