Accessibility / Report Error

Ser ou não ser consiliente: eis a questão

To be or not to be consilient: that is the question

Stephen J. Gould e Edward Wilson são autores emblemáticos de duas tendências opostas do darwinismo. A primeira defende a separação entre os duros fatos da natureza, tal como nos são apresentados pela teoria da seleção natural, e as questões de valor e significado propostas pelas tradições religiosas e humanistas. A segunda nos propõe uma 'consiliência', ou seja, a gradual extensão do paradigma darwiniano para dar conta também dessas tradições. O presente argumento aborda, primeiramente, a necessidade de modelos e narrativas para o pensamento humano e a possibilidade da ciência fornecê-los; segundo, assumindo o ceticismo saudável das propostas de Gould, apresentamos o termo 'consonância', trabalhado por programas de pesquisa que esse autor ignora, como histórica e filosoficamente mais apropriado do que 'consiliência', para a abordagem das relações entre o paradigma darwiniano e as tradições religiosas.

consiliência; magistérios autônomos; darwinismo; modelos e narrativas


Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365, 21040-900 , Tel: +55 (21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@fiocruz.br