"Fui lá no posto e o doutor me mandou foi pra cá": processo de medicamentalização e (des)caminhos para o cuidado em saúde mental na Atenção Primária

“I went to the health unit and the doctor sent me here”: process of medicationalization and (non)resolution of mental healthcare within primary care

“Fui al dispensario de salud y el médico me mandó venir aquí”: proceso de medicamentalización y (des)caminos para el cuidado de la salud mental en la atención primaria

Indara Cavalcante Bezerra Maria Salete Bessa Jorge Ana Paula Soares Gondim Leilson Lira de Lima Mardênia Gomes Ferreira Vasconcelos Sobre os autores

Buscou-se compreender como o cuidado em saúde mental vem sendo produzido na Atenção Primária, com base nas experiências de profissionais, usuários e familiares. As informações obtidas foram categorizadas pelos aspectos observados na efetivação da interface entre Atenção Primária e saúde mental, descritos como: medicamentalização dos problemas de saúde mental apresentados pela população; dificuldades no acesso dos usuários do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) à Unidade de Saúde da Família, e formação em saúde mental para os profissionais da Atenção Primária. O processo de medicamentalização perpassa as práticas dos profissionais e configura-se como a principal demanda dos usuários do CAPS, indicando a necessidade de ações desmedicalizantes, que encontram potência na incorporação de novas relações e dinâmicas sociais no território, maior articulação das equipes e estímulo à participação social da comunidade neste processo.

Saúde mental; Atenção Primária à Saúde; Medicalização; Resolução de problemas


UNESP Distrito de Rubião Jr, s/nº, 18618-000 Campus da UNESP- Botucatu - SP - Brasil, Caixa Postal 592, Tel.: (55 14) 3880-1927 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: intface@fmb.unesp.br