Determinação da exposição apropriada a fluoreto no futuro para países de economia de mercado não estabilizada

Uma exposição apropriada ao fluoreto é aquela capaz de interferir com o desenvolvimento de cárie dental (benefício) sem grandes preocupações com fluorose dental (riscos). Esta condição em termos de indivíduo parece factível levando ao uso racional do fluoreto. Entrentanto, em se tratando de população e particularmente países non-EME, o método mais adequado de usar fluoreto vai depender de cada nação. Por outro lado, é imprescindível que haja uma política nacional de um método coletivo para controlar cárie como integrante do sistema de saúde de cada país. A escolha entre dentifrício fluoretado ou água fluoretada e a opção por sal vai depender da sua aplicabilidade a cada país. Ao mesmo tempo, é importante que para cada país seja avaliada não só a exposição apropriada do método coletivo de usar fluoreto, assim como a associação com outros métodos e meios em termos de riscos-benefícios. A determinação da exposição apropriada a fluoreto nos países non-EME no futuro dependerá da análise crítica de como ele tem sido usado no presente. Dados disponíveis têm mostrado que alguns países non-EME têm inclusive conseguido reverter a situação dramática de cárie de sua população, mas em outros a experiência de cárie continua dramática. Entretanto, em outros países não tem ocorrido um aumento da prevalência de cárie que se esperaria, mas fluorose endêmica é uma preocupação. Os desafios para países non-EME são imensos e para problemas distintos não existem as mesmas soluções.

Flúor; Fluorose dental; Cárie dental; riscos


Faculdade De Odontologia De Bauru - USP Serviço de Biblioteca e Documentação FOB-USP, Al. Dr. Octávio Pinheiro Brisolla 9-75, 17012-901 Bauru SP Brasil, Tel.: +55 14 32358373 - Bauru - SP - Brazil
E-mail: jaos@usp.br