Natureza e civilização: os painéis decorativos do Salão Nobre do Teatro Amazonas

Nature and civilization: the decorative panels of the Teatro Amazonas foyer

Os painéis decorativos do salão nobre do Teatro Amazonas singularizam-se em relação ao restante da iconografia que decora o edifício, inaugurado em 1896. Na ocasião, as capitais do Pará e do Amazonas, enriquecidas pela economia gomífera, passaram por significativas transformações no tecido urbano e nas formas de sociabilidade, projetando-se nacional e internacionalmente. O artigo procura identificar paralelos entre as representações paisagísticas da natureza amazônica que decoram o salão nobre do edifício, a construção da cidade moderna e os usos sociais do Teatro Amazonas, símbolo do período e emblema da elite enriquecida que se afirmava no cenário regional e nacional. O Teatro Amazonas ocupou o centro da vida social da época, e em seu salão nobre ocorreram verdadeiros rituais de 'civilização' em que os convidados - brasileiros ou estrangeiros - tinham como cenário privilegiado a natureza amazônica representada nos painéis parietais decorativos.

iconography; nature; identity; civilization


Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br