Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, Volume: 41, Issue: 5, Published: 2005
  • Our journal cover

  • Vida nova para o Jornal Brasileiro de Patologia

    Vieira, Luisane Maria Falci
  • Genotoxic effects and hepatic enzymes alterations among petroleum refinery workers Medicina Laboratorial

    Gonçalves, Rozana Oliveira; Melo, Neli de Almeida; Carvalho, Fernando Martins; Góes, Roberto Charles

    Abstract in Portuguese:

    Um estudo de casos e controles, aninhado num estudo de coorte, investigou a associação entre efeitos genotóxicos e alteração de enzimas hepáticas em trabalhadores de uma refinaria de petróleo do Nordeste. Foram examinados todos os dez novos casos de alterações de enzimas hepáticas - gama-glutamil transferase (GGT) e alanina aminotransferase (ALT) - ocorridos em 2002. Dez trabalhadores sem alterações de GGT ou ALT foram selecionados como controles. Os efeitos do fumo, sexo, idade e consumo de café foram controlados. O efeito genotóxico foi avaliado pela técnica de trocas entre cromátides irmãs (TCI) e alterações cromossômicas (AC) estruturais. As médias de TCI por célula (3,92 ± 1,04 versus 4,25 ± 1,47) e de ACE (8,85 ± 3,4 versus 9,1 ± 3,7) não diferiram de forma significante entre casos e controles respectivamente.

    Abstract in English:

    A case-control study, nested in a cohort study, investigated the association between genotoxic effects and hepatic enzymes alterations among workers in a petroleum refinery, Northeast Brazil. Ten cases of hepatic enzymes alterations - gamma-glutamyltransferase (GGT) and Alanine aminotransferase (ALT) - representing all incident cases occurring in the refinery during 2002, were examined. Ten workers without GGT and ALT alterations were selected as controls. The effects of smoking, sex, age and coffee consumption were controlled. The genotoxic effects were evaluated by the sister chromatid exchange (SCE) and by the chromosomal aberrations (CA) techniques. Mean SCE per cell (3.92 ± 1.04 versus 4.25 ± 1.47) and CA per cell (8.85 ± 3.4 versus 9.1 ± 3.7) did not differ significantly between cases and controls respectively.
  • Six sigma in clinical laboratory: impact in analytical performance management of technical process Medicina Laboratorial

    Berlitz, Fernando de Almeida; Haussen, Mariana Lipp

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A visão Seis Sigma da qualidade constitui uma nova ferramenta para o laboratório clínico, objetivando conjugar qualidade de desempenho de processos à gestão de custos. OBJETIVOS: Verificar a viabilidade e o impacto da utilização de conceitos Seis Sigma na gestão de processos técnicos em laboratório clínico. MATERIAIS E MÉTODOS: Foi realizado um estudo comparativo para 14 parâmetros básicos de bioquímica em dois sistemas automatizados, Bayer ADVIA 1650 e Ortho-Clinical Diagnostics VITROS 950, comparando-os em termos de performance analítica com a utilização de métrica sigma, calculada frente a diferentes especificações de desempenho. Resultados: Para ambos os equipamentos avaliados, as maiores métricas foram obtidas para triglicérides (TG) e ácido úrico, nas especificações do Clinical Laboratory Improvement Amendments (CLIA) e baseadas em variação biológica. As menores métricas foram obtidas para as transaminases (AST e ALT) no ADVIA 1650 e para cloretos no VITROS 950. Esses resultados estão em função direta da magnitude das especificações utilizadas no cálculo da métrica sigma. DISCUSSÃO: Os resultados mostraram tendência a melhores índices de performance nos testes realizados no equipamento VITROS 950 em relação aos do ADVIA 1650. A definição do limite de especificação a ser utilizado para cálculo da métrica sigma se mostrou essencial para a adequada avaliação de desempenho analítico dos testes laboratoriais. CONCLUSÕES: A utilização da métrica sigma como índice de performance dos processos técnicos no laboratório clínico proporciona a padronização de um sistema de controle de qualidade custo-efetivo, alinhando qualidade e metas de custo, com foco na satisfação dos clientes e na saúde financeira da organização.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: The Six Sigma approach is a new technique to manage process quality performance in clinical laboratory, aligning quality and cost reduction targets. OBJECTIVES: The aim of this study was to evaluate the viability and the impact of the Six Sigma concepts in the clinical laboratory technical processes management. METHODS: It was made a study to compare 14 serum anilities in two automated chemistry systems, Bayer ADVIA 1650 and Ortho-Clinical Diagnostics VITROS 950, using sigma-metrics. Sigma-metrics was calculated using different performance specifications. Results: The highest metrics were found in uric acid and triglycerides assays in both analyzers using Clinical Laboratory Improvement Amendments (CLIA) and biological variation based specifications. The lowest metrics were found in AST and ALT assays on ADVIA 1650 analyzer and chloride on VITROS 950 analyzer. DISCUSSION: The results showed a tendency to higher sigma-metrics in anilities processed on VITROS 950 than ADVIA 1650. The specification limits definition showed to be an important step to a reliable performance evaluation using sigma-metrics. CONCLUSIONS: The use of sigma-metrics as an index of technical process quality performance allow the laboratory to design a cost-effective quality control system, aligning quality and cost goals, keeping the custumer satisfaction in a high level and the focus on financial condition of the organization.
  • Dengue Medicina Laboratorial

