Accessibility / Report Error

Audição e exposição ao tolueno - uma contribuição para o tema

INTRODUÇÃO: Com os avanços tecnológicos e as mudanças nos processos produtivos, os trabalhadores estão expostos a diferentes agentes físicos e químicos em seu ambiente laboral. O tolueno é um solvente orgânico presente em colas, tintas, óleos, dentre outros. OBJETIVO: Comparar os achados literários que evidenciam que trabalhadores expostos simultaneamente a ruído e solventes têm maior probabilidade de desenvolverem uma perda auditiva de origem periférica. MÉTODO: Revisão de literatura a respeito da perda auditiva ocupacional em trabalhadores expostos a ruído e tolueno. RESULTADOS: A exposição isolada ao tolueno também pode desencadear uma alteração dos limiares auditivos. Estes achados audiométricos, por ototoxicidade a exposição ao tolueno, apresentam audiogramas semelhantes ao por exposição ao ruído, o que torna dificultoso diferenciar um resultado audiométrico de exposição combinada - ruído e tolueno - e exposição apenas ao ruído. CONCLUSÃO: A maioria dos estudos foi projetado para gerar hipóteses e deveria ser considerado como passos preliminares de uma pesquisa adicional. Até hoje os agentes no ambiente de trabalho e seus efeitos têm sido estudados de maneira isolada e os limites de tolerância destes, não consideram as exposições combinadas. Considerando que os trabalhadores estão expostos a múltiplos agentes e que a perda auditiva é irreversível, os testes implementados devem ser mais completos e todos os trabalhadores devem fazer parte do programa de prevenção auditiva, mesmo expostos a baixas doses do limite de exposição recomendado.

ruído ocupacional; tolueno; perda auditiva provocada por ruído; trabalhadores


Fundação Otorrinolaringologia R. Teodoro Sampaio, 483, 05405-000 São Paulo/SP Brasil, Tel.: (55 11) 3068-9855, Fax: (55 11) 3079-6769 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: iaorl@iaorl.org