Estudo comparativo de comunidades de briófitas sujeitas a diferentes graus de inundação no município de São Domingos do Capim, PA, Brasil

Comparative study of communities of bryophytes in different degrees of flooding in the municipality of São Domingos do Capim, Pará State, Brazil

Moisés Oliveira Lopes Márcio Roberto Pietrobom Dimas Marchi do Carmo Denilson Fernandes Peralta Sobre os autores

RESUMO

Foram analisadas 35 parcelas (10 × 10 m) para a listagem florística e, destas, 18 parcelas (seis para cada fitofisionomia: Floresta de Igapó (IG), Floresta de Várzea (VA) e Floresta de Terra Firme (TE)) foram sorteadas para a análise de comparação das comunidades de briófitas. Encontramos 118 espécies de briófitas: 37 musgos e 82 hepáticas, sendo que Lejeuneaceae (63 espécies) foi a família mais rica para hepáticas e Calymperaceae (oito espécies) para musgos. A estimativa de riqueza está abaixo da esperada, porém a curva de coletor estabilizada. O substrato mais colonizado foi tronco vivo (101 spp., 45 exclusivas) seguido de tronco em decomposição (66 spp., 16 exclusivas). Os resultados obtidos mostram que as fitofisionomias analisadas apresentam diferenças na riqueza (IG > TF > VA) e composição das comunidades de briófitas, devido à existência de espécies exclusivas e as análises de Agrupamento (UPGMA) e Ordenação (NMDS) indicaram estruturação das comunidades entre as três fitofisionomias.

Palavras-chave:
Amazônia; Bryophyta; Floresta de Igapó; Marchantiophyta

Instituto de Pesquisas Ambientais Av. Miguel Stefano, 3687 , 04301-902 São Paulo – SP / Brasil, Tel.: 55 11 5067-6057, Fax; 55 11 5073-3678 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: hoehneaibt@gmail.com