Iheringia. Série Zoologia, Volume: 98, Número: 3, Publicado: 2008
  • Abelhas Euglossina (Hymenoptera, Apidae) coletadas em uma monocultura de eucalipto circundada por Cerrado em Urbano Santos, Maranhão, Brasil

    Mendes, Fernanda N.; Rêgo, Márcia M. C.; Carvalho, Cristiane C. de

    Resumo em Português:

    Machos de Euglossina foram coletados por meio de iscas-odores de benzoato de benzila, eucaliptol, eugenol, salicilato de metila e vanilina em uma monocultura de eucalipto circundada por cerrado, no município de Urbanos Santos, Maranhão. As coletas foram realizadas mensalmente, de abril de 2001 a abril de 2002, entre 8h e 16h, totalizando 96 horas de amostragem. Foram coletados 58 indivíduos de 3 gêneros e 10 espécies. Euglossa Latreille, 1802 foi o gênero mais abundante, seguido por Eufriesea Cockerell, 1909 e Eulaema Lepeletier, 1841. As espécies mais freqüentes foram Euglossa cordata (Linnaeus, 1758), Euglossa gaianii Dressler, 1982 e Euglossa modestior (Dressler, 1982). Eucaliptol foi a essência mais atrativa. As maiores freqüências de visitas ocorreram no período da manhã e as maiores abundâncias em setembro, no período de estiagem, e em dezembro, no período chuvoso.

    Resumo em Inglês:

    Males of Euglossina bees were collected in benzil benzoate, eucaliptol, eugenol, methyl salicylate and vanillin scent baits in an eucalyptus monoculture surrounded by cerrado, located in the municipality of Urbano Santos, Maranhão. The collections were carried out monthly, from April 2001 to April 2002, between 8 a.m. and 4 p.m., totaling 96 hours of sampling, resulting in 58 individuals of 3 genera and 10 species. Euglossa Latreille, 1802 was the most abundant genus, followed by Eufriesea Cockerell, 1909 and Eulaema Lepeletier, 1841. The most frequent species were Euglossa cordata (Linnaeus, 1758), Euglossa gaianii Dressler, 1982 and Euglossa modestior (Dressler, 1982). Eucaliptol was the most attractive chemical bait. The highest frequencies of visits were in the morning and the highest abundance in September, in the drought period, and December, in the rainy period.
  • Revisão de Pseudoparlatoria (Hemiptera, Diaspididae)

    Wolff, Vera Regina dos S.

    Resumo em Português:

    Revisou-se a taxonomia das espécies incluídas em Pseudoparlatoria Cockerell, 1892, através do exame das séries tipo, exemplares obtidos nas localidades-tipo e material disponível em coleções científicas. Foram redescritas: P. argentata Hempel, 1912; P. browni McKenzie, 1963; P. campinensis Lepage & Giannotti, 1946; P. carolilehmanni Balachowsky, 1959; P. caucae Balachowsky, 1959; P. circularis Lepage, 1942; P. constricta Fonseca, 1975; P. elongata Ferris, 1941; P. fuscaFerris, 1941; P. fusiformisFonseca, 1969; P. lentigo Ferris, 1942; P. maculata Ferris, 1942; P. noacki Cockerell, 1898; P. occultata (Hempel, 1937); P. ostreataCockerell, 1892; P. parlatorioides(Comstock, 1883); P. perparvula Ferris, 1942; P. pisai (Hempel, 1904); P. punctata Ferris, 1942; P. rossetae Fonseca, 1969; P. serrulata Townsend & Cockerell, 1898; P. subcircularis Balachowsky, 1959; P. tillandsiae Tippins, 1970; P. trimaculata Lepage & Giannotti, 1946; P. turgida Ferris, 1941. Duas novas combinações são estabelecidas, P. mammata(Ferris, 1941); P. sculpta (Ferris, 1941). Uma chave para identificação das espécies é apresentada.

    Resumo em Inglês:

    The armored scale insects of genus Pseudoparlatoria Cockerell, 1892 were revised through the exam of the type series, species obtained in the type-localities and available material in scientific collections. Pseudoparlatoria argentata Hempel, 1912; P. browni McKenzie, 1963; P. campinensis Lepage & Giannotti, 1946; P. carolilehmanni Balachowsky, 1959; P. caucae Balachowsky, 1959; P. circularis Lepage, 1942; P. constricta Fonseca, 1975; P. elongata Ferris, 1941; P. fuscaFerris, 1941; P. fusiformisFonseca, 1969; P. lentigo Ferris, 1942; P. maculata Ferris, 1942; P. noacki Cockerell, 1898; P. occultata (Hempel, 1937); P. ostreata Cockerell, 1892; P. parlatorioides(Comstock, 1883); P. perparvula Ferris, 1942; P. pisai (Hempel, 1904); P. punctata Ferris, 1942; P. rossetae Fonseca, 1969; P. serrulata Townsend & Cockerell, 1898; P. subcircularis Balachowsky, 1959; P. tillandsiaeTippins, 1970; P. trimaculata Lepage & Giannotti, 1946; P. turgida Ferris, 1941 were redescribed. Pseudoparlatoria mammata(Ferris, 1941) and P. sculpta (Ferris, 1941) are new combinations. An identification key to species is provided.
  • Culicoides huaynacapaci, a new species from the Department of Cajamarca, Peru (Diptera, Ceratopogonidae)

    Felippe-Bauer, Maria L.; Cáceres, Abraham G.; Silva, Cristiane S.; Valderrama-Bazan, William; Gonzales-Perez, Antero; Costa, Janira M.

