Relato de quatro casos da síndrome de Bardet-Biedl

Paulo Roberto Santos Diego Levi Silveira Monteiro Paulo Henrique Alexandre de Paula Vicente Lopes Monte NetoSobre os autores

A síndrome de Bardet-Biedl é rara. Embora seu diagnóstico seja baseado em manifestações cardinais que aparecem na infância, relatamos quatro casos de síndrome de Bardet-Biedl diagnosticados tardiamente em uma unidade de diálise. Três casos foram diagnosticados em pacientes com doença renal crônica terminal quando iniciaram hemodiálise de manutenção, e um caso diagnosticado por meio de rastreamento dos parentes dos casos em diálise. Embora pediatras tenham mais oportunidade para diagnosticar a síndrome, nefrologistas são importantes durante o tratamento, já que a insuficiência renal é a principal causa de óbito entre os pacientes com síndrome de Bardet-Biedl. Além disso, o diagnóstico tardio da síndrome entre pacientes com doença renal crônica terminal pode ajudar a detecção de casos novos por meio do rastreamento de parentes dos pacientes em hemodiálise.

diálise renal; doenças genéticas inatas; falência renal crônica; síndrome de Bardet-Biedl


Sociedade Brasileira de Nefrologia Rua Machado Bittencourt, 205 - 5ºandar - conj. 53 - Vila Clementino - CEP:04044-000 - São Paulo SP, Telefones: (11) 5579-1242/5579-6937, Fax (11) 5573-6000 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: bjnephrology@gmail.com