"Mercosul: por onde passa a saúde"

Radilson Carlos Gomes

"Mercosul: por onde passa a saúde"

Fotografar os caminhos da saúde no MERCOSUL revelaum novo olhar,

não só para o que nos difere, mas também para o que nos

aproxima da luta pela integração dos povos latino-americanos

e por um bem comum: a saúde pública

Radilson Carlos Gomes

Este fascículo da Interface - Comunicação, Saúde, Educação apresenta parte do trabalho realizado pelo fotógrafo Radilson Carlos Gomes para a Mostra "MERCOSUL: Por onde a saúde passa" e integra a publicação: Brasil. Ministério da Saúde. Assessoria de Assuntos Internacionais de Saúde. Coordenação Nacional de Saúde do MERCOSUL. MERCOSUL: por onde passa a saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2008 (ISBN 978-85-334-0299-7).

Radilson foi convidado a realizar esta Mostra fotográfica como parte das iniciativas do Mercosul que buscam dar mais visibilidade a temas relevantes do trabalho no campo da Saúde, dentre os quais o processo de redução das assimetrias nessa área e o fortalecimento do processo de integração regional, abordando o complexo campo de atuação e de intervenção em saúde no âmbito de integração entre os países que compõem o MERCOSUL.

O autor

Radilson Carlos Gomes é brasiliense, fotógrafo da saúde pública desde 1986. Conheceu a arte da fotografia pelas mãos - ou, pelo olhar - do fotógrafo Guilherme Stuckert, da segunda geração da família Stuckert, que há oitenta anos contribui para a história da fotografia no Brasil. Depois dos primeiros cliques no Centro Cirúrgico do Hospital de Base de Brasília, passou a abordar outros temas, como: a natureza, pessoas e eventos sociais.

Hoje, seu olhar divide-se entre os projetos de exposição e mostras fotográficas que executa para a saúde pública e as aulas de fotografia para alunos que estão iniciando o ofício de fotojornalismo e fotopublicitária na cidade.

Ao longo desses 23 anos, construiu um acervo de mais de trinta mil fotos da saúde pública do Brasil e da América do Sul, abordando temas como: os determinantes sociais, ensino e pesquisa em saúde e atenção à saúde, registrados em preto-e-branco.

Fotografando para o Ministério da Saúde em várias cidades do país e da América Latina, Radilson construiu um acervo de cerca de sete mil retratos dos povos que formam a nação sul-americana. Um verdadeiro sincretismo de cores, raças e credos identificados nos rostos de anônimos, formando uma verdadeira teia.

Graduado em Administração Hospitalar e licenciado em História, compõe o Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde desde 2003. É especialista em Comunicação e Saúde pela Fundação Oswaldo Cruz (CICT-FIOCRUZ) e Gestão Estratégica de Políticas Públicas de Saúde (ENSP-FIOCRUZ), e já realizou exposições com imagens da saúde pública em Nova Iorque (EUA), Vancouver (Canadá) e diversas galerias de arte e museus no Brasil.

Contato: radilson@saude.gov.br

As fotos

1 Unidade Básica de Saúde que atende à população de baixa renda em uma favela vertical na Província de Buenos Aires. Avellaneda, Buenos Aires, Argentina.

2 Atendimento pediátrico na Unidade Básica de Saúde de Avellaneda. Província de Buenos Aires, Argentina.

3 Vacinação em Posto de Saúde. Puerto Iguaçu, Argentina, fronteira com o Brasil.

4 Atendimento SAMU. Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, Paraná (PR), Brasil.

5 Atendimento SAMU. Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

6 Recém-nascido nos braços de pais adolescentes. Hospital Costa Cavalcante, Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

7 Exame de audição em recém-nascido. Hospital Costa Cavalcante, Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

8 Exame oftalmológico no Centro de Saúde Integral Salvador Allende. Município de Dos Caminos, Venezuela.

9 Paciente em observação (isolamento). Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

10 Trabalhador da manutenção do Hospital Saint Bois. Montevidéu, Uruguai.

11 Equipe da UTI de Cardiologia Infantil. Hospital Cardiológico Infantil, Caracas, Venezuela.

12 Equipe de plantão. Hospital Pediátrico Acosta Ñu, Assunção, Paraguai.

13 Manifestação popular em frente ao Parlamento uruguaio. Montevidéu, Uruguai.

14 Limpeza do Hospital Municipal de Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

15 Visita domiciliar, Equipe de Atenção Básica. Bairro São Paulo, Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

16 Visita domiciliar, Equipe de Atenção Básica. Bairro São Paulo, Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

17 Visita domiciliar, Equipe de Atenção Básica. Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

18 Visita domiciliar, Equipe de Atenção Básica. Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

19 Visita domiciliar, Equipe de Atenção Básica. Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

20 Visita domiciliar - Equipe de Atenção Básica. Bairro São Paulo, Foz do Iguaçu, PR, Brasil.

21 Rua do Bairro San Telmo. Buenos Aires, Argentina.

22 Grafite nas ruas de San Telmo. Buenos Aires, Argentina.

23 Unidade de Atenção Básica na Província de Buenos Aires. Avellaneda, Buenos Aires, Argentina.

24 Unidade de separação de lixo Villa Lujan. Província de Buenos Aires, Argentina.

25 Fronteira Uruguai/Brasil, ponte Jaraguá (Brasil)/Rio Branco (Uruguai). Centro Auxiliar de Rio Branco, Uruguai.

26 Mural do Centro de Saúde Integral Salvador Allende. Município de Dos Caminos, Venezuela.

27 Chão e praça em Montevidéu exposição permanente composta por fotos de populares com manifestações ocorridas naquele local ao longo dos anos. Montevidéu, Uruguai.

28 Fisioterapia no Centro de Saúde Maria Genoveva Guerrero. Caracas, Venezuela.

29 Recém-nascido na sala de parto segurando o dedo do pai que acompanhou o parto. Hospital Young, Município de Soriano, Uruguai.

Datas de Publicação

  • Publicação nesta coleção
    14 Abr 2009
  • Data do Fascículo
    Mar 2009
UNESP Distrito de Rubião Jr, s/nº, 18618-000 Campus da UNESP- Botucatu - SP - Brasil, Caixa Postal 592, Tel.: (55 14) 3880-1927 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: intface@fmb.unesp.br