    Pannuti, Cláudio Sergio
  • Analysis of betaS-globin gene haplotypes in Ceará, Brazil Medicina Laboratorial

    Galiza Neto, Gentil Claudino de; Pitombeira, Maria da Silva; Vieira, Hélio Forta; Vieira, Maria Laíse Chaves; Farias, Danúbio Andrade Bezerra

    Abstract in Portuguese:

    No presente trabalho abordam-se vários aspectos relacionados à natureza molecular da anemia falciforme (AF), desordem hematológica de caráter hereditário. A descoberta do polimorfismo do DNA no grupamento do gene betaS, originando diferentes haplótipos da doença, permitiu ampliar o conhecimento em torno da heterogeneidade clínica observada nos pacientes falcêmicos nas mais diversas regiões do mundo. Analisaram-se os diferentes haplótipos e seus parâmetros hematológicos, presentes em um grupo de 22 pacientes naturais e procedentes do estado do Ceará. A distribuição das freqüências dos haplótipos encontrados foi de 55,9% para Benin; 41,2% para República Centro-Africana (CAR); e de 2,9% para o haplótipo Senegal. Esses dados, em comparação com os demais estudos realizados no Brasil, mostram associação entre os seus valores para um alfa de 5% (p < 0,05). Os resultados obtidos possibilitam um entendimento mais completo da fisiopatologia desta doença e da sua complexidade clínica em nosso meio, bem como permitem um conhecimento mais amplo da AF em nosso país.

    Abstract in English:

    The present work deals with numerous aspects related to the molecular nature of sickle cell anemia. The discovery of the DNA polymorphism in the betas-globin gene cluster, gave origin to different haplotypes of the disease, making possible to enlarge the knowledge about the clinical heterogenity observed on the patients with sickle cell disease, in the various regions of the world. The different haplotypes and its hematological parameters were analysed in a group of 22 patients born in the State of Ceará, northeast of Brazil. The distribution found in the haplotypes frequency was of 55.9% for the Benin, of 41.2% for the CAR, and of 2.9% for Senegal haplotype. The data, compared to the others works done in Brazil, show relations among their values to alpha of 5% (p < 0,05). The results make possible a full understanding of the pathophisiology of the illness and of its clinical complexity in our State, as well as it allows a better knowledge of the sickle cell disease in our country.
  • Physiopathology of vitamin B12 deficiency and its laboratorial diagnosis Medicina Laboratorial

    Paniz, Clóvis; Grotto, Denise; Schmitt, Gabriela Cristina; Valentini, Juliana; Schott, Karen Lílian; Pomblum, Valdeci Juarez; Garcia, Solange Cristina