    Resumo em Português:

    Uma nova espécie de Culicoides do subgênero Mataemyia Vargas, Culicoides huaynacapaci Felippe-Bauer, é descrita e ilustrada baseada em exemplares fêmeas e machos coletados picando humanos no Estado de Cajamarca, na Amazônia Peruana. A nova espécie é comparada com a espécie afim, C. albuquerquei Wirth & Blanton.

    Resumo em Inglês:

    A new species of Culicoides of the subgenus Mataemyia Vargas, Culicoides huaynacapaci Felippe-Bauer, is described and illustrated based on female and male specimens collected biting humans in Department of Cajamarca, in Peruvian Amazonia. The new species is compared with its similar congener C. albuquerquei Wirth & Blanton.
  • Estratificação vertical de formigas em cerrado strictu sensu no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, Goiás, Brasil

    Campos, Ricardo I.; Lopes, Cauê T.; Magalhães, Wagner C. S.; Vasconcelos, Heraldo L.

    Resumo em Português:

    Formicidae é um grupo abundante no solo e também largamente distribuído em todos os estratos da vegetação, constituindo-se em um bom modelo biológico para estudos de estratificação vertical. O objetivo geral do trabalho foi determinar os padrões de estratificação da assembléia de formigas em três estratos verticais (solo, estrato arbustivo e estrato arbóreo). Os dados foram coletados no Parque Estadual da Serra de Caldas Novas, em uma área de cerrado strictu sensu. A coleta de formigas foi realizada utilizando-se armadilhas do tipo pitfall. Foram instaladas 11 armadilhas no solo, 17 em plantas do estrato arbustivo e 23 em plantas do estrato arbóreo (uma armadilha por planta). Foi coletado um total de 49 espécies de formigas, pertencentes a 15 gêneros e cinco subfamílias. Através de curvas de acumulação de espécies, pôde-se verificar que existem 37,5% a mais de espécies no solo do que nas árvores e 35% a mais de espécies nas árvores do que nos arbustos. Uma análise de agrupamento indicou uma similaridade mediana entre as espécies de formigas do solo e vegetação (estrato arbustivo e arbóreo). Uma análise de aninhamento demonstrou que as espécies presentes no solo são um subconjunto das espécies presentes nos dois estratos de vegetação. Mesmo sem uma estratificação vertical muito clara, a alta diversidade de formigas encontrada no cerrado pode ser explicada em parte pelo fato de algumas espécies serem especializadas em forragear e/ou nidificar no solo e outras na vegetação.

    Resumo em Inglês:

    Formicidae is an abundant group in the soil and is also well distributed in all vegetation strata, representing a good model for studies on vertical stratification of the fauna. The aim of this study was to verify a possible stratification of ant assemblages inhabiting the soil, the lower and the higher vegetation strata. Data was collected in the Serra de Caldas Novas State Park, in an area of cerrado strictu sensu. Ant collection was performed using pitfall traps. A total of 11 traps were placed in the soil, 17 in the lower vegetation stratum (dominated by shrubs and small trees) and 23 in the higher vegetation stratum (dominated by taller, mature trees). Forty-nine species of ants from 15 genera and five subfamilies were collected. Accumulation curves indicated that there is 37.5% more species in the soil than in mature trees and 35% more species in mature trees than in shrubs/young trees. There was not a clear vertical stratification between the soil and the two vegetation strata. Therefore, the species present in the vegetation tended to represent a nested subset of those found in the soil. Even without a clear vertical stratification, the diversity of ants in the cerrado vegetation is high, and part of this diversity appears to be explained by the fact that some species are specialized in nesting and/or foraging in the soil, while others in the vegetation.
  • Comunidade de Carabidae (Coleoptera) em manchas florestais no Pantanal, Mato Grosso do Sul, Brasil

    Vieira, Letícia; Lopes, Frederico S.; Fernandes, Wedson D.; Raizer, Josué

    Resumo em Português:

    Neste trabalho foi estudado o efeito do tamanho, susceptibilidade à inundação e complexidade vegetacional na estrutura de comunidade de Carabidae (Coleoptera) em ilhas de vegetação arbórea (capões de mata) no Pantanal sul-mato-grossense, sub-regiões Miranda e Abobral. Os dados foram obtidos no período de outubro de 1998 a outubro de 1999 em seis capões de mata, através de 30 armadilhas de queda ("pitfall traps") instaladas por seis dias, mensalmente, no interior dos capões. Foram capturados 2.071 indivíduos, distribuídos em 64 espécies. Negrea scutellaris (Dejean, 1831) e uma espécie não-identificada de Lebiini foram as espécies mais abundantes (com 472 e 464 indivíduos, respectivamente). A distribuição gregária e o elevado número de espécies pouco abundantes encontrados pode refletir o padrão de disponibilidade de recursos das regiões tropicais. Entre as variáveis estudadas, apenas a complexidade vegetacional explicou a variação da riqueza de espécies nos capões de mata. A composição das espécies não foi explicada por nenhuma das variáveis avaliadas. Possivelmente a variação em tamanho e em complexidade vegetacional dos capões não seja tão evidente para demonstrar estas relações e a composição das espécies esteja variando mais em escala regional do que em escala local.

