O tratamento da dependência na perspectiva das pessoas que fazem uso de crack

El tratamiento de la dependencia desde la perspectiva de las personas que usan crack

Renata Barreto Fernandes de Almeida Naíde Teodósio Valois Santos Ana Maria de Brito Keila Silene de Brito e Silva Solange Aparecida Nappo Sobre os autores

O artigo pretende compreender, a partir da fala dos usuários, quais os aspectos fundamentais para o sucesso no tratamento da dependência do crack. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem qualitativa, onde foram entrevistadas 39 pessoas que fazem uso de crack, atendidas num programa de proteção social para usuários de drogas. Para a compreensão das narrativas, foi utilizada a técnica de análise de conteúdo, com referencial teórico baseado em Bardin. Foram mencionados, como importantes aspectos, realizar tratamento voluntário e espiritualidade, categorias que podemos agrupar como aspectos individuais; como, também, ampliação do cardápio de atividades, oferta de espaço protegido da droga e qualificação profissional com inclusão socioprodutiva, como aspectos institucionais. Essas demandas precisam ser consideradas para um melhor entendimento das necessidades para o sucesso no tratamento, assim como serem contempladas pelas políticas públicas voltadas para o problema.

Cocaína/crack; Dependência; Tratamento; Usuário de drogas


UNESP Distrito de Rubião Jr, s/nº, 18618-000 Campus da UNESP- Botucatu - SP - Brasil, Caixa Postal 592, Tel.: (55 14) 3880-1927 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: intface@fmb.unesp.br