Iheringia. Série Zoologia, Volume: 97, Issue: 4, Published: 2007
  • Um novo gênero e espécie de Blattellidae neotropical (Blattaria)

    Lopes, Sonia Maria; Oliveira, Edivar Heeren de

    Abstract in Portuguese:

    Neste trabalho descreve-se um novo gênero e espécie do Estado de Minas Gerais, Brasil. A genitália do macho é ilustrada. O novo gênero é similar a Cariblatta e Neoblattella.

    Abstract in English:

    In this paper, a new genus and species from the state of Minas Gerais, Brazil, is described. The male genitalia is illustrated. The new genus is similar to Cariblatta and Neoblattella.
  • Revalidação de Cathorops arenatus e Cathorops agassizii (Siluriformes, Ariidae), bagres marinhos das regiões norte e nordeste da América do Sul

    Marceniuk, Alexandre P.

    Abstract in Portuguese:

    As espécies nominais das regiões norte e nordeste da América do Sul, reconhecidas na literatura como sinônimos júnior de Cathorops spixii (Agassiz, 1829) têm seu status específico revisto. Os tipos de Arius arenatus Valenciennes, 1840, Arius fissus Valenciennes, 1840, Tachisurus agassizii Eigenmann & Eigenmann, 1888 e Arius pleurops Boulenger, 1897 foram examinados. Cathorops arenatus e Cathorops agassizii são espécies válidas, Cathorops fissus é sinônimo júnior de Cathorops arenatus e Cathorops pleurops sinônimo júnior de Cathorops agassizii. Os caracteres morfométricos tradicionalmente usados em descrições e chaves de identificação para espécies da família Ariidae são redefinidos e novos caracteres são utilizados.

    Abstract in English:

    Nominal species from north and northeast South America, traditionally recognized in the literature as synonymous of Cathorops spixii (Agassiz, 1829), have their specific status redefined. Type specimens of Arius arenatus Valenciennes, 1840, Arius fissus Valenciennes, 1840, Tachisurus agassizii Eigenmann & Eigenmann, 1888 and Arius pleurops Boulenger, 1897 were examined. Cathorops arenatus and Cathorops agassizii are considered valid, Cathorops fissus is a junior synonym of Cathorops arenatus and Cathorops pleurops a junior synonym of Cathorops agassizii. The morphometric characters traditionally used in descriptions and keys in the family Ariidae are redefined and new characters are used.
  • Espécie nova de Xestoblatta (Blattaria, Blattellidae) do Estado de Santa Catarina, Brasil

    Lopes, Sonia Maria; Oliveira, Edivar Heeren de

    Abstract in Portuguese:

    Xestoblatta insularis sp. nov. é descrita com base nas placas genitais, estruturas genitais do macho e na modificação do sétimo tergito abdominal. Xestoblatta Hebard, 1916 é registrado pela primeira vez no sul do Brasil.

    Abstract in English:

    Xestoblatta insularis sp. nov. is described based on genital plates, male genital structures and modification on seventh abdominal tergite. Xestoblatta Hebard, 1916 is recorded for the first time to southern Brazil.
  • Avaliação de efeitos de espécies de mangue na distribuição de Melampus coffeus (Gastropoda, Ellobiidae) no Ceará, nordeste do Brasil

    Maia, Rafaela C.; Tanaka, Marcel O.

    Abstract in Portuguese:

    Melampus coffeus (Linnaeus, 1758) é um gastrópode pulmonado, macrodetritívoro, importante na transferência de energia em manguezais neotropicais, mas sua distribuição em diferentes escalas espaciais ainda é pouco conhecida nas regiões brasileiras. Assim, o objetivo deste trabalho foi verificar a distribuição de M. coffeus com relação: 1) às espécies Rhizophora mangle Rhizophoraceae e Laguncularia racemosa Combretaceae; 2) à posição dos rizóforos de R. mangle e 3) à altura das árvores em diferentes manguezais. O seu comportamento ao longo do ciclo de marés também foi descrito. A densidade de M. coffeus foi similar entre R. mangle e L. racemosa, porém os maiores caramujos foram encontrados nas árvores de R. mangle. A distribuição dos caramujos encontrados no sedimento diferiu em relação aos rizóforos, com maior densidade no centro e o maior tamanho na borda da área amostral. Entretanto, não houve relação com a disponibilidade de recursos alimentares formados por folhas. A densidade também foi maior nos manguezais baixo e médio quando comparados ao alto, porém não foram encontradas diferenças de tamanho dos caramujos em mangues de alturas distintas. Observamos também que, durante a maré alta, M. coffeus sobe nas árvores mais próximas. Estes resultados podem estar relacionados principalmente com a disponibilidade de recursos e abrigos fornecidos por R. mangle. Desta forma, novos estudos sobre a distribuição de M. coffeus sob diversas condições são recomendáveis, já que as regiões de manguezais estão cada vez mais sujeitas a perturbações.

    Abstract in English:

    Melampus coffeus (Linnaeus, 1758) is a pulmonate, macrodetritivore gastropod, important in energy flows in neotropical mangroves, but its distribution in different spatial scales is still unknown in Brazil. The objective of this study was to evaluate the distribution of M. coffeus: 1) among the mangrove trees Rhizophora mangle Rhizophoraceae and Laguncularia racemosa Combretaceae; 2) in relation to the position of R. mangle prop roots and 3) among mangroves with different tree heights. Further, its behavior along one tidal cycle was also described. The densities of M. coffeus did not differ between R. mangle and L. racemosa, but the largest snails were found on R. mangle. The distribution of snails found on the sediment differed relative to the position of the prop roots, with the highest density in the center and largest size in the edge of the studied areas. However, this distribution was not related with the availability of food resources provided by decayed leaves. Higher densities were also recorded in intermediate and low-stature mangroves when compared with taller ones, but no differences in snail's sizes among mangroves were found. During the high tide, M. coffeus individuals climb nearby trees. These results are possibly related to the availability of resources and shelter supplied by R. mangle. Thus, studies on the distribution of M. coffeus in diverse conditions are essential, because mangroves are being intensively disturbed.
  • Análise cladística e biogeográfica dos gêneros do grupo Sitalces (Orthoptera, Acrididae, Abracrini)

    Costa, Maria Kátia Matiotti da; Ferrari, Augusto; Carvalho, Gervásio Silva

    Abstract in Portuguese:

    Uma análise cladística do relacionamento entre as espécies sul-americanas do grupo Sitalces (Sitalces Stål, 1878, Eusitalces Bruner, 1911, Parasitalces Bruner, 1911, Psilocirtus Bruner, 1911, Liebermannacris Costa & Carvalho, 2006, Robustusacris Costa & Carvalho, 2006, Arimacris Costa & Carvalho, 2006, Salvadoracris Costa & Carvalho, 2006 e Caruaruacris Costa & Carvalho, 2006) é apresentada. A análise incluiu 14 espécies com três grupos-externos e 34 caracteres morfológicos. A monofilia do grupo é suportada por três sinapomorfias com índices de consistência e retenção de 100%: prozona maior que a metazona, borda posterior do pronoto não angulada e placa supranal mais curta em relação aos cercos. A análise resultou em um único cladograma: (P. olivaceus (E. vittatus (L. dorsualis; L. punctifrons) (R. balzapambae (A. trinitatis (S. nigritus; C. bivittatus) (S. volxemi (P. vulneratus; P. sexnotata)))))). Comentários biogeográficos são apresentados e relacionados com padrões pré-estabelecidos.

