Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial, Volume: 42, Issue: 3, Published: 2006
  • Our journal cover

  • Importância da determinação da hemoglobina glicada no monitoramento do