Mágica ou magia? Colegiados gestores no Sistema Único de Saúde e mudanças nos modos de cuidar

¿Mágica o magia? Colegiados gestores en el Sistema Brasileño de Salud y cambios en los modos de cuidar

Helvo Slomp Junior Emerson Elias Merhy Clarissa Terenzi Seixas Kathleen Tereza da Cruz Débora Cristina Bertussi Rossana Staevie Baduy Sobre os autores

Em uma pesquisa sobre a produção do cuidado nas redes de saúde, avaliou-se o papel dos colegiados de gestão em uma experiência de mudança no governo da saúde. Com metodologia qualitativa de abordagem cartográfica, observou-se que a ativação dos colegiados pela gestão visava uma dupla tarefa: por um lado, a democracia institucional, e por outro, a criação de governabilidade para a mudança proposta. No entanto, predominavam nesses colegiados pautas restritas aos agires técnicos ou profissionais, além de uma certa tensão junto com vários atores da rede. Por outro lado, também houve encontros nos quais se vivenciou novos pactos intra e entre-equipes, mediante relações simétricas e de coautoria: um analisador aqui denominado magia a-significante. Conclui-se como possível que os colegiados gestores configurem-se como cenários para uma mudança, e para tanto propõe-se o seu engravidamento com ferramentas de educação permanente em Saúde.

Cuidados integrais em Saúde; Educação permanente; Gestão em Saúde; Reforma do setor Saúde


UNESP Distrito de Rubião Jr, s/nº, 18618-000 Campus da UNESP- Botucatu - SP - Brasil, Caixa Postal 592, Tel.: (55 14) 3880-1927 - Botucatu - SP - Brazil
E-mail: intface@fmb.unesp.br