    Abstract in English:

    A cladistic analysis of the relationships among the species of the South American genera of the group Sitalces (Sitalces Stål, 1878, Eusitalces Bruner, 1911, Parasitalces Bruner, 1911, Psilocirtus Bruner, 1911, Liebermannacris Costa & Carvalho, 2006, Robustusacris Costa & Carvalho, 2006, Arimacris Costa & Carvalho, 2006, Salvadoracris Costa & Carvalho, 2006 and Caruaruacris Costa & Carvalho, 2006) is presented. The analysis included 14 species with three outgroups and 34 morphological characters. The monophyly of the group is supported by three sinapomorphies with 100% consistency and retention indices: prozona larger than the metazona, posterior border of the pronotum not angulated and supranal plate shorter than cerci. The analysis resulted in a single cladogram: (P. olivaceus (E. vittatus (L. dorsualis; L. punctifrons) (R. balzapambae (A. trinitatis (S. nigritus; C. bivittatus) (S. volxemi (P. vulneratus; P. sexnotata)))))). Biogeographic comments are presented and related with pre-established standards.
  • A comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apoidea) em áreas florestais do Parque Estadual de Itapuã (Viamão, RS): diversidade, abundância relativa e atividade sazonal

    Truylio, Betânia; Harter-Marques, Birgit

    Abstract in Portuguese:

    A comunidade de abelhas (Hymenoptera, Apoidea) foi estudada no Parque Estadual do Itapuã, município de Viamão, no que diz respeito à diversidade, abundância relativa e atividade sazonal. As abelhas foram coletadas sobre as flores em duas áreas florestais, durante dois dias consecutivos por área, quinzenalmente, das 8 h às 18 h. No total, foram capturadas 3.306 abelhas pertencentes a 95 espécies das cinco famílias ocorrentes no Brasil. Dentre elas, Apidae foi a família mais abundante (2.860 indivíduos) e mais diversificada (36 espécies), seguida de Halictidae com 308 indivíduos e 26 espécies. Comparações realizadas com a fauna de abelhas de outras comunidades revelaram uma baixa diversidade na região estudada. Representantes de Apidae e Halictidae foram encontrados o ano todo nas flores, com uma redução gradual de atividade em março e abril quando foi registrado o menor índice de precipitação e temperaturas mais altas do ano.

    Abstract in English:

    The bee community of Parque Estadual de Itapuã, Viamão, Southern Brazil, was studied regarding diversity, relative abundance and seasonal activity. The bees were collected on the flowers in two forest areas, during two consecutive days respectively, twice per month, from 8 a.m. to 6 p.m., during one year. A total of 3,306 bees from 95 species and five families occurring in Brazil were captured. Among them, Apidae was the most abundant (2,860 individuals) and the most diverse family (36 species), followed by Halictidae, with 308 individuals and 26 species. Comparisons with faunas of other communities revealed a lower diversity at our study site. Bees of the families Apidae and Halictidae remained active throughout the year, with a gradual reduction of activity in March and April, when the lowest index of rainfall and the highest temperature were recorded.
  • Diel density variation of amphipods associated with Sargassum beds from two shores of Ubatuba, Southeastern, Brazil

    Leite, Fosca P. P.; Tanaka, Marcel O.; Sudatti, Daniela B.; Gebara, Raquel S.

    Abstract in Portuguese:

    As densidades da epifauna móvel associada a macrófitas variam muito ao longo do dia, sendo a atividade de predadores visualmente orientados um dos principais fatores apontados para explicar este padrão. Neste estudo, comparamos as densidades de anfípodos associados a uma alga parda comum, Sargassum stenophyllum (Phaeophyceae), em praias contrastando em turbidez da água. Era esperada a ocorrência de variação ao longo do dia numa praia com águas claras (Perequê) e nenhuma variação na praia com águas turvas (Lamberto). A densidade de anfípodos variou ao longo do dia em ambas as praias, sem indicação de maior variação em Perequê. A maioria das espécies apresentou dois picos de densidade: um à noite e outro à tarde. Estes ocorreram próximos aos períodos de maré alta, sugerindo que o ritmo de maré poderia influenciar mais as densidades de anfípodos que a atividade de predadores. Assim, mais estudos são necessários para se compreender os fatores que influenciam a variação de curto prazo das comunidades epifaunais.

    Abstract in English:

    Densities of mobile epifaunal assemblages associated with macrophytes are very variable during the day and the activity of visually-oriented predators is thought to have an important influence on this pattern. Here we compared densities of amphipods associated with a common brown alga, Sargassum stenophyllum (Phaeophyceae), at sites contrasting in water turbidity. We expected that diel variation of amphipods would occur in a shore with clear waters (Perequê), whereas no variation was expected in a shore with turbid waters (Lamberto). Amphipod density varied during the day at both shores, with no indication of a larger variation at Perequê. Most species showed two density peaks, one at night and the other in the afternoon. These peaks occurred close the times of high tide, suggesting that tidal rhythms could influence more amphipod densities than the activity of predators. Thus, more studies are necessary to understand factors that influence short-term variation of epifaunal assemblages.
  • Breeding activity of Scinax centralis (Anura, Hylidae) in Central Brazil

    Alcantara, Mariana B.; Lima, Leôncio P.; Bastos, Rogério P.

