A cidade de Santos no roteiro de expansão da homeopatia nos serviços públicos de saúde no Brasil

The city of Santos and the expansion of Brazilian public health services in homeopathy

Célia Maria Patriani Justo Mara H. de Andréa Gomes Sobre os autores

Em coerência com os princípios de integralidade, eqüidade e universalidade presentes na reforma sanitária e na criação do Sistema Único de Saúde (SUS), alguns municípios passaram a oferecer a homeopatia como opção terapêutica. Este artigo aborda o contexto de implantação e consolidação da homeopatia na cidade de Santos (SP), até a sua incorporação como alternativa de atenção médica na rede pública de serviços de saúde. Naquela cidade, a implantação muito se deveu não só a médicos e farmacêuticos, mas também a médiuns receitantes que atuavam nos centros espíritas. Todos esses personagens tornaram possível a reivindicação de oferta dessa modalidade de atendimento pelos serviços de atenção primária do município. Nossa análise baseou-se em entrevistas com profissionais que participaram desse processo, em relatórios técnicos, artigos de jornais, revistas científicas e em livro escrito sobre a primeira sociedade espírita da cidade.

homeopatia; kardecismo; história da medicina; saúde pública; Santos (SP)


Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br