Ciência e mídia como campo de estudo: uma análise da produção científica brasileira

Ciencia y medios masivos como campo de estudio: un análisis de la producción científica brasileña

Luisa Massarani Mariana Rocha Sobre os autores

Resumo

Mapeamento recente realizado sobre os artigos acadêmicos em divulgação científica na América Latina mostra que a mídia é o foco do maior número de estudos nesse campo, com 31% de 609 artigos identificados (MASSARANI et al, 2017). Neste artigo, analisamos especificamente os artigos publicados por autores brasileiros. Nosso corpus consiste de 154 artigos que tiveram como tema a cobertura da ciência por diferentes meios de comunicação. Os resultados mostram que há uma concentração de artigos em revistas brasileiras (88%). Boa parte dos artigos (60%) avalia meios de comunicação impressos, como jornais e revistas, e 52% dos artigos usam metodologias qualitativas em suas análises. A comunidade de autores se concentra em instituições do eixo Rio de Janeiro – São Paulo. Ainda que estejam geograficamente próximos, esses autores colaboram com poucos pares, gerando uma comunidade científica fragmentada.

Palavras-chave
Divulgação científica; Mídia; Produção científica

Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (INTERCOM) Rua Joaquim Antunes, 705, 05415-012 São Paulo-SP Brasil, Tel. 55 11 2574-8477 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: intercom@usp.br