    Abstract in Portuguese:

    Entre janeiro de 1997 e abril de 1998, estudou-se a atividade reprodutiva em uma população de Scinax centralis Pombal & Bastos, 1996 no estado de Goiás, no bioma Cerrado, Brasil. Analisou-se o comportamento de machos e fêmeas nos agregados reprodutivos, as relações entre variáveis ambientais e a presença de indivíduos, o padrão de distribuição espacial, amplexos e desovas. A estação reprodutiva ocorreu de novembro a maio. A maioria dos machos começou a vocalizar quando entrou nos agregados; defendendo seus sítios de canto contra outros machos. Nós encontramos uma correlação positiva entre o número de fêmeas e de machos presentes no coro, mas não entre a razão sexual operacional (RSO, número de fêmeas reprodutivas/número de machos reprodutivos). A RSO foi altamente desviada para os machos; em média, haviam 40 machos para cada fêmea. A presença de indivíduos foi correlacionada positivamente com a temperatura do ar dos dois dias anteriores e negativamente correlacionada com a chuva do dia da observação. Geralmente, a distribuição espacial dos machos era uniforme. Machos satellites foram observados. As fêmeas eram maiores e mais pesadas que os machos. O número de ovos, mas não o diâmetro, está correlacionado com o tamanho da fêmea.

    Abstract in English:

    From January, 1997 to April, 1998, we studied breeding activity in a population of Scinax centralis Pombal & Bastos, 1996, in the state of Goiás, inside the Cerrado Biome, Brazil. The behavior of males and females in the choruses, the relationships between environmental variables and the presence of individuals, the spatial distribution pattern, amplexus and clutches were analyzed. The breeding season occurred from November to May. The majority of males began to call when they entered the chorus; they were defending their calling sites against other males. We found a positive correlation between the number of females and males in the choruses, but no significant correlation was observed between the operational sexual ratio (OSR, number of reproducing females/number of reproducing males) and the number of calling males. OSR was highly male-biased; on average, there were 40 males for each female. The presence of individuals was positively correlated with air temperature of two previous days and negatively correlated with rainfall on the observation day. Generally, males were non-randomly distributed and satellite males were observed. Females were larger and heavier than males. Egg number, but not diameter of the egg, was correlated with the female size.
  • Histologia e caracterização histoquímica do tubo gastrintestinal de Pimelodus maculatus (Pimelodidae, Siluriformes) no reservatório de Funil, Rio de Janeiro, Brasil

    Santos, Clarice M.; Duarte, Silvana; Souza, Tatiana G. L.; Ribeiro, Thatiana P.; Sales, Armando; Araújo, Francisco G.

    Abstract in Portuguese:

    As estruturas teciduais do trato gastrintestinal de Pimelodus maculatus La Cepède, 1803, do reservatório de Funil (22º30'-22º35'S; 44º35'- 44º40'W) foram descritas através das técnicas de hematoxilina-eosina (HE), tricômico Gomori, ácido Periódico de Schiff (PAS) e alcian blue (AB) pH 2,5. Objetivou-se a detecção de glicoproteínas (GPs) na mucosa através de uma análise histoquímica e caracterização de possíveis alterações ao longo do trato digestório destes peixes neste sistema de elevado grau de alteração. Cinqüenta e quatro indivíduos adultos, coletados entre abril de 2003 e julho de 2004 (CT=19-38 cm) foram utilizados. Na cavidade bucofaríngea, a mucosa apresenta-se com pregas longitudinais e o epitélio é do tipo estratificado pavimentoso. O esôfago apresenta o mesmo tipo de epitélio da cavidade bucofaríngea, destacando-se a predominância de células mucosas que tiveram forte reação aos métodos utilizados. O estômago foi diferenciado em região cárdica, fúndica e pilórica. A mucosa é continuamente revestida por um epitélio simples cilíndrico que apresentou reação positiva ao AB e PAS somente na superfície apical das células; a lâmina própria possui glândulas tubulares que se ramificam gradativamente e consistem de um tipo celular denominado oxinticopépticas, relacionadas com a síntese de ácido clorídrico e pepsinogênio. O intestino apresenta vilosidades revestidas por um epitélio simples cilíndrico com planura estriada e células caliciformes. Na camada submucosa do duodeno foi observada a abertura do colédoco, sendo o epitélio do tipo simples cilíndrico sem células caliciformes, positivo tanto ao PAS quanto ao AB. O ambiente eutrófico do reservatório de Funil não parece influenciar os padrões morfológicos das estruturas (esôfago, estômago e intestino) e não foram observadas modificações nas atividades das células mucosas.

    Abstract in English:

    Histological structures of the digestive traits of Pimelodus maculatus La Cepède, 1803, in the Funil reservoir (22º30'- 22º35'S; 44º35'- 44º40'W) were described using haematoxilin-eosin (HE), trichome Gomori, periodic acid Schiff (PAS) and alcian blue (AB) pH 2.5 techniques. The main aim of this study was to detect the levels of glycoproteins (GPs) in the mucous tunic based in histochemical techniques and to characterize eventual alteration in the digestive tract of this species in a polluted system. Fifty-four adult individuals collected between April-2003 and July-2004 (TL=19-38 cm) were examined. The mucosa showed longitudinal folds in the buccopharyngeal cavity, with a stratified squamous epithelium. The oesophagus showed epithelium similar to buccopharyngeal cavity, with a predominance of mucous cells, which reacted strongly with the used methods. The stomach showed three regions: cardic, fundic and pyloric. The mucous tunic is continuously revested by a single cylindrical epithelium which showed positive reaction to AB and PAS only at the apical cells surface. The proper tunic has tubular glands that ramify gradatively, being a cellular type named oxyntopeptic, related to chloridric acid and pepsinogenic cells synthesis. The intestine showed vilosities, with the mucous tunic revested by a single cylindrical epithelium with striated planure and caliciform cells. The duodenum submucosa layer was located at the coledocum opening, as a single cylindrical epithelium lacking caliciforms cells, reacting positively with both PAS and AB. The eutrophic environment of Funil reservoir did not seem to influence morphologic patterns of the structures (oesophagus, stomach and intestine) and no modification was observed in the mucous cells activity.
  • Notas taxonômicas sobre os Brachiacanthini neotropicais (Coleoptera, Coccinellidae, Hyperaspinae)

    Milléo, Julianne; Almeida, Lúcia M. de

    Abstract in Portuguese:

    Brachiacantha Chevrolat in Dejean, 1837, Hinda Mulsant, 1850, Cyra Mulsant, 1850 e Tiphysa Mulsant, 1850 foram estudados e é fornecida uma chave para os gêneros. Cleothera loricata Mulsant, 1850 é designada espécie-tipo de Cyra. O lectótipo de Brachiacantha sellata é designado. Três novas combinações são feitas: Cyra loricata (Mulsant, 1850), Cyra scapulata (Mulsant, 1853) e Cyra turbata (Mulsant, 1850). Estão incluídas diagnoses e ilustrações dos caracteres.