    Resumo em Inglês:

    This work addresses the effects of the size, flooding susceptibility and vegetation complexity on ground beetles community structure (Coleoptera, Carabidae) in forest patches (capões) in the sub-regions Miranda and Abobral of the Pantanal, State of Mato Grosso do Sul. Thirty pitfall traps were run for six days per month, in six forest patches between October 1998 and October 1999. A total of 2,071 individuals of 64 species were captured. Negrea scutellaris (Dejean, 1831) and an unidentified Lebiini were the most abundant species (472 and 464 individuals respectively). Gregarious distribution and great number of species of low abundance could reflect the pattern of resource availability in the tropical regions. Species richness in the forest patches was explained only by vegetation complexity, whereas species composition demonstrated no significant relationship with any of the considered variables. This lack of relationship could have been driven by the limited variation in size and vegetation complexity of capões; alternatively, it may reflect a stronger effect of species composition change at regional, rather than local scales.
  • Complex mating behavior in Adelosgryllus rubricephalus (Orthoptera, Phalangopsidae, Grylloidea)

    Zefa, Edison; Martins, Luciano de P.; Szinwelski, Neucir

    Resumo em Português:

    Descrevemos o comportamento reprodutivo de Adelosgryllus rubricephalus Mesa & Zefa, 2004. Em observações realizadas em laboratório verificamos a seguinte seqüência no comportamento de acasalamento: (1) reconhecimento sexual por antenação; (2) corte, em que o macho volta seu abdômen em direção à fêmea, vibra as antenas médio-lateralmente, treme o corpo ântero-posteriormente e estridula intermitentemente, enquanto a fêmea receptiva toca a ponta do abdômen, os cercos e os fêmures posteriores do macho, com seus palpos ou tarsos anteriores; o macho então fica imóvel por alguns segundos, expõe o espermatóforo e ambos retomam a seqüência comportamental descrita acima; (3) cópula: o macho coloca-se sob a fêmea, com suas tégminas inclinadas para frente, anexa sua genitália à dela e promove a transferência do esperma; a fêmea desce de cima do macho e ocorre brevemente a posição "end-to-end" durante a separação do casal; (4) pós-cópula: não há comportamento de guarda; o macho retém o espermatóforo e o ingere. Quantificamos o intervalo de tempo das principais etapas do acasalamento e discutimos suas possíveis implicações no comportamento observado.

    Resumo em Inglês:

    We describe the mating behavior of Adelosgryllus rubricephalus Mesa & Zefa, 2004. In trials carried out in laboratory we verified the following mating sequence: (1) sexual recognition by antennation; (2) courtship with male turning his abdomen towards the female, performing mediolateral antennae vibration, jerking its body antero-posteriorly and stridulating intermittently, while receptive female drums on the male's abdomen tip, cerci and hind-tibia with her palpi or foretarsi; the male then stops and stays motionless for some seconds, extrudes the spermatophore and both restart the behavioral sequence described above; (3) copulation: male underneath female; with his tegmina inclined forward, and joins his genitalia to the female's to promote sperm transference ; the female steps off the male, occurring a brief end-to-end position; (4) postcopulation: without guarding behavior; male retains the spermatophore and eats it. We quantified elapsed time of each behavioral sequence and discussed its implications in the observed mating behavior.
  • Two decades of colonization of the urban environment of Porto Alegre, southern Brazil, by Drosophila paulistorum (Diptera, Drosophilidae)

    Garcia, Ana Cristina L.; Valiati, Victor Hugo; Gottschalk, Marco S.; Rohde, Cláudia; Valente, Vera Lúcia da S.

    Resumo em Português:

    Drosophila paulistorum Dobzhansky & Pavan, 1949 era considerada inicialmente ausente em ambientes com influência antrópica, mas a detecção dessa espécie na cidade de Porto Alegre, sul do Brasil, em 1985, sugeriu seu potencial de colonização de novos ambientes e levou a fundação de estudos ecológicos com populações desta espécie. Este estudo acompanhou as variações populacionais de D. paulistorum nesta cidade quase 20 anos depois de seu primeiro registro neste local. Coletas de Drosophilidae foram realizadas em pontos com diferentes graus de urbanização e os resultados apontaram para uma expressiva diminuição dos tamanhos populacionais de D. paulistorum em Porto Alegre. Este declínio pode estar relacionado com o crescimento da cidade, assim como com retrações naturais no tamanho das populações devido a mudanças climáticas, tais como, variações nas temperaturas mínimas e máximas como conseqüência do aquecimento global. A introdução recente de Zaprionus indianus Gupta, 1970 também parece contribuir com esse quadro, uma vez que poderia estar modificando as interações entre as espécies nativas.

    Resumo em Inglês:

    Drosophila paulistorum Dobzhansky & Pavan, 1949 had initially been considered absent in anthropogenically disturbed environments, but in 1985 the detection of the species in Porto Alegre city, southern Brazil, suggested its potential to colonize new habitats and laid the foundations for ecologic studies on this species' populations. This study followed the variations in D. paulistorum populations in this town almost 20 years after its first local record. Drosophilid specimens were collected in sites with different urbanization grades and the results point to the expressive decline in D. paulistorum populations in Porto Alegre. This decline may be linked to urban growth and to naturally driven population decline, as imputed to climatic changes like variations in maximum and minimum temperatures as a consequence of a global climate warming. Also, the recent introduction of exotic species Zaprionus indianus Gupta, 1970 seems to play a role in this scenario, changing the interactions between native species.
  • Influência do aumento do número de pupas hospedeiras de Cochliomyia macellaria (Diptera, Calliphoridae) no desenvolvimento do parasitóide Nasonia vitripennis (Hymenoptera, Pteromalidae) em laboratório

    Barbosa, Leandro S.; Couri, Márcia S.; Coelho, Valéria M. A.

    Resumo em Português:

    O desenvolvimento pós-embrionário, a produtividade, a taxa de parasitismo e a razão sexual de Nasonia vitripennis (Walker, 1836) criada em pupa de Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775) foram estudados. Densidades diferentes de hospedeiro foram usadas (proporções 1:1, 1:2, 1:3, 1:4 e 1:5) com tempo de exposição de 72 horas, em cada uma delas. Fêmeas nulíparas originárias da colônia estoque foram individualizadas em tubos de teste cobertos com algodão hidrófobo e contendo as pupas hospedeiras. Cada tratamento constituiu-se de 10 repetições. Depois da exposição, as vespas foram descartadas e as pupas hospedeiras foram individualizadas em tubos de teste até a emergência dos adultos de C. macellaria ou N. vitripennis. Amostras das pupas hospedeiras não expostas ao parasitismo e recebendo o mesmo tratamento experimental foram usadas como controle. Os parasitóides mostraram um desenvolvimento mais lento em relação ao aumento da densidade de hospedeiros. Houve uma diminuição na produção de parasitóides por hospedeiro em densidades elevadas. A razão sexual tendeu para um desvio para nascimento de fêmeas com o aumento da densidade do hospedeiro. Os índices de parasitismo mostraram uma diminuição quando o parasitóide foi exposto a mais de duas pupas hospedeiras.