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A vitamina B12 é hidrossolúvel, não-sintetizada pelo organismo humano, presente em alimentos de origem animal. Sua deficiência é muito freqüente entre idosos, vegetarianos e indivíduos que adotam baixa dieta protéica ou apresentam problemas de absorção gastrintestinal. FISIOPATOLOGIA: A deficiência de vitamina B12 leva a transtornos hematológicos, neurológicos e cardiovasculares, principalmente, por interferir no metabolismo da homocisteína (Hcy) e nas reações de metilação do organismo. Muitas vezes a deficiência pode permanecer assintomática por longos períodos, desencadeando uma deficiência crônica que, se mantida, pode levar a manifestações neurológicas irreversíveis. METODOLOGIAS: Metodologias eficientes que permitam um diagnóstico precoce são imprescindíveis. Porém um método considerado padrão-ouro ainda não é consensual. A dosagem sérica de vitamina B12 sofre algumas restrições pelos problemas de sensibilidade e especificidade, podendo ocorrer sintomas de deficiência mesmo com vitamina B12 sérica dentro dos níveis normais ou, de outro modo, ocorrendo baixos níveis de vitamina B12 sérica sem, contudo, apresentar baixos níveis da fração de vitamina realmente disponível para as células e sem apresentar sintomatologia. Novas alternativas vêm surgindo, como a dosagem de transcobalamina II (Tc II), a única fração de vitamina B12 disponível para as células, ou a dosagem de ácido metilmalônico (MMA) e Hcy, metabólitos que aumentam quando ocorre diminuição de vitamina B12 intracelular. Estes testes apresentam algumas vantagens, mas também limitações importantes para uso rotineiro. CONCLUSÃO: Em casos subclínicos, um diagnóstico correto e precoce representa ainda um desafio, e futuros estudos são necessários para definir um método padrão para diagnóstico laboratorial da deficiência de vitamina B12.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The vitamin B12 is a water soluble vitamin, not synthetized by humans organisms, found in foods of animal origin. Its deficiency is very frequent among old people, vegetarians, subjects who use a low protein diet, or who present gastrointestinal absorption failure. PHYSIOPATHOLOGY: The vitamin B12 deficiency leads to hematologic, neurophatologic and cardiovascular disorders, mainly by interfering in the homocysteine (Hcy) metabolism and in the methylation reactions of organism. Often, the deficiency can remain without symptoms for long time, leading to a chronic deficiency that, if not treated, may yield irreversible neurologic manifestations. METHODOLOGY: Efficient methodologies that allow the early diagnosis are essential. However, a gold standard method is not consensus yet. The vitamin B12 serum measurement presents some restrictions for problems of sensitivity and specificity, being able to occur deficiency’s symptoms even the serum vitamin B12 being in normal range or, in another way, occurring low levels of serum vitamin B12 without, however, showing low levels of vitamin B12 fraction really available for the cells and without showing symptoms. New alternatives come appearing, as the transcobalamin II measurement, the only vitamin B12 fraction available for the cells or the methylmalonic acid and Hcy measurement, metabolites that increase when intracellular vitamin B12 decreases. These tests present some advantages, but also important limitations for use in the routine. CONCLUSION: In the sub clinical cases, a correct and early diagnosis represents still a challenge and further studies are needed to define the best method for routine laboratorial diagnosis of vitamin B12 deficiency.
  • Comparison of single erbium:YAG laser resurfacing to a combination with cutaneous lifting: a morphometric study of neocollagenization in rats Patologia

    Noronha, Lucia; Figueroa, Maria Cristina; Tamanini, Paloma Rincón; Graf, Ruth

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Diferente do lifting, cuja tração mecânica é a responsável pelo efeito clínico de rejuvenescimento sobre rugas profundas, a fibroplasia (ou neocolagenização) é a responsável direta pelo resultado final da ação do laser sobre a pele com rugas superficiais, conferindo-lhe aparência mais jovem. O uso combinado dessas duas técnicas pode ser vantajoso, pois permite um resultado estético melhor com um único procedimento anestésico e cirúrgico em um curto período de recuperação. OBJETIVOS: O presente estudo morfométrico se propõe a avaliar se ocorre alguma alteração na espessura da fibroplasia induzida pelo resurfacing a laser erbium:YAG quando este se associa ao lifting cutâneo. MÉTODO: Foram utilizados 50 ratos da linhagem Wistar, divididos em dois grupos de 25, sendo que o primeiro grupo foi submetido à aplicação exclusiva de laser erbium:YAG no dorso de cada animal e o outro sofreu a aplicação de laser Erbium: YAG combinada ao lifting, o qual foi representado, no animal de experimentação, por retalho cutâneo dorsal pediculado. A fibroplasia foi avaliada nos dois grupos com medidas morfométricas lineares realizadas após o sacrifício dos animais nos dias 14, 28, 56, 84 e 112 do pós-operatório. RESULTADO: Foi observado aumento da fibroplasia em ambos os grupos estudados, porém o crescimento do colágeno foi superior no grupo submetido à terapia isolada com laser Erbium: YAG. CONCLUSÃO: A espessura da fibroplasia induzida pelo resurfacing a laser Erbium: YAG foi influenciada pela associação de um segundo procedimento cirúrgico no mesmo tempo operatório, neste caso, o lifting cutâneo.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: The fibroplasia is the responsible for the final aesthetic results induced by laser resurfacing upon skin with superficial wrinkles. On the other hand, the lifting is responsible for the deeper wrinkles removal, produced by mechanic results. The use of the combination of these two rejuvenation simultaneous techniques can cause surgical advantages and interesting esthetical results. OBJECTIVES: This morphometric study proposed to evaluate if there are any alteration of fibroplasia thickness during the accomplishment of the laser and lifting techniques joined. METHOD: There were used 50 Wistar rats divided in two groups. One of the groups was submitted to the exclusive application of laser Erbium: YAG, and the other group were submitted to the application of the laser Erbium: YAG combined with the lifting. The fibroplasia thickness was evaluated by the digital morphometrics techniques, after the sacrifice of animals on days 14, 28, 56, 84 and 112 after the surgery. RESULT: An increase in the fibroplasia was observed in both groups studied, although the collagen growth was superior in the group that was submitted to laser resurfacing isolated. CONCLUSION: The thickness of fibroplasia was modified by the use of simultaneous techniques: laser resurfacing and lifting.
  • Galectin-3 immunostaining in thyroid neoplasms Pathology

