História de vida, biomassa e produção de Coronatella rectangula (Branchiopoda, Anomopoda, Chydoridae) de Minas Gerais

Thais Viti Célio Wisniewski Tereza Cristina Orlando Maria José dos Santos-Wisniewski Sobre os autores

As espécies de Chydoridae correspondem a maior diversidade de Cladocera. Estes organismos tem sido objeto de diversos estudos, com enfoque para seu papel no fluxo de energia nos ambientes aquáticos, uma vez que habitam a região litoral dos corpos d'água que recebem os primeiros impactos decorrentes das atividades antrópicas. O objetivo deste estudo é conhecer o ciclo de vida de Coronatella rectangula (Sars, 1861), espécie encontrada em vários corpos d'água de Minas Gerais, Brasil. O ciclo de vida foi determinado através do cultivo em laboratório de fêmeas partenogenéticas, sob condições controladas. Culturas experimentais foram mantidas em câmaras de germinação com temperatura de 23,6(±0,5)ºC e fotoperíodo constante (12h claro/12h escuro). Os organismos foram alimentados com uma suspensão de 10(5) células.mL-1 da clorofícea Pseudokirchneriella subcapitata e 0,02 mL de uma suspensão mista de levedura e ração de peixe em igual proporção (1:1). Cinquenta fêmeas com ovos foram isoladas e mantidas até a produção de neonatas. Trinta neonatas com menos de 24 horas foram colocadas em potes de 50 mL de polipropileno e conservadas em câmara de germinação. Estes organismos foram observados diariamente para obtenção dos parâmetros do ciclo de vida. Foram calculadas também a biomassa e a produção secundária. O tempo de desenvolvimento embrionário dos espécimes de C. rectangula foi de 1,68 (±0,13) dias e a idade da primípara (tempo de desenvolvimento pós- embrionário) foi de 2,48 (±0,45) dias. A fecundidade média foi de 2 ovos/fêmea/ninhada e o número total de ovos produzidos durante todo o ciclo de vida foi de 27,8 ovos. Durante todo o ciclo de vida, espécimes de C. rectangula tiveram um máximo de 14 mudas, sendo dois ínstares no estágio juvenil. A biomassa total de C. rectangula foi de 36,66 µgPS.m-3 (9,83 µgPS.m-3 para o estágio juvenil e 26,82 µgPS.m-3 para adultos), e a produção secundária foi de 12,10 µgPS.m-3.dia-1 (8,34 µgPS.m-3.dia-1a produção de ovos e 3,76 µgPS.m-3.dia-1 para o estágio juvenil).

Ciclo de vida; Cladocera; região litoral; organismos fitófilos


Museu de Ciências Naturais Museu de Ciências Naturais, Secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Rua Dr. Salvador França, 1427, Jardim Botânico, 90690-000 - Porto Alegre - RS - Brasil, Tel.: + 55 51- 3320-2039 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: iheringia-zoo@fzb.rs.gov.br