    Resumo em Inglês:

    The post-embryonic development, productivity, rate of parasitism and sexual ratio of Nasonia vitripennis (Walker, 1836) reared in pupae of Cochliomyia macellaria (Fabricius, 1775) were studied. Different densities of the host were used (proportion 1:1, 1:2, 1:3, 1:4, and 1:5) and the exposition in each one lasted 72 hours. Nulliparous females originating from the stock colony were individualized in test tubes covered with hydrophobic cotton and containing the host pupae. Each treatment was constituted by 10 repetitions. After the exposition, the wasps were discarded and the host pupae were individualized in test tubes until the emergence of the adults of C. macellaria or N. vitripennis. Samples of host pupae not exposed to parasitism and receiving the same experimental treatment were used as control. The parasitoids showed a slower development in relation to the increase of host density. There was a production decrease of parasitoids per host in elevated densities. The sexual ratio tended towards a deviation for the birth of females with the increase of the density of host. The rate of parasitism showed a decrease when the parasitoid was exposed to more than two host pupae.
  • Analysis of phenotypes altered by temperature stress and hipermutability in Drosophila willistoni

    D'Ávila, Marícia F.; Garcia, Rosane N.; Loreto, Elgion L. S.; Valente, Vera Lúcia da S.

    Resumo em Português:

    Drosophila willistoni (Sturtevant, 1916) é uma espécie do grupo willistoni de Drosophila que apresenta ampla distribuição geográfica desde o sul dos Estados Unidos (Flórida) e México até o norte da Argentina. Esta espécie tem sido alvo de muitos estudos evolutivos dentro do grupo devido à sua considerável capacidade de explorar de forma bem sucedida diversos tipos de ambientes e também por sua grande variabilidade genética expressa através de diferentes marcadores. A linhagem 17A2 de D. willistoni foi coletada em 1991 no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil (30°05'S, 51°39'W), e vem sendo mantida desde então no laboratório de Drosophila da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Diferentemente das demais linhagens de D. willistoni mantidas no laboratório, a linhagem 17A2 já produziu espontaneamente machos do tipo white (olhos brancos) e do tipo sepia (olhos marrons) em estoques mantidos a 17ºC. A fim de avaliar se esta linhagem é potencialmente hipermutável, nós submetemo-la a experimentos de estresse por temperatura. Dezoito isolinhagens foram utilizadas e, após a primeira geração, todos os indivíduos de cada isolinhagem foram mantidos a 29°C. Diferentes alterações foram observadas nas gerações seguintes, similares com mutações já bem caracterizadas em D. melanogaster (white, sépia, blistered e curly). Além destas, uma alteração com aparente fusão nas antenas foi encontrada, mas somente em indivíduos da isolinhagem nº 31. Esta última alteração não foi previamente descrita como uma mutação na espécie D. melanogaster. Nossos resultados indicam que a linhagem 17A2 de D. willistoni é uma candidata a hipermutabilidade, além de apresentar uma variabilidade genética importante. Diferentes fatores podem estar atuando para a formação deste panorama observado, tais como mobilização de elementos transponíveis, seleção por endocruzamento e alteração na função de proteínas de choque térmico (heat-shock proteins).

    Resumo em Inglês:

    Drosophila willistoni (Sturtevant, 1916) is a species of the willistoni group of Drosophila having wide distribution from the South of USA (Florida) and Mexico to the North of Argentina. It has been subject of many evolutionary studies within the group, due to its considerable ability to successfully occupy a wide range of environments and also because of its great genetic variability expressed by different markers. The D. willistoni 17A2 strain was collected in 1991 in the state of Rio Grande do Sul, Brazil (30°05'S, 51°39'W), and has been maintained since then at the Drosophila laboratory of UFRGS. Different to the other D. willistoni strains maintained in the laboratory, the 17A2 strain spontaneously produced mutant males white-like (white eyes) and sepia-like (brown eyes) in stocks held at 17°C. In order to discover if this strain is potentially hypermutable, we submitted it to temperature stress tests. Eighteen isofemale strains were used in our tests and, after the first generation, all the individuals produced in each strain were maintained at 29°C. Different phenotype alterations were observed in subsequent generations, similar to mutations already well characterized in D. melanogaster (white, sepia, blistered and curly). In addition, an uncommon phenotype alteration with an apparent fusion of the antennae was observed, but only in the isofemale line nº 31. This last alteration has not been previously described as a mutation in the D. melanogaster species. Our results indicate that the D. willistoni 17A2 strain is a candidate for hypermutability, which presents considerable cryptic genetic variability. Different factors may be operating for the formation of this effect, such as the mobilization of transposable elements, effect of inbreeding and alteration of the heat-shock proteins functions.
  • Seasonal variations in the intermediate metabolism of the crayfish Parastacus brasiliensis (Crustacea, Decapoda, Parastacidae) in the natural environment and experimental culture

    Dutra, Bibiana K.; Zank, Caroline; Silva, Karina M. da; Conter, Maria R.; Oliveira, Guendalina T.