    Segura, Marcos Emanuel de Alcântara; Magalhães, Albino Verçosa de

    Abstract in Portuguese:

    A punção aspirativa por agulha fina de tireóide é o método pré-cirúrgico mais importante na definição da malignidade de uma lesão nodular. Entretanto esse procedimento apresenta limitações, como características morfológicas comuns entre neoplasias malignas e benignas. A expressão de uma lectina ligante de b-galactosídeos chamada galectina-3, aumentada em neoplasias malignas de tireóide, poderia ser utilizada como marcador de malignidade para neoplasias de tireóide. Cinqüenta e sete casos, entre eles 14 carcinomas papilares, 22 carcinomas foliculares e 21 adenomas foliculares, foram estudados quanto à expressão da galectina-3 por métodos imuno-histoquímicos. O tecido tireoidiano normal, adjacente ao tecido neoplásico, também foi avaliado em 48 casos. Todos os casos de carcinoma papilar e 18 casos de carcinoma folicular apresentaram marcação citoplasmática; um caso de adenoma folicular apresentou marcação nuclear. Nenhum caso de tecido tireoidiano normal demonstrou imunomarcação. Sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e negativo foram respectivamente 88%, 98%, 96% e 94%. A expressão da galectina-3 é uma evidência valiosa de malignidade nos casos em que as características citomorfológicas não forem conclusivas. A marcação por imunocitoquímica poderá aumentar a exatidão diagnóstica nos exames citológicos por aspiração de tireóide, tornando a indicação cirúrgica mais precisa.

    Abstract in English:

    Although fine-needle aspiration biopsy (FNAB) of the thyroid gland is the most important presurgical proceeding in defining the malignancy of a nodular lesion, it has limitations such as shared cytological morphology between malignant and benign lesions. Galectin-3, a b-galactoside-binding lectin is expressed mainly by malignant thyroid neoplasms. Fifty-seven specimens, including 14 papillary carcinomas, 22 follicular carcinomas and 21 follicular adenomas were tested for immunohistochemical staining against galectin-3. Normal thyroid adjacent to neoplastic tissue was also examined in 48 cases. All cases of papillary carcinoma were cytoplasmic stained, 18 cases of follicular carcinoma were cytoplasmic stained, and one case of follicular adenoma showed nuclear staining. No case of normal thyroid showed immunoreactivity. Sensitivity, specificity, positive predictive value and negative predictive value were respective 88%, 98%, 96%, and 94%. Galectin-3 expression is a valuable evidence of malignancy in cases where cytomorphological features are not conclusive. This immunomediated method could increase diagnosis accuracy for FNAB, thus making surgery indication more precise.
  • Argyrophilic nucleolar organizer regions in synovial sarcoma Patologia

    Lima, Flávio de Oliveira; Catarino, Regina Maria; Oshima, Celina Tizuko Fujiyama; Figueiredo, Marco Túllio de Assis

    Abstract in Portuguese:

    Regiões organizadoras nucleolares (NORs) correspondem a alças do DNA contendo genes responsáveis pela transcrição do RNA ribossômico, de 18S e 28S, situados no nucléolo da célula. Por possuírem reatividade com a prata são chamadas de AgNORs. O presente estudo investigou a correlação entre o número de AgNORs por núcleo e o prognóstico em dez sarcomas sinoviais diagnosticados no Hospital A. C. Camargo, entre 1972 e 1986, com informações confiáveis de seguimento clínico. A análise dos resultados não revelou correlação entre as variáveis estudadas, mostrando que o número de casos investigados e sua homogeneidade morfológica não permitem conclusões acerca do valor prognóstico dos AgNORs nos sarcomas sinoviais. Outrossim, o método se revelou barato, rápido e de aplicação simples para todo e qualquer serviço de patologia cirúrgica, podendo ser útil para avaliação da proliferação celular na rotina de laboratórios de pequeno porte.