    Abstract in English:

    Brachiacantha Chevrolat in Dejean, 1837, Hinda Mulsant, 1850, Cyra Mulsant, 1850 and Tiphysa Mulsant, 1850 were studied, and a key to genera is added. Cleothera loricata Mulsant, 1850 is designated type species of Cyra. The lectotype of Brachiacantha sellata is designated. Three new combinations are proposed: Cyra loricata (Mulsant, 1850), Cyra scapulata (Mulsant, 1853) and Cyra turbata (Mulsant, 1850). Diagnosis and illustrations of characters are provided.
  • Taxonomic redescription of the Portuguese man-of-war, Physalia physalis (Cnidaria, Hydrozoa, Siphonophorae, Cystonectae) from Brazil

    Bardi, Juliana; Marques, Antonio C.

    Abstract in Portuguese:

    Physalia physalis (Linnaeus, 1758) é amplamente conhecida em águas brasileiras, mas os espécimes dessa costa nunca foram formalmente descritos. Descrevem-se os espécimes brasileiros, adicionando-se informações sobre a morfologia, cnidoma, MEV e histologia. Questões taxonômicas que envolvem o desenvolvimento das colônias e a eventual sinonímia com Physalia utriculus (La Martinière, 1787) também são abordadas.

    Abstract in English:

    Although Physalia physalis (Linnaeus, 1758) is widely known from the Brazilian waters, specimens from this coast were never properly described. We describe Brazilian specimens of P. physalis including information on morphology, cnidome, SEM, and histological studies. Taxonomical issues concerning the development of the colonies and eventual synonymy with Physalia utriculus (La Martinière, 1787) are also added.
  • Dinâmica espacial e temporal de zoeas de Brachyura (Crustacea, Decapoda) no estuário do Rio Jaguaribe, Itamaracá, Pernambuco, Brasil

    Silva-Falcão, Elisabeth C.; Severi, William; Rocha, Aline A. F. da

    Abstract in Portuguese:

    Um estudo da distribuição fotoperiódica e sazonal das zoeas de Brachyura foi realizado no estuário do Rio Jaguaribe, Pernambuco, Brasil. Amostras de plâncton foram obtidas bimestralmente, durante o ano de 2001, em diferentes marés e nos períodos noturno e diurno em duas estações de coleta. Foram identificados 14 táxons, onde a família Ocypodidae, representada pelas larvas de Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) e Uca spp., foi a mais abundante, seguida de Xanthidae e Grapsidae. Na estação próxima à foz, os táxons estiveram bem distribuídos, além de ter apresentado um maior número de famílias identificadas. As larvas de Ocypodidae, Grapsidae e Morfotipo B indicaram um movimento de dispersão para áreas costeiras, enquanto que os Pinnotheridae indicaram uma provável retenção nas águas do estuário. A elevada ocorrência de zoeas no primeiro estágio larval reforça o importante papel dos estuários como berçários para diversas espécies de crustáceos.

    Abstract in English:

    A survey regarding the diel and seasonal distribution of brachyuran zoea was accomplished in the Jaguaribe estuary, state of Pernambuco, Brazil. Plankton samples were obtained bimonthly, throughout the year of 2001, in different tides and during day and night periods, at two sampling stations. Fourteen taxa were identified, among which Ocypodidae, represented by Ucides cordatus (Linnaeus, 1763) and Uca spp. zoea, was the most abundant one, followed by Xanthidae and Grapsidae. In the station close to the estuary opening, the taxa were well distributed, besides presenting a larger number of identified families. Ocypodidae, Grapsidae and Morphotype B zoea indicated a dispersion movement into coastal areas, while Pinnotheridae indicated a probable retention within the estuarine waters. The high occurrence of zoea in the first larval stages reinforces the important role of estuaries as nursery grounds for several crustacean species.
  • Fauna de Hymenoptera em Ficus spp. (Moraceae) na Amazônia Central, Brasil

    Nazareno, Alison G.; Silva, Ranyse B. Querino da; Pereira, Rodrigo A. S.

    Abstract in Portuguese:

    A interação Ficus (Moraceae) - vespas de figo é considerada um dos exemplos mais extremos de mutualismo entre planta e inseto. Neste trabalho, descreve-se a fauna de vespas de figo associada a cinco espécies de Ficus na Amazônia Central, considerando alguns aspectos do modo de polinização nas espécies Ficus (Urostigma) cremersii, Ficus (Urostigma) greiffiana, Ficus (Urostigma) mathewsii, Ficus (Urostigma) pertusa e Ficus (Pharmacosycea) maxima. O estudo foi desenvolvido durante o período de abril a julho de 2004 em Manaus e Presidente Figueiredo, Estado do Amazonas. O número de espécies de vespas de figo por hospedeiro variou de uma a 13. Vespas do gênero Pegoscapus Cameron, 1906, polinizadoras de Ficus (Urostigma) spp., apresentam pentes coxais e bolsos torácicos adaptados à coleta e ao transporte de pólen, indicando modo ativo de polinização. No subgênero Pharmacosycea, a polinizadora do gênero Tetrapus Mayr, 1885, não apresenta estrutura morfológica adaptada ao transporte de pólen, condizente com o modo passivo de polinização. Além das vespas de figo, F. (Pharmacosyceae) maxima e F. (Urostigma) pertusa apresentaram associação com ácaros, formigas (Solenopsis sp., Formicidae), besouros (Staphylinidae) e larvas de Diptera e Lepidoptera.

    Abstract in English:

    The interaction between Ficus (Moraceae) and fig wasps is considered one of the most extreme examples of plant-insect mutualism. In the present study, we reported the fig wasp fauna associated with five Ficus species in the Central Amazon, Brazil, and considered some aspects of the pollination mode found in Ficus (Urostigma) cremersii, Ficus (Urostigma) greiffiana, Ficus (Urostigma) mathewsii, Ficus (Urostigma) pertusa e Ficus (Pharmacosycea) maxima. The study was carried out from April to July 2004, in the cities of Manaus and Presidente Figueiredo (state of Amazonas, Brazil). The number of fig wasp species per host tree varied from one to 13. Wasps of the genus Pegoscapus Cameron, 1906, pollinators of Ficus (Urostigma) spp., showed an active pollination mode. Indeed, these species have coxal combs and pollen pockets to collect and transport pollen. Tetrapus Mayr, 1885 species, pollinators of Ficus (Pharmacosycea) spp., demonstrated a passive pollination mode and they do not show morphological traits adapted to collect and transfer pollen grains. Besides fig wasps, F. (Pharmacosycea) maxima and F. (Urostigma) pertusa are associated with mites, ants (Solenopsis sp., Formicidae), beetles (Staphylinidae) and larvae of Diptera and Lepidoptera.
  • Distribuição espacial e plano de amostragem de Calacarus heveae (Acari) em seringueira

