Educomunicação Socioambiental: cidade e escola1 1 Este artigo se associa a outros que os autores vêm elaborando atinentes ao tema da educomunicação socioambiental. Versão preliminar do presente trabalho foi apresentada no XXXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. O que agora se lê acrescenta novos dados de pesquisa, além de análises a eles correspondentes.

Educomunicación Socioambiental: ciudad y escuela

Adilson Citelli Sandra Pereira Falcão Sobre os autores

Resumo

Este artigo registra o propósito de refletir acerca da comunicação e da temática socioambiental urbana, considerando, sobretudo, determinadas práticas levadas a termo na educação formal. Interseccionadas com aportes da educação não formal/informal e também do ecossistema midiático, os mecanismos em tela influenciam o cenário de descaso ambiental crescente nos centros urbanos. Os dados a nutrir o conjunto reflexivo resultam de pesquisas realizadas em escolas da rede básica pública e privada na cidade de São Paulo, bem como em espaços outros de diálogo virtual/presencial. O percurso analítico seguido indica que ativar procedimentos educomunicativos ancorados em projetos voltados a esclarecer as intercorrências comprometedoras da qualidade de vida, em particular nas grandes cidades, pode resultar em ampliação de uma perspectiva ecossistêmica que traga ganhos para os jovens educandos e para a sociedade.

Palavras-chave
educomunicação socioambiental; perspectiva ecossistêmica; emancipação; cidade; escola

Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Rua Joaquim Antunes, 705, 05415-012 São Paulo-SP Brasil, Tel. 55 11 2574-8477 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: intercom@usp.br