    Resumo em Português:

    O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito das variações sazonais no metabolismo energético em diferentes tecidos do lagostim de água-doce Parastacus brasiliensis (von Martens, 1869). Os lagostins foram coletados mensalmente de Janeiro de 2001 a Janeiro de 2003 em São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brasil, no riacho e no tanque de cultivo. Amostras de hemolinfa foram coletadas de cada lagostim em campo com seringa, por punção na membrana da base dos quelípodos. Hepatopâncreas, brânquias e músculo abdominal foram removidos para a determinação dos níveis de glicose livre, de glicogênio, de lipídios totais e de triglicerídeos. As amostras de hemolinfa foram utilizadas para a determinação dos níveis de glicose, de proteínas totais, de lipídios totais e de triglicerídeos. As análises estatísticas revelaram uma variação significativa na composição bioquímica dos lagostins coletados no riacho quando comparados com os do cultivo experimental durante o ano, principalmente da glicose e dos triglicerídeos na hemolinfa, glicogênio e lipídios totais em todos os tecidos estudados, e dos triglicerídeos somente no músculo abdominal. O aporte regular de alimento modificou parcialmente estas variações sazonais do padrão metabólico. As condições ambientais (ex.; disponibilidade de alimento e a temperatura da água) e o período reprodutivo parecem ser os principais fatores a influenciar os padrões sazonais da variação do metabolismo energético.

    Resumo em Inglês:

    The goal of this study was to evaluate the effects of seasonal variations on energy metabolism in different tissues of the freshwater crayfish Parastacus brasiliensis (von Martens, 1869). Crayfish were collected monthly from January 2001 to January 2003 in São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, Brazil, in a stream and in a culture tank. Haemolymph samples were collected from each crayfish in the field with a syringe, by puncturing the membrane at the base of the chelipeds. Hepatopancreas, gills, and abdominal muscle were removed for determination of free glucose, glycogen, total lipids, and triglycerides. The haemolymph samples were used for determination of glucose, total proteins, total lipids, and triglycerides. Statistical analysis revealed significant differences in biochemical composition in crayfish collected in the stream compared to the experimental tank during the year, principally in glucose and triglycerides in haemolymph, glycogen and total lipids in all tissues study, and triglycerides only in abdominal muscle. The regular food intake partially modified these seasonal variations of the metabolic pattern. Environmental conditions (e.g., food availability and water temperature) and reproductive period appeared to be the main factors influencing the seasonal patterns of variation in energy metabolism.
  • Fauna de aranhas (Arachnida, Araneae) em diferentes estágios do cultivo do arroz irrigado em Cachoeirinha, RS, Brasil

    Rodrigues, Everton N. L.; Mendonça Jr., Milton de S.; Ott, Ricardo

    Resumo em Português:

    Com a intenção de conhecer a diversidade da araneofauna relacionada à cultura do arroz, foi realizado um inventário deste agroecossistema ainda pouco estudado em sua biodiversidade. Foram realizadas 17 amostragens na Estação Experimental do Arroz (EEA), do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), Cachoeirinha, RS (50º58'21"W; 29º55'30"S) entre outubro de 2004 e junho de 2005, em três períodos: antes do arroz ser semeado, durante o desenvolvimento do arroz e após a colheita. As coletas foram efetuadas no período matinal utilizando rede-de-varredura (35 cm de diâmetro), 50 golpes em cada um dos quatro transectos por amostragem. Coletou-se um total de 918 aranhas distribuídas em 14 famílias, com predomínio de Araneidae, Anyphaenidae, Oxyopidae e Tetragnathidae. Entre os indivíduos adultos, foram determinadas 38 morfoespécies, as mais abundantes Alpaida veniliae (Keyserling, 1865), Tetragnatha nitens (Audouin, 1826), Ashtabula sp.1 e Tetragnatha aff. jaculator, as quatro juntas com mais de 45% dos espécimes adultos coletados. Dos estimadores de riqueza de espécies utilizados, o que mais se aproximou da riqueza observada foi Chao 1; segundo este, 87,4% das espécies potencialmente presentes foram amostradas. Os resultados demonstraram que tanto abundância como riqueza tiveram a tendência ao crescimento, acompanhando o desenvolvimento da lavoura de arroz. Uma constante colonização no hábitat foi constatada dado o alto número de aranhas jovens encontradas em todos os períodos. Não foram encontradas diferenças significativas para a correlação entre dados abióticos (temperatura e pluviosidade) com a abundância e a riqueza, exceto pluviosidade vs. riqueza. Entre os grupos funcionais, houve o predomínio das caçadoras emboscadoras, seguido das construtoras de teias orbiculares. A análise de similaridade (ANOSIM) encontrou diferenças significativas entre a fauna dos três períodos avaliados. Assim, a perturbação na forma como o arroz é semeado e colhido altera a estrutura ambiental brutalmente, conduzindo a uma mudança na diversidade de aranhas em termos de riqueza e composição de espécies. Os resultados sugerem a importância de estudos da biodiversidade nos agroecossistemas.