    Abstract in English:

    The argyrophilic nucleolar organizing regions (AgNOR) are regions of the DNA that contain the sequences for the synthesis of the ribosomic RNA. They are localized in the short arms of human acrocentric chromosomes and they are indicators of cellular proliferation and ribosomal activity. The present study investigated the correlation between the number of AgNOR per nucleus and the prognosis of ten synovial sarcomas diagnosed at Hospital A.C. Camargo from 1972 to 1986. The analysis of the results did not show a statistical correlation with the different variables. The small number of patients in this series and their morphological uniformity do not allow reaching a conclusion regarding the prognostic value of the AgNOR in synovial sarcoma. This method is inexpensive, fast and simple, and can be used in any surgical pathology laboratory. This method can be useful in the routine evaluation of cellular proliferation in small pathology laboratories.
  • Practical use of immunohistochemistry in surgical pathology Patologia

    Werner, Betina; Campos, Antonio Carlos; Nadji, Mehdad; Torres, Luiz Fernando Bleggi

    Abstract in Portuguese:

    OBJETIVO: avaliar o motivo para indicação e analisar o grau de auxílio da imuno-histoquímica (IHQ) para o diagnóstico de neoplasias e lesões pseudoneoplásicas. MATERIAL E MÉTODO: avaliação retrospectiva observacional e descritiva de 4.459 casos submetidos a análise no laboratório de IHQ do Departamento de Patologia do Jackson Memorial Hospital, Universidade de Miami, Estados Unidos, em 1999. RESULTADOS: 3.706 casos possuíam dados suficientes para o desenvolvimento dos objetivos propostos. Em 19% dos casos a IHQ foi utilizada para determinar fatores prognósticos ou índices proliferativos; em 17% dos casos teve como objetivo identificar microrganismos, células, estruturas ou materiais; e em 64% dos casos teve aplicação diagnóstica propriamente dita. Em 835 casos desta última categoria a IHQ contribuiu para um diagnóstico específico em 83% das vezes e diminuiu o número de diagnósticos diferenciais em 12%. Em 5% das vezes a IHQ não auxiliou o patologista devido a exigüidade de algumas amostras, presença de necrose extensa ou indiferenciação extrema de algumas neoplasias. Os principais problemas de diagnóstico diferencial para os quais a IHQ foi utilizada foram: determinar o local de origem de carcinomas e adenocarcinomas e diferenciar entre hiperplasia mesotelial reacional, mesotelioma e adenocarcinoma, entre outros. Foram utilizados 4,1 anticorpos por caso, em média. CONCLUSÕES: Quando bem indicada e aplicada, a imuno-histoquímica é um método diagnóstico complementar útil em 95% dos casos e muitas vezes contribui fundamentalmente para as condutas cirúrgica e terapêutica. Amostras muito exíguas ou necróticas e neoplasias extremamente indiferenciadas são situações que comprometem o exame imuno-histoquímico e seus resultados. Quando utilizada de maneira direcionada aos principais diagnósticos diferenciais, a técnica apresenta uma relação custo/benefício alta.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Immunohistochemistry (IHC) is a valuable tool in diagnostic surgical pathology. We evaluated the frequency of IHC use and its contribution to the final diagnosis of tumors and pseudotumors. METHODS: A retrospective study of the 4,459 cases received in 1999 for immunoperoxidase study at the Immunohistochemistry Laboratory, Department of Pathology, University of Miami/Jackson Memorial Hospital, USA, was performed. RESULTS: 3,706 cases yielded all data necessary for the study. In 19% of cases IHC was used for localization of predictive tumor markers or evaluation of proliferation indicators; 17% of cases performed IHC to identify organisms or acellular structures and in 64% of cases IHC examination was to aid the pathologists in differential diagnosis of tumors. In 835 cases of the latter category, IHC helped the pathologists to render a specific diagnosis in 83% of instances. In 12% IHC narrowed down the diagnostic possibilities to two or three entities. In the remaining 5% of cases, IHC had no contribution to the final diagnosis due to limited diagnostic material, extensive necrosis or lack of tumor differentiation. The main differential diagnosis dilemmas included determination of the site of origin of carcinomas, differentiation between reactive mesothelial hyperplasia, mesothelioma and adenocarcinoma, and demonstration of cell phenotype in undifferentiated neoplasms. The average of antibodies per case was 4.1. CONCLUSIONS: Immunohistochemistry is a valuable tool in diagnostic surgical pathology capable of delineating the nature of disease in 95% of cases. In some instances, IHC is essential for the treatment decision-making. On the other hand, limited diagnostic material, extensive necrosis or lack of tumor differentiation can interfere in IHC performance. A well-designed differential diagnosis-driven utilization of the technique is extremely cost-effective.
  • Prognostic significance of histopathological grading of nodular sclerosing Hodgkin’s lymphoma Patologia

