Estrutura da vegetação caducifólia espinhosa (caatinga) de uma área do sertão central de Pernambuco

Vegetation structure of the thorny deciduous woodland (Caatinga) in an area of central sertão of Pernambuco

Foi realizada a descrição da estrutura da vegetação de caatinga sensu stricto do pediplano da depressão sertaneja situada entre os municípios de Floresta e Betânia, Pernambuco. Foram amostrados todos os indivíduos vivos com diâmetro do caule ao nível do solo > 3 cm e altura total > 1 m presentes em um hectare. Foram registradas 28 espécies, um total de 3.140 plantas com área basal total de 18,5 m². Em geral, os levantamentos da depressão sertaneja, situados em áreas do pediplano, apresentam menores diâmetros que aqueles situados em áreas próximas a riachos ou serras. É possível concluir que as diferenças fisionômicas na caatinga sensu stricto da depressão ocorrem na função da densidade das plantas com maiores diâmetros. As distribuições diamétricas de Caesalpinia gardneriana Benth. (Caesalpiniaceae) e Croton rhamnifolioides Pax & K. Hoffm. (Euphorbiaceae), espécies de maior valor de importância, indicam populações em regeneração.

depressão sertaneja; estrutura; plantas lenhosas


Instituto de Botânica Av. Miguel Stefano, 3687 , 04301-902 São Paulo – SP / Brasil, Tel.: 55 11 5067-6057, Fax; 55 11 5073-3678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: hoehneaibt@gmail.com