Contribuições teóricas para a pesquisa no campo do Jornalismo. Noções e significados do Campo Criador Intelectual

Gustavo Adolfo León-Duarte Sobre o autor

Resumo

O habitus acadêmico presente na estrutura do campo da pesquisa jornalística na Espanha desenvolve uma tendência à perda de trabalhos teóricos conceituais. Desenvolvendo as bases da pesquisa qualitativa utilizando técnicas e procedimentos do método de comparação constante, o texto visa integrar, em termos descritivos e preditivos, o constructo, fatores e indicadores de um núcleo teórico que agrega valor real ao campo da pesquisa em jornalismo. O estudo define, a partir da integração teórica da categoria Campo Intelectual Criador (CIC), a contribuição efetiva da teoria de campo de Pierre Bourdieu para o campo da pesquisa jornalística, de modo que o modelo teórico construído possa ser utilizado para observar, descrever e explicar o comportamento de produção jornalística, práticas de circulação e consumo. A proposta teórica pode significar não apenas uma forma de compromisso reflexivo, mas, também, uma proposta prática alternativa às estratégias de pesquisa dominantes, pois descreve uma contribuição efetiva para explicar e prever o comportamento histórico e atual da estrutura e distribuição do capital científico do campo, bem como conseguir uma representação coerente dos usos e significados em sua meta-investigação.

Palavras-chave
Pesquisa; Jornalismo; Campo Intelectual; Criador; Interdisciplina

Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Rua Joaquim Antunes, 705, 05415-012 São Paulo-SP Brasil, Tel. 55 11 2574-8477 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: intercom@usp.br