    Ferla, Noeli Juarez; Moraes, Gilberto José de; Bonato, Olivier

    Abstract in Portuguese:

    Calacarus heveae Feres, 1992 é um eriofídeo descrito de espécimes coletados em plantas de seringueira (Hevea brasiliensis, Euphorbiaceae) na região noroeste do Estado de São Paulo. Esse ácaro prefere a face adaxial dos folíolos e pode causar a perda do brilho, amarelecimento, bronzeamento dessa região e a subseqüente queda prematura das folhas. O objetivo deste trabalho foi analisar a distribuição de C. heveae em seringueira, selecionar a unidade de amostragem mais representativa e desenvolver um plano de amostragem para o estudo de sua flutuação populacional. O trabalho foi conduzido com os clones PB 260 e IAN 873, respectivamente nos municípios de Itiquira e de Pontes e Lacerda, ambos no Mato Grosso. Em Itiquira, diferenças significativas foram observadas em quatro ocasiões em relação ao número médio de ácaros por folha nos diferentes estratos das plantas. Nas amostragens realizadas em Pontes e Lacerda, nenhuma diferença significativa foi encontrada entre os estratos em relação àquele parâmetro. Apenas em Itiquira, em uma ocasião de amostragem, foi verificada diferença entre os três estratos, em relação à proporção de folhas infestadas. Nenhuma diferença significativa foi verificada em relação ao número médio de ácaros por folha e proporção de folhas infestadas por C. heveae a diferentes distâncias da periferia da copa. Calacarus heveae exibe distribuição agregada no campo. Para estimar a densidade de C. heveae, um plano numérico e um plano binomial de amostragem foram desenvolvidos.

    Abstract in English:

    Calacarus heveae Feres, 1992 (Eriophyidae) is a mite described from specimens collected on rubber tree (Hevea brasiliensis, Euphorbiaceae) in the northwest region of the state of São Paulo. This mite prefers the adaxial face of the folioles which it can turn dry, yellowish and brownish; it can also cause leaf fall. The aim of this work was to analyze the distribution of C. heveae on rubber trees, to select the most representative sampling unit and to develop a sampling plan to determine the populational fluctuation. This study was conducted with clones PB 260 and IAN 873, in Itiquira and Pontes e Lacerda, respectively, both in the state of Mato Grosso. In Itiquira, significant differences were observed in four occasions in relation to the average number of mites per leaf in the different plant strata. In the samplings carried out in Pontes e Lacerda, no significant differences were observed between strata in relation to that parameter. Only in Itiquira, in one occasion, a significant difference between strata was verified in relation to the proportion of infested leaves. No significant differences were verified in relation to the average number of mites per leaf and proportion of leaves infested by C. heveae at different depths in the canopy. Calacarus heveae exhibits aggregated distribution in the field. To estimate the density of C. heveae, numeric and sampling plans were developed.
  • Diversidade de Syrphidae (Diptera) em cinco áreas com situações florísticas distintas no Parque Estadual Vila Velha em Ponta Grossa, Paraná

    Jorge, Céuli M.; Marinoni, Luciane; Marinoni, Renato C.

    Abstract in Portuguese:

    Um inventariamento dos sifídeos foi realizado em cinco áreas com situações florísticas diferentes dentro do Parque Estadual Vila Velha, Ponta Grossa, Paraná, sul do Brasil. As áreas foram classificadas como Borda, Araucária, estágio inicial de sucessão (Fase 1), estágio intermediário de sucessão (Fase 2) e estágio avançado de sucessão (Fase 3). As coletas foram semanais durante o período de Setembro/1999 a Agosto/2000 utilizando-se armadilha Malaise. Aproximadamente 300.000 dípteros foram capturados nas áreas (apresentadas em ordem de abundância): Araucária (n=74.331 indivíduos, 25% do total), Fase 1 (73.782; 25%), Fase 3 (59.339; 20%), Fase 2 (53.623; 18%) e borda (38.796; 13%). Um total de 1.345 indivíduos de Syrphidae, de 97 espécies, foram identificados. As maiores abundância e riqueza de espécies foram encontradas na Borda (n=684 espécimes em 54 espécies), seguida pela Fase 1 (250; 51), Araucária (162; 34), Fase 3 (146; 31) e Fase 2 (103; 27). A abundância de Syrphidae não se correlacionou à de Diptera em nenhuma área. Syrphidae foi mais abundante na Borda e Diptera na área de Araucária. Syrphinae (82% de todos os sirfídeos coletados), Microdontinae e Eristalinae foram registrados nas cinco áreas. Dos três estágios de sucessão vegetal, a subfamília Syrphinae foi mais representativa na Fase 1, ocorrendo de forma similar nas outras duas áreas. As maiores abundância e riqueza de espécies ocorreram nas áreas mais perturbadas antropicamente (Borda e Fase 1), enquanto que as menos perturbadas apresentaram menores abundância e riqueza (Fase 2 e Fase 3). A análise de agrupamento mostrou que as áreas em sucessão vegetal avançadas são mais similares e a de borda a mais diferenciada.

    Abstract in English:

    The syrphids were surveyed in five floristically different areas within Vila Velha State Park in east central Paraná, Ponta Grossa, southern Brazil. Areas were classified as edge, araucaria, early (phase 1), middle (phase 2) and late (phase 3) vegetational succession, in which Malaise traps were used, with weekly collections (from September/1999 to August/2000). Nearly 300,000 Diptera were collected, in order of abundance in Araucaria area (n=74,331 individuals, 25% of the total), early (73,782; 25%), late (59,339; 20%), middle (53,623; 18%) and edge (38,796; 13%). A total of 1,345 syrphids, including 97 species, were identified. The greatest abundance and richness were both observed in the edge (n=684 specimens in 54 species), followed by early (n=250; 51), Araucaria (n=162; 34), late (n=146; 31) and middle succession area (n=103; 27). Syrphidae abundance was uncorrelated with Diptera abundance in the five areas. Syrphidae was greatest in the edge, while greatest abundance of Diptera was in the Araucaria and the least was in the edge area. Syrphinae (82% of all Syrphidae collected), Microdontinae and Eristalinae were collected in the five areas. In the three successional stages areas (early, middle and late), Syrphinae was greatest in early, and more or less equally low in middle and late. The greatest abundance and richness occurred in most anthropogenically disturbed areas (edge and early), while the least occurred in the best preserved areas (middle and late succession). Cluster analysis showed that the two later successional stages were most similar, and the edge was the least similar to all the other areas.
  • Stridulatory file and calling song of two populations of the tropical bush cricket Eneoptera surinamensis (Orthoptera, Gryllidae, Eneopterinae)

    Miyoshi, Akio R.; Zefa, Edison; Martins, Luciano de P.; Dias, Pedro G. B. S.; Drehmer, César J.; Dornelles, José E. F.

