Hospedarias de Imigrantes nas Américas: a criação da hospedaria da Ilha das Flores

Hostels of Immigrants in the Americas: the creation of the Hostel of Flowers´ Island

Luís Reznik Rui Aniceto Nascimento Fernandes Sobre os autores

A recepção aos imigrantes, em fins do século XIX, foi uma experiência comum aos países americanos. Foram criados dispositivos similares para dar conta do massivo deslocamento populacional do Velho Continente. Conhecer as hospedarias de imigrantes em sua universalidade e especificidades é uma forma de compreender como cada uma das sociedades estabeleceu suas relações com estrangeiros. Este texto tem como objetivo analisar a criação da Hospedaria de Imigrantes da Ilha das Flores, que funcionou entre 1883 e 1966, situada no Rio de Janeiro. Busca-se compreender como as demandas e experiências em curso moldaram a instituição.

imigração; hospedaria de imigrantes; Rio de Janeiro


Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho Faculdade de Ciências e Letras, UNESP, Campus de Assis, 19 806-900 - Assis - São Paulo - Brasil, Tel: (55 18) 3302-5861, Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, UNESP, Campus de Franca, 14409-160 - Franca - São Paulo - Brasil, Tel: (55 16) 3706-8700 - Assis/Franca - SP - Brazil
E-mail: revistahistoria@unesp.br