    Resumo em Inglês:

    The spider diversity associated to a rice field was surveyed along different stages of the culture. The studied area belongs to the Estação Experimental do Arroz (EEA), Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), Cachoeirinha, state of Rio Grande do Sul, Brazil (50º58'21"W; 29º55'30"S). Between October 2004 and June 2005, 17 samples were taken, distributed in three periods: before seeding, during the development of the rice plants and after the harvest. Samples were done in the morning using sweeping nets (35 cm diameter), 50 sweeps in each of four randomly chosen transects. A total of 918 spiders were sampled, distributed in 14 families, mostly Araneidae, Anyphaenidae, Oxyopidae and Tetragnathidae. Among the adults, 38 morphospecies were found, the most abundant were Alpaida veniliae (Keyserling, 1865), Tetragnatha nitens (Audouin, 1826), Ashtabula sp.1 and Tetragnatha aff. jaculator, the four together comprising more than 45% of the adult specimens. Of the species richness estimators used, Chao 1 was closer to the observed richness; 87,4% of the potentially present species were effectively sampled. Both abundance and species richness showed an increasing trend, accompanying rice development (and thus increasing habitat complexity), with a stern decrease after harvesting. A constant colonization of the habitat is thus postulated, also given the high number of young spiders found at all times. There were no significant correlations between climatic factors (temperature and rainfall) and neither abundance nor species richness, except a positive one between rainfall and richness. Among the functional groups, ambushing hunters dominated, followed by orb-web builders. An analysis of similarity (ANOSIM) found significant differences among the fauna of the three evaluated periods. Thus, system disturbance, in the form of rice sowing and harvesting, brutally altering environmental structure, leads to strong spider diversity changes both in terms of species richness and species composition. The results suggest biodiversity studies in agroecosystems can help us understand not only applied but also basic problems.
  • Comparação do crescimento entre Callinectes sapidus (Crustacea, Decapoda, Portunidae) coletados em campo e mantidos em condições contoladas

    Rodrigues, Marcos A.; D'Incao, Fernando

    Resumo em Português:

    Devido à falta de estruturas rígidas para determinação de idade em crustáceos, métodos que se baseiam na determinação de idade através da distribuição da freqüência de comprimentos são comumente utilizados. Neste trabalho, foi comparado o crescimento do siri-azul, Callinectes sapidus Rathbun, 1896, em laboratório e a partir de indivíduos de campo. Os indivíduos de laboratório, após a coleta, tiveram seu crescimento acompanhado individualmente. A temperatura foi mantida constante (25±2°C) e a salinidade a 20±5. Os indivíduos do campo foram coletados entre 2002 e 2004 em pontos pré-determinados no estuário da Laguna dos Patos, com rede de portas. A biometria, nos dois casos, constou da medida da largura da carapaça (LC mm). As estimativas das curvas de crescimento, segundo o modelo de Bertalanffy para os indivíduos de campo, foram obtidas pelo acompanhamento do deslocamento modal (MPA). O tamanho máximo de largura de carapaça utilizado foi mantido fixo em todas as análises (157,78 mm para fêmeas e 162,71 mm para machos). Para os indivíduos mantidos em laboratório, os parâmetros e a longevidade obtidos foram k=0,001/dia; t o=-1,53; longevidade de 3117 dias (8,5 anos) para machos e k=0,002/dia; t o=-29,5; longevidade de 2795 dias para fêmeas (7,7 anos). Os parâmetros de crescimento e a longevidade estimados para os animais coletados em campo foram k=0,004/dia; t o=-4,23; 1267 dias (3,5 anos) para machos e k=0,004/dia; t o=-3,71; 1260 dias (3,45 anos) para fêmeas. Foram encontradas diferenças significativas entre animais de laboratório e de campo, sugerindo que a espécie responde de forma diferente ao ambiente em que está inserida.

    Resumo em Inglês:

    The absence of hard structures which register age on crustaceans requires the use of length-based methods for age determination, and modal progression analysis (MPA) to estimate growth. In this paper, individual growth of the blue crab Callinectes sapidus Rathbun, 1896 was studied in the laboratory and in the field, and the growth curves estimated were compared. Crabs studied in the laboratory were obtained from field sampling and kept under controlled conditions (temperature = 25±2°C, and salinity = 20±5), on a water recirculating system. These animals were molt staged and measured (carapace width, taken from the last antherolateral spines in millimeters) before and after molting. Crabs used for field growth analysis were collected between 2002 and 2004 in predetermined sampling sites by using otter-trawl and renfro nets. Bertalanffy growth model was used to estimate the growth parameters of the crabs. Maximum carapace lengths were used as the estimative of the asymptotic length (157.78 mm for females and 162.71 mm for males). Growth parameters obtained from laboratory experiments were k=0.001/day; t o=-1.53; longevity= 3117 days for males and k=0.002/day; t o=-29.55; longevity= 2795 days for females. Growth parameters and longevity estimates for the field collected animals were k=0.004/day; t o=-4.23; 1267 days for males and k=0.004/day; t o=-3.71; 1260 days for females. Significant difference was observed among laboratory and field crabs, suggesting a different growth rate accordingly to the surrounding environment.
  • Comparative analysis of tidepool fish species composition on tropical coastal rocky reefs at State of Ceará, Brazil

    Cunha, Edna A.; Carvalho, Roberto A. A.; Monteiro-Neto, Cassiano; Moraes, Luiz Eduardo S.; Araújo, Maria Elisabeth

    Resumo em Português:

    Este estudo comparou assembléias de peixe em poças de maré dentro e entre hábitats nas praias de Iparana e Pecém, estado do Ceará, nordeste do Brasil, usando técnicas de censo visual. Um total de 8.914 peixes, representando 25 famílias e 43 espécies foi registrado. Sparisoma spp. formaram o taxon mais abundante, seguido por Haemulon parra (Desmarest, 1823), Acanthurus chirurgus (Bloch, 1787) e Abudefduf saxatilis (Linnaeus, 1758). Haemulidae foi a família mais abundante em número de indivíduos, seguida por Scaridae, Acanthuridae e Pomacentridae. Diferenças encontradas nas assembléias de espécies provavelmente refletiram descontinuidades ambientais e aspectos mais localizados, como a ocorrência de isolamento das poças, ou complexidade ambiental atuando de forma isolada ou interativamente. A localidade de Iparana provavelmente foi submetida a uma maior pressão de pesca e turismo que Pecém, uma causa potencial para a menor abundância e biodiversidade de peixes observada. Concluímos que a ictiofauna de poça de maré pode ser variável dentro dos recifes e entre localidades diferentes. Assim, observações tomadas ou os danos causados em uma dada área não podem ser generalizados ou mitigados para a proteção de locais adjacentes.