    Abstract in Portuguese:

    Este estudo caracteriza a ultramorfologia da nervura estridulatória e o som de chamado de duas populações de Eneoptera surinamensis (De Geer, 1773) de Foz do Iguaçu, Paraná e Rio Claro, São Paulo, distantes cerca de mil quilômetros. Os dentes que compõem a nervura estridulatória têm forma de concha, os maiores presentes na região mediana da fileira, reduzindo gradualmente de tamanho em direção às extremidades. Os espécimes de Foz do Iguaçu têm a nervura estridulatória com 1,89 mm ± 0,15 de comprimento, 82 ±9,8 dentes, sendo 43,76 ± 5,94 (n=15) por milímetro, enquanto os de Rio Claro 1,96 ± 0,19 mm de comprimento, 87 ± 9,81 dentes e 44,52 ± 4,61 dentes por mm (n=15). As diferenças observadas entre as populações não são estatisticamente significantes. O som de chamado é composto por um trill contínuo que alterna dois conjuntos de notas, com padrões temporais distintos.

    Abstract in English:

    This study characterizes the calling song and ultramorphology of the stridulatory file of two geographically isolated populations of the tropical bush cricket Eneoptera surinamensis (De Geer, 1773) from city of Foz do Iguaçu, state of Paraná, and town of Rio Claro, state of São Paulo, Brazil, distant 1,000 Km from each other. The teeth are shell-shaped, the larger ones are distributed in the medium region of the file, decreasing gradually in size towards the edges. Specimens from Foz do Iguaçu have a file with 82 ± 9.8 teeth, length=1.89 mm ± 0.15 with 43.76 ± 5.94 teeth per mm (n=15). Specimens from Rio Claro present a file with 87 ± 9.81, length=1.96 ± 0.19 mm with 44.52 ± 4.61 teeth per mm (n=15). Statistical differences found between the two populations are not significant. The calling song is an uninterrupted trill that alternates two sets of notes distinct for its temporal features.
  • Diversidad de ácaros (Acari: Prostigmata, Mesotigmata, Astigmata) asociados a la hojarasca de formaciones vegetales del Parque Universitario de la UCLA, Venezuela

    Vásquez, Carlos; Sánchez, Carlos; Valera, Neicy

    Abstract in Spanish:

    Se estudió la diversidad de los ácaros (Prostigmata, Mesostigmata y Astigmata) habitantes del estrato suelo-hojarasca de un Matorral y un Bosque Deciduo del Parque Universitario de la UCLA (Universidad Centroccidental Lisandro Alvarado), Estado Lara, Venezuela, desde diciembre 2000 a noviembre 2001. El muestreo se realizó usando trampas de caída colocadas a lo largo de una transecta de 1.800 m en ambas localidades. Todos los morfotipos fueron montados en láminas microscópicas usando líquido de Hoyer. Se registró un total de 51 morfotipos de ácaros con predominancia del número de individuos pertenecientes a Prostigmata (2528) respecto a Mesostigmata (926) y Astigmata (12). En ambas localidades, Eupodidae (Prostigmata) y Macrochelidae (Mesotigmata) fueron las familias más abundantes. Se determinó mayor riqueza (S= 43), diversidad (H'= 2,67) y uniformidad (E= 0,69) de morfotipos en el Bosque Deciduo al ser comparado con los valores obtenidos en el Matorral (S= 36, H'= 2,12 y E= 0,52). Ambas zonas mostraron un índice de similitud (J') de 0,59. La pendiente de la curva de diversidad-dominancia permitió inferir que el Matorral constituye un hábitat más disturbado que el Bosque Deciduo a pesar de albergar mayor número de individuos. Se requiere realizar estudios más detallados que sirvan de base para determinar el rol de la acarofauna en el equilibrio de la red trófica de suelo de las regiones tropicales.

    Abstract in English:

    Soil mite diversity (Prostigmata, Mesostigmata, Astigmata) inhabiting in litter-soil layer from a Shrubland and a Deciduous Forest was estimated from December 2000 to November 2001 in the University Park of UCLA (Universidad Centroccidental Lisandro Alvarado), state of Lara, Venezuela. Samplings were made by using pitfall traps along an 1,800 m-transect in both areas. All morfotypes were mounted in microscope slides using Hoyer's medium. A total of 51 mite morfotypes were collected with higher abundance in Prostigmata (2,528) as compared to Mesostigmata (926) and Astigmata (12). Eupodidae (Prostigmata) and Macrochelidae (Mesotigmata) showed higher abundance in both locations. Higher morfotype richness (S= 43), diversity (H'= 2.67) and evenness (E= 0.69) were found in Deciduous Forest compared to values from Shrubland (S= 36, H'= 2.12 and E= 0.52). Both areas showed a similarity index (J') of 0.59. Although more individuals were found in Shrubland, the diversity-dominance curves indicated that this is a more disturbed habitat than Deciduous Forest. Further detailed studies are required to determine acarofauna role in trophic web maintenance in soils from tropical areas.
  • Descrição de uma espécie nova de Pimelodus (Siluriformes, Pimelodidae) da bacia do alto rio Paraguai

    Souza-Filho, Hugo S. de; Shibatta, Oscar A.

    Abstract in Portuguese:

    Uma espécie nova, correntemente identificada como P. maculatus La Cepède, 1803, é descrita. Ela difere das demais espécies do gênero, exceto de P. maculatus e P. mysteriosus Azpelicueta, 1998, pelo padrão de colorido com máculas escuras sobre os flancos. A nova espécie é morfometricamente similar a P. argenteus Perugia, 1891 e P. mysteriosus, mas difere destas, respectivamente, pelo padrão de colorido maculado e pelo menor comprimento do barbilhão maxilar. Difere de P. maculatus por apresentar o processo supra-occipital mais robusto, com a base quase tão larga quanto o comprimento (versus mais comprido do que largo); narinas anteriores a 25% da margem anterior do focinho, na distância entre o início do focinho até as narinas posteriores (versus 33% dessa distância); serrilhas do acúleo peitoral mais desenvolvidas e presentes em mais da metade da margem anterior do acúleo (versus serrilhas leves e presentes em menos da metade desta margem); pele que recobre a cabeça muito fina, tornando conspícuas as estrias da superfície dos ossos; 22-27 (moda=24) rastros no primeiro arco branquial [versus 19-24 (moda=21)]. Também foi discriminado de P. maculatus na análise morfométrica multivariada das variáveis canônicas livres do tamanho, por apresentar maiores valores da distância interorbital, largura da boca e comprimento do barbilhão maxilar e menor comprimento da base da nadadeira adiposa.