    Pracchia, Luís Fernando; Buccheri, Valeria; Menezes, Yara de; Siqueira, Sheila A. C.; Mori, Nair Sumie; Chamone, Dalton Alencar Fisher

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: A esclerose nodular (EN), do tipo histológico freqüente do linfoma de Hodgkin (LH), apresenta grande variabilidade em sua composição celular. Na década de 80, pesquisadores do British National Lymphoma Investigation (BNLI) propuseram uma subclassificação histológica do LH EN. Eles identificaram dois graus histológicos - o LH EN grau I (LH EN I) e o LH EN grau II (LH EN II) - e demonstraram que os portadores de LH EN II apresentavam menor sobrevida em comparação aos portadores de LH EN I. Outros estudos, entretanto, não reproduziram esses achados. OBJETIVO: Avaliar o significado prognóstico da graduação histológica proposta pelo BNLI. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo retrospectivo que incluiu 69 casos de LH EN. Mais de 90% dos casos foram tratados com terapia combinada ou quimioterapia exclusiva, não havendo diferença no tipo de tratamento oferecido a depender do grau histológico. RESULTADOS: Trinta e cinco casos (51%) foram classificados com EN I e 34 (49%) como EN II. Não observamos diferenças na distribuição de outros fatores prognósticos entre os portadores dos dois graus. Remissão completa após o tratamento inicial foi obtida em 85,7% dos casos de EN I e em 82,4% dos casos de EN II (p = 0,75). A probabilidade estimada de sobrevida global em cinco anos foi de 67% para EN I e de 83,5% para EN II (p = 0,13) e a taxa de sobrevida livre de doença em cinco anos foi de 85,2% versus 87%, respectivamente (p = 0,72). CONCLUSÃO: Nesta população de pacientes uniformemente tratados a graduação histológica BNLI não esteve associada com o prognóstico do LH EN.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Nodular sclerosis (NS), a frequent histological subtype of Hodgkin’s lymphoma (HL), presents great variability in its cellular composition. In the 80's, researchers of the British National Lymphoma Investigation (BNLI) proposed a histological-based subclassification for NS HL. They identified two histological grades - NS HL grade I (NS HL I) and NS HL grade II (NS HL II) - and reported that NS II patients had a lower survival rate in comparison with NS I patients. Others studies, however, did not reproduce these findings. OBJECTIVE: Evaluate the prognostic significance of the BNLI grading system. MATERIAL AND METHOD: We retrospectively studied 69 NS HL patients. More than 90% of the included cases were treated with combined modality therapy or exclusive chemotherapy, the treatment type was not different for NS I and NS II patients. RESULTS: Thirty-five cases (51%) were classified as NS I and 34 (49%) as NS II. We did not observe significant differences in the distribution of other prognostic factors between the two NS grades. The complete remission rate after initial therapy was 85.7% in the NS I group and 82.4% in the NS II group (p = 0.75). The predicted 5-year overall survival rate was 67% in the NS I patients and 83.5% in the NS II patients (p = 0.13). The predicted 5-year disease free survival rate for NSI and NSII patients was 85.2% and 87%, respectively (p = 0.72). CONCLUSION: The histological BNLI grading system was not associated with the prognosis of this uniformly treated NS LH population.
Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, Rua Dois de Dezembro,78/909 - Catete, CEP: 22220-040v - Rio de Janeiro - RJ, Tel.: +55 21 - 3077-1400 / 3077-1408, Fax.: +55 21 - 2205-3386 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: jbpml@sbpc.org.br