    Resumo em Inglês:

    This study compared tidepool fish assemblages within and among habitats at Iparana and Pecém beaches, State of Ceará, Northeast Brazil, using visual census techniques. A total of 8,914 fishes, representing 25 families and 43 species were recorded. The most abundant taxon was Sparisoma spp, followed by Haemulon parra (Desmarest, 1823), Acanthurus chirurgus (Bloch, 1787) and Abudefduf saxatilis (Linnaeus, 1758). Haemulidae was the most abundant family in number of individuals, followed by Scaridae, Acanthuridae and Pomacentridae. Within- and between- site differences in species assemblages probably reflected environmental discontinuities and more localized features, such as pool isolation episodes, or environmental complexity, both acting isolated or interactively. The locality of Iparana was probably subjected to a greater fishing pressure and tourism than Pecém, a potential cause for the observed lowest fish abundance and biodiversity. We conclude that tidepool ichthyofauna may be quite variable between and within reef sites. Thus, observations taken from or damages caused on one area may not be generalized to or mitigated by the protection of adjacent sites.
  • Densidade e tamanho populacional de mamíferos cinegéticos em duas Unidades de Conservação do Estado do Rio de Janeiro, Brasil

    Araújo, Roberta M. de; Souza, Maíra B. de; Ruiz-Miranda, Carlos R.

    Resumo em Português:

    A Mata Atlântica, apesar de ainda sofrer uma intensa devastação, abriga 261 espécies de mamíferos, sendo 73 endêmicos. Mamíferos de grande porte estão entre os mais vulneráveis à caça, perda de habitat e tráfico de animais. No Estado do Rio de Janeiro existem somente duas Reservas Biológicas de Mata Atlântica de baixada, a Reserva Biológica de Poço das Antas e a Reserva Biológica União. O presente estudo teve como objetivo avaliar a influência da prática da caça ilegal sobre a fauna de mamíferos nestas duas Unidades de Conservação. O levantamento populacional foi realizado utilizando o método de transecção linear e 375 quilômetros foram percorridos durante o período de dezembro de 2003 a janeiro de 2005. Os dados de estimativa de densidade populacional foram analisados no programa DISTANCE 5.0. Através de encontros visuais foram confirmadas 12 espécies durante o levantamento, sendo estas regularmente caçadas na região. As espécies que apresentaram maior densidade nas duas Unidades de Conservação foram o macaco-prego (Cebus nigritus Erxleben, 1777), o bugio (Alouatta guariba Lacépède, 1799), tatu-galinha (Dasypus novemcintus Linnaeus, 1758) e o tatu (Dasypus septemcinctus Linnaeus, 1758). As espécies mais raras ou ausentes foram a anta (Tapirus terrestris Brünnich, 1771), o veado (Mazama americana Rafinesque, 1817) e o queixada (Tayassu pecari Link, 1795). Evidências diretas e indiretas da ação da caça ilegal foram observadas nas duas áreas de estudo, indicando que a caça é uma prática comum nessas Reservas Biológicas. A sobrevivência a longo prazo dessas espécies é questionável, já que as populações remanescentes em fragmentos são pequenas e isoladas, o que as tornam muito susceptível à extinção mesmo sob uma baixa pressão de caça.

    Resumo em Inglês:

    The Atlantic Rain Forest even though suffering intense devastation, shelters 261 species of mammals, 73 endemic. Large mammals were among the most vulnerable to hunting, loss of habitat, and wildlife trade. In the State of Rio de Janeiro there are only two Federal Biological Reserves of lowland Atlantic Rain Forest, the Poço das Antas Biological Reserve and the União Biological Reserve. The purpose of this study was to assess the presence and putative influence of illegal hunting on the mammals in these two Conservation Units. Surveys were conducted using a line-transect method; 375 kilometers were covered during the period between December 2003 and January 2005. The data for the population density estimate was analyzed using the program DISTANCE 5.0. Twelve species were confirmed through visual encounters during the surveys, whereas are regularly hunted in the region studied. The species that presented higher density were brown capuchin monkey (Cebus nigritus Erxleben, 1777), howler monkey (Alouatta guariba Lacépède, 1799), nine-banded long-nosed armadillo (Dasypus novemcintus Linnaeus, 1758), and the seven-banded long-nosed armadillo (Dasypus septemcinctus Linnaeus, 1758). The most rare or absent species were the brazilian tapir (Tapirus terrestris Brünnich, 1771), the red brocket deer (Mazama americana Rafinesque, 1817) and the white-lipped peccary (Tayassu pecari Link, 1795). In these two study areas both direct and indirect evidence of illegal hunting was observed, indicating that hunting is a common practice inside these Biological Reserves. The long-term survival of the hunted species is questionable, because the remaining populations living in fragments that are small and isolated, making them more susceptible to extinction even under low hunting pressure.
  • A new species of Alpaida (Araneae, Araneidae) from Caxiuanã National Forest, Oriental Amazonia, Brazil

    Abrahim, Naiara; Bonaldo, Alexandre B.

    Resumo em Português:

    Alpaida guto sp. n. é descrita com base em machos e fêmeas do Estado do Pará, Brasil. Esta parece ser a espécie de Alpaida O. P.-Cambridge, 1889 mais abundante na Floresta Nacional de Caxiuanã, Amazônia Oriental. Os machos assemelham-se aos de A. antonio Levi, 1988 mas podem ser facilmente distinguidos pela apófise terminal com lobo distal arredondado e prolongamento basal longo e delgado; as fêmeas diferem daquelas de A. yotoco Levi, 1988 pelo lobo mediano com uma constrição basal e pela placa mediana bilobada.

