HPLC determination of oxadiazon in commercial pesticide formulations

Um procedimento simples, rápido e preciso de cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) foi desenvolvido para a determinação de oxadiazona em formulações concentradas de pesticidas emulsificáveis. 20 µL de amostra, diluída em acetronitrila, foram injetados em uma coluna Kromasil C18 (250 × 4,6 mm, 5 µm), usando acetonitrila:água (80:20) como fase móvel, numa velocidade de fluxo de 1 mL min-1. Oxadiazona foi determinada por medidas de absorbância a 292 nm. Obteve-se, usando-se o procedimento desenvolvido, um limite teórico de detecção de 0,02 µg mL-1, um limite de quantificação de 0,047 µg mL-1, correspondendo a 0,02 e 0,07% m/v na amostra original e desvio padrão relativo de 0,08%, para três análises em replicata de amostras contendo 25% m/v de oxadiazona. A precisão do método foi evidenciada pelas porcentagens de recuperação de 98% a 99% para amostras contendo 0,015 a 0,085 mg de oxadiazona, assim como pela comparação entre os resultados encontrados pelo procedimento recomendado e pela espectrofotometria de infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), para amostras reais de produtos formulados.


Sociedade Brasileira de Química Instituto de Química - UNICAMP, Caixa Postal 6154, 13083-970 Campinas SP - Brazil, Tel./FAX.: +55 19 3521-3151 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: office@jbcs.sbq.org.br