    Abstract in English:

    A new species, formerly identified as P. maculatus La Cepède, 1803, is described. It differs from its congeners, except P. maculatus and P. mysteriosus Azpelicueta, 1998 by the color pattern with dark brown blotches in the flanks. The new species is morphometricaly similar to P. argenteus Perugia, 1891 and P. mysteriosus, differing, respectively, by the blotched color pattern and by the smaller maxillary barbel. The described new species differs from P. maculatus for presenting the supraoccipital process more robust, with base as broad as long (versus longer than broad); anterior nostrils 25% of distance between the margin of snout to posterior nostrils (versus 33% of this distance); small saws in the pectoral spine more developed and present in more than half of the anterior margin of spine (versus small saws present in less than half of that margin); very thin skin covering the head, allowing the grooves in the bones surfaces conspicuous; 22-27 (mode=24) gill rakers in the first branchial arch [versus 19-24 (mode=21)]. This new species was also discriminated from P. maculatus in the size free canonical variates analysis by presenting larger values of interorbital distance, mouth width and maxillar barbel length and smaller base length of adipose-fin.
  • Population fluctuations of calliphorid species (Diptera, Calliphoridae) in the Biological Reserve of Tinguá, state of Rio de Janeiro, Brazil

    Mello, Renata da Silva; Queiroz, Margareth M. C.; Aguiar-Coelho, Valéria M.

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho objetivou determinar a flutuação populacional de califorídeos da Reserva Biológica do Tinguá (ReBio-Tinguá), Nova Iguaçu, RJ e correlacionar sua ocorrência com as variáveis ambientais de temperatura, precipitação e umidade relativa do ar. Os dípteros foram coletados mensalmente entre junho de 2002 e janeiro de 2005 utilizando quatro armadilhas instaladas em quatro pontos de uma trilha e expostas por 48 horas. Como atrativo utilizou-se sardinha e os insetos capturados foram conservados em álcool 70%. Foram coletados 8.528 califorídeos; entre estes, foram identificados treze espécies incluindo Laneela nigripes Guimarães 1977, Chrysomya megacephala (Fabricius, 1794), C. albiceps (Wiedemann, 1819), C. putoria (Wiedemann, 1830), Chloroprocta idioidea (Robineau-Devoidy, 1830), Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775), Hemilucilia semidiaphana (Rondani, 1850), H. segmentaria (Fabricius, 1805), Lucilia eximia (Wiedemann,1819), L. cuprina (Wiedemann, 1830), Paralucilia pseudolyrcea (Mello, 1969), Mesembrinella sp. and Eumesembrinella pauciseta (Aldrich, 1922). Não foi encontrada correlação significativa entre a abundância dos califorídeos e a temperatura e umidade relativa do ar. Somente C. megacephala e C. albiceps apresentaram correlação positiva e significativa com a precipitação. A análise de agrupamento dos meses (UPGMA) mostrou que não houve diferença na composição da comunidade em relação à sazonalidade, indicando que a comunidade de califorídeos é provavelmente mais influenciada pelos nichos ecológicos ocupados por cada uma das espécies do que pelas estações do ano.

    Abstract in English:

    The purpose of this work was to determine the diversity and population fluctuations of calliphorid flies in the Biological Reserve of Tinguá (ReBio-Tinguá), Nova Iguaçu, state of Rio de Janeiro, Brazil and to correlate their occurrence with the environmental variables of temperature, rainfall and relative air humidity. Specimens of Diptera were collected monthly between June 2002 and January 2005 using four traps placed at four points along a trail and exposed for 48 hours. The traps were baited with sardines and the trapped insects were stored in 70% alcohol. It was collected 8,528 calliphorids, thirteen species were identified among the blowflies including Laneela nigripes Guimarães 1977, Chrysomya megacephala (Fabricius, 1794), C. albiceps (Wiedemann, 1819), C. putoria (Wiedemann, 1830), Chloroprocta idioidea (Robineau-Devoidy, 1830), Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775), Hemilucilia semidiaphana (Rondani, 1850), H. segmentaria (Fabricius, 1805), Lucilia eximia (Wiedemann,1819), L. cuprina (Wiedemann, 1830), Paralucilia pseudolyrcea (Mello, 1969), Mesembrinella sp. and Eumesembrinella pauciseta (Aldrich, 1922). No significant correlation was found between the abundance of blowflies and the temperature and relative air humidity. Only C. megacephala and C. albiceps showed a positive and significant correlation with rainfall. An analysis of grouping by month (UPGMA) revealed no seasonal difference in the composition of the community, indicating that the community of calliphorid flies is probably more influenced by the ecological niches occupied by each species than by the seasons of the year.
  • Diet of the ichthyofauna associated with marginal vegetation of a mangrove forest in southeastern Brazil

    Corrêa, Michéle de O. D. A.; Uieda, Virgínia S.

    Abstract in Portuguese:

    O presente trabalho objetivou analisar a dieta das espécies de peixes que utilizam a vegetação do mangue do Rio da Fazenda como local de abrigo e alimentação em um rio do sudeste do Brasil. O trabalho de campo, incluindo coleta e observação subaquática das espécies, foi realizado na estação seca (julho e agosto de 2004) e na chuvosa (fevereiro e março de 2005) com o objetivo de verificar a existência de variação sazonal na dieta. Sete tipos de itens alimentares foram consumidos pelas espécies, dois de origem vegetal e cinco de origem animal. Os crustáceos predominaram na dieta da maioria das espécies, seja na forma de fragmentos não identificados ou discriminados em oito grupos. O predomínio de espécies utilizando essencialmente uma única fonte alimentar (crustáceos, principalmente Ostracoda e Tanaidacea) e a existência de variação sazonal na dieta de algumas espécies ficaram bem evidentes na análise de amplitude do nicho alimentar, com um predomínio de espécies especialistas. No mangue do Rio da Fazenda, a vegetação marginal submersa foi utilizada pela ictiofauna como local de forrageamento e, principalmente, como cobertura para espécies que buscavam alimento no substrato do fundo. Estas espécies podem estar utilizando a vegetação como proteção contra predadores aéreos e aquáticos, ou mesmo contra o arraste no período de mudança das marés. Na área de estudo, a grande diversidade de crustáceos constituiu uma importante fonte de alimento para a maioria das espécies, as quais ajustaram sua dieta em função de variações sazonais na oferta e em função das interações com outras espécies.

