Leitura e discussão de clássicos da literatura aplicados a pessoas com quadro psiquiátrico grave: uma análise winnicottiana* * Pesquisa financiada com bolsa de doutorado CNPq para a autora principal.

Reading and discussion of literature classics applied to people with a severe psychiatric condition: a winnicottian analysis

Lectura y discusión de clásicos aplicados a personas con cuadro psiquiátrico grave: un análisis winnicottian

Maria Sílvia Motta Logatti Licurgo Lima de Carvalho Nadia Vitorino Vieira Maria Teresa Mendonça de Barros Dante Marcello Claramonte Gallian Sobre os autores

O presente artigo tem como objetivo apresentar parte dos resultados de uma investigação realizada com pessoas com quadro psiquiátrico grave de um grupo psicoterapêutico. Partindo da metodologia do Laboratório de Leitura (LabLei), foram realizadas duas experiências literárias: 1) Leitura da obra “O Alienista” de Machado de Assis, com 11 encontros; e 2) Leitura da obra “O sonho de um homem ridículo”, de Fiódor Dostoiévski, com oito encontros. No total, 25 pessoas participaram, sendo 17 usuários em sofrimento mental, seis terapeutas e dois pesquisadores. Posteriormente, foram realizadas seis entrevistas de História Oral de Vida que puderam ser analisadas a partir de uma compreensão winnicottiana. Como resultado, o Laboratório de Leitura (LabLei) se mostrou efetivo como um coadjutor do espaço terapêutico, favorecendo um modo de comunicação não repetitiva e reveladora de outros materiais psíquicos, proporcionando um espaço potencial integrador do mundo externo e interno, além de fomentar a expressão artística e a criatividade.

Saúde mental; Literatura; Psicanálise; Loucura e grupo


UNESP Distrito de Rubião Jr, s/nº, 18618-000 Campus da UNESP- Botucatu - SP - Brasil, Caixa Postal 592, Tel.: (55 14) 3880-1927 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: intface@fmb.unesp.br