A gripe espanhola em Sorocaba e o caso da fábrica Santa Rosália, 1918: contribuições da história local ao estudo das epidemias no Brasil

Spanish Flu in Sorocaba and the case of the Santa Rosália factory, 1918: local history contributions to the study of epidemics in Brazil

Resumo

Investigam-se as tensões surgidas durante a epidemia de gripe espanhola na cidade de Sorocaba, ocorrida entre os meses de outubro e dezembro de 1918. São utilizadas como fontes privilegiadas e inéditas as narrativas repercutidas pela imprensa local, tomando como estudo de caso a fábrica Santa Rosália, envolvida na recusa de seu proprietário em manter a interrupção dos trabalhos no auge da crise epidêmica, mesmo sob pedidos do poder municipal. Busca-se contribuir com os estudos sobre as epidemias nos municípios do interior do país, ressaltando as colaborações da história local às investigações sobre a história das doenças no Brasil.

gripe espanhola; epidemia; história local; saúde pública

Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br