Arte, saúde mental e atenção pública: traços de uma cultura de cuidado na história da cidade de São Paulo

Art, mental health, and public healthcare: profile of a care culture in the history of São Paulo city

Ana Tereza Costa Galvanese Ana Flávia Pires Lucas D’Oliveira Elizabeth Maria Freire de Araújo Lima Lygia Maria de França Pereira Ana Paula Nascimento Andréia de Fátima Nascimento Sobre os autores

Resumo

O estudo da presença de práticas artísticas e culturais na produção do cuidado ao longo da história da atenção pública à saúde mental na região metropolitana de São Paulo contribui para compreender e caracterizar as práticas adotadas nos atuais Centros de Atenção Psicossocial no município. São abordadas experiências desenvolvidas entre os anos 1920 e 1990, com base em pesquisa bibliográfica. Os dados da atualidade provêm de pesquisa em 126 oficinas realizadas em 21 Centros de Atenção Psicossocial do município, no período de abril/2007 a abril/2008. Conclui-se que uma tendência de cuidado cuja perspectiva clínica se situa na interface da arte e da saúde mental, com desdobramentos em direção ao território, mantém traços de características encontradas em experiências anteriores.

serviços comunitários de saúde mental; Centros de Atenção Psicossocial; arte; cultura; história da saúde pública

Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br