    Resumo em Inglês:

    Alpaida guto n. sp. is described based on males and females from State of Pará, Brazil. This species appears to be the most abundant Alpaida O. P.-Cambridge, 1889 species in Caxiuanã National Forest, eastern Amazonia. The males seem to be close to A. antonio Levi, 1988 but can be easily distinguished by the terminal apophysis with rounded distal lobe and long, slender basal prong; females differ from those of A. yotoco Levi, 1988 by the median lobe with a basal constriction and by the bilobed median plate.
  • Downeshela oliveirai, a new neotropical predaceous midge from northern Brazil (Diptera, Ceratopogonidae)

    Felippe-Bauer, Maria L.; Silva, Cristiane S.

    Resumo em Português:

    Uma nova espécie de Downeshelea Wirth & Grogan, 1988, D. oliveirai, é descrita e ilustrada baseada nas características dos machos e fêmeas. Os espécimes foram coletados nos estados de Rondônia e Pará, região norte do Brasil.

    Resumo em Inglês:

    A new species of Downeshelea Wirth & Grogan, 1988, D. oliveirai, is described and illustrated based on male and female characteristics. The specimens were collected in Rondônia and Pará states, northern Brazil.
  • Geographic distribution and morphological variation in Mimon bennettii (Chiroptera, Phyllostomidae)

    Gregorin, Renato; Capusso, Guilherme L.; Furtado, Vanessa R.

    Resumo em Português:

    Foi analisada a morfologia quantitativa e qualitativa de 88 espécimes do subgênero Mimon previamente identificados como Mimon bennettii (Gray, 1838) e M. cozumelae Goldman, 1914 de diversas localidades dentro de sua distribuição. Os dados indicam que os espécimes de Mimon bennetii no Brasil apresentam variação geográfica nos caracteres morfométricos e em mosaico nos qualitativos. Espécimes do bioma Cerrado provenientes dos estados brasileiros do Piauí, Tocantins e Goiás têm antebraço mais longo que os indivíduos dos domínios da Amazônia e Floresta Atlântica. Com base na morfometria aplicando teste t-Student, os espécimes de M. bennettii do Cerrado lembram fenéticamente mais M. cozumelae que M. bennettii da Floresta Atlântica. Os caracteres morfológicos atualmente empregados para diagnosticar M. cozumelae também foram registrados para M. bennettii em diversas áreas do Brasil, tornando a validade de M. cozumelae questionável nesses tipos de caracteres. O presente artigo também atualiza a distribuição geográfica de M. bennettii no Brazil.

    Resumo em Inglês:

    We studied discrete and quantitative data from 88 specimens of the subgenus Mimon previously identified as Mimon bennettii (Gray, 1838) and M. cozumelae Goldman, 1914 from diverse parts of their range. Our data indicate that specimens of Mimon bennetii in Brazil presented geographic variation in morphometrical characters and mosaic variation in qualitative traits. Specimens from the Cerrado biome collected in Brazilian states like Piaui, Tocantins, and Goiás have longer forearms than those distributed in the Atlantic and Amazon forested domains. Based on morphometrics, as showed by t-tests, specimens of M. bennettii from the Brazilian Cerrado resemble phenetically more with M. cozumelae than the M. bennettii from Atlantic Forest. Characters presently used to diagnosis M. cozumelae also were also recorded to M. bennettii in diverse parts of Brazil, making that validity of M. cozumelae questionable based on this kind of traits. This research also updated the geographic distribution to the M. bennettii in Brazil.
  • Habitat use by a tree frog species of Scinax (Amphibia, Hylidae) at an urban forest fragment from south-eastern Brazil

    Galdino, Conrado A. B.; Carvalho Jr., Ronald R.; Menezes, Mauren A. V. Noronha e; Nascimento, Luciana B.

    Resumo em Português:

    No presente estudo é tratado o uso do hábitat por Scinax aff. perereca, durante o período de agosto de 1996 a agosto de 1997 em uma área de mata urbana em Belo Horizonte, Minas Gerais, sudeste do Brasil. Machos em atividade de vocalização foram encontrados em setembro, outubro e dezembro de 1996 e de fevereiro a abril e junho de 1997. As fêmeas foram capturadas apenas em outubro de 1996. Os indivíduos foram encontrados em galhos da vegetação no solo ou em pedras próximas a quedas de água. Na área estudada, S. aff. perereca usa nove tipos de substratos, sendo os mais freqüentes a vegetação herbácea, pedras na margem do riacho e troncos caídos. O padrão de ocupação espacial variou ao longo dos meses. Os machos foram encontrados vocalizando em agregados e a largura de nicho espacial foi diretamente relacionada a abundância da espécie.

    Resumo em Inglês:

    We studied the pattern of habitat use by the tree frog Scinax aff. perereca. Fieldworks were performed from August 1996 to August 1997 at Parque das Mangabeiras, Belo Horizonte, State of Minas Gerais, southeastern Brazil. Calling males were observed in September, October and December 1996, February to April and June 1997. Females were found only in October 1996. Specimens were found perched on vegetation, on the ground or on stones near waterfall. At Parque das Mangabeiras, S. aff. perereca occupied nine types of substrata. The most frequently used substrata were shrubs, stones at the stream edges, and fallen trunks. The pattern of spatial occupation varied among months. Males were found calling in aggregations on the vegetation and spatial niche breadth was related to species abundance.
Museu de Ciências Naturais Museu de Ciências Naturais, Secretária do Meio Ambiente e Infraestrutura, Rua Dr. Salvador França, 1427, Jardim Botânico, 90690-000 - Porto Alegre - RS - Brasil, Tel.: + 55 51- 3320-2039 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: iheringia-zoo@fzb.rs.gov.br