    Abstract in English:

    The objective of this study was to analyze the diet of fish species that use the mangrove vegetation for shelter and feeding in a river southeastern Brazil. The fieldwork, including collecting and underwater observations, was carried out in the dry (July and August 2004) and in the rainy season (February and March 2005) in order to assess the existence of seasonal variation in the diets. Seven kinds of food items were consumed, two of plant origin and five of animal origin. Crustaceans predominated in the diet of most species, either in the form of unidentified fragments or discriminated in eight groups. The predominance of species using mainly a single food source (crustaceans, principally Ostracoda and Tanaidacea) and the existence of seasonal variation in the diets of some species became very evident in the analysis food niche breadth, with a predominance of dietary specialists. In the Rio da Fazenda mangrove, the submersed marginal vegetation was used by the ichthyofauna as a locale for foraging, and principally as cover by bottom-feeding species. These species may be using the vegetation for protection from aerial and aquatic predators, or even from the pull of the current during the turn of the tide. In the study area, the great diversity of crustaceans constitutes an important food source for most fish species which adjusted their diet according to seasonal changes in food availability and to interactions with other species.
  • Biologia reprodutiva de Hexanematichthys proops (Siluriformes, Ariidae) no litoral ocidental maranhense

    Cantanhêde, Geuza; Castro, Antonio C. L. de; Gubiani, Éder A.

    Abstract in Portuguese:

    Objetivou-se investigar a influência dos índices gonadais e nutricionais sobre a biologia reprodutiva de Hexanematichthys proops (Valenciennes, 1840) (Siluriformes, Ariidae) na costa ocidental do Maranhão entre julho de 2001 e julho de 2002. Houve uma significante dominância de fêmeas quando considerado o período total amostrado. A relação peso/comprimento apresentou uma significante diferença entre os sexos em relação ao coeficiente de alometria, embora ambos tenham apresentado crescimento alométrico positivo. Análises da curva de maturação baseadas na variação mensal dos índices gonadossomático e hepatossomático sugerem que o período reprodutivo ocorre entre outubro e maio. A variação mensal do fator de condição revelou que as fêmeas apresentaram condições gerais inferiores aos machos durante todo o período amostral. Foi observado que a diminuição do peso do fígado ocorre durante a maturação gonadal e processos reprodutivos. Análises do índice de repleção médio mostraram que os peixes exibem melhores condições alimentares antes e depois do período reprodutivo.

    Abstract in English:

    The aim of this study was to investigate the influence of gonadal and nutritional indexes on the reproductive biology of Hexanematichthys proops (Valenciennes, 1840) (Siluriformes, Ariidae) in the western coast of Maranhão, between July 2001 and July 2002. A significant female dominance was observed during the study period. The weight/length relationship showed a significant difference between sexes in relation to the alometric coefficient, although both sexes showed positive alometric growth. Analysis of the maturation curve based on the monthly variation of the gonadosomatic and hepatosomatic index suggests that the reproductive period occurs between October and May. The month variation of the condition factor reveals that females presented general conditions poorer than males during all the study period. It was observed that the loss of liver weight occurs during gonadal maturation and reproductive processes. Analysis of the mean repletion index showed that the fishes exhibited better feeding conditions before and after the reproductive season.
  • Gonad development in females of fiddler crab Uca rapax (Crustacea, Brachyura, Ocypodidae) using macro and microscopic techniques

    Castiglioni, Daniela da Silva; Negreiros-Fransozo, Maria Lucia; Greco, Laura S. López; Silveira, Aron F.; Silveira, Sérgio O.

    Abstract in Portuguese:

    A morfologia dos ovários de Uca rapax foi descrita baseada nas análises macroscópica e microscópica. As fêmeas foram coletadas no manguezal de Itamambuca, Ubatuba, Estado de São Paulo, Brasil. No laboratório, os ovários de 18 fêmeas foram retirados e preparados para histologia. Os estágios gonadais foram caracterizados previamente por meio de análises da morfologia externa e macroscopia e posteriormente cada estágio foi descrito microscopicamente. Os ovários das fêmeas de U. rapax apresentaram uma diferenciação macroscópica pronunciada no tamanho e coloração durante o processo de maturação, sendo caracterizados seis estágios de desenvolvimento ovariano: imaturo, rudimentar, em desenvolvimento, desenvolvido, avançado e esgotado. Microscopicamente, estes estágios diferiram quanto ao tamanho, cor e proporção de oogônias e oócitos presentes. Na análise histológica, oogônias, oócitos primários e secundários e células foliculares foram descritos e mensurados. As modificações observadas nos oócitos durante o processo de maturação dos ovários das fêmeas de U. rapax são similares às descrições de gônadas de outras fêmeas de braquiúros. As semelhanças foram especialmente observadas nas mudanças morfológicas das células reprodutivas e, também no arranjo das células foliculares durante o processo de maturação ovariana. Quando as características morfológicas externas das gônadas foram comparadas com as descrições histológicas, foi possível observar modificações que caracterizam o processo em diferentes estágios de desenvolvimento do ciclo ovariano e conseqüentemente, a classificação macroscópica das gônadas coincide com as modificações nas células reprodutivas.

    Abstract in English:

    The morphology of the ovaries in Uca rapax (Smith, 1870) was described based on macroscopic and microscopic analysis. Females were collected in Itamambuca mangrove, Ubatuba, state of São Paulo, Brazil. In the laboratory, 18 females had their ovaries removed and prepared for histology. Each gonad developmental stage was previously determined based on external and macroscopic morphology and afterwards each stage was microscopically described. The ovaries of U. rapax showed a pronounced macroscopic differentiation in size and coloration with the maturation of the gonad, with six ovarian developmental stages: immature, rudimentary, developing, developed, advanced and spent. During the vitellogenesis, the amount of oocytes in secondary stage increases in the ovary, resulting in a change in coloration of the gonad. Oogonias, primary oocytes, secondary oocytes and follicular cells were histologically described and measured. In female’s ovaries of U. rapax the modifications observed in the oocytes during the process of gonad maturation are similar to descriptions of gonads of other females of brachyuran crustaceans. The similarities are specially found in the morphological changes in the reproductive cells, and also in the presence and arrange of follicle cells during the process of ovary maturation. When external morphological characteristics of the gonads were compared to histological descriptions, it was possible to observe modifications that characterize the process in different developmental stages throughout the ovarian cycle and, consequently, the macroscopic classification of gonad stages agree with the modifications of the reproductive cells.
Museu de Ciências Naturais Museu de Ciências Naturais, Secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Rua Dr. Salvador França, 1427, Jardim Botânico, 90690-000 - Porto Alegre - RS - Brasil, Tel.: + 55 51- 3320-2039 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: iheringia-zoo@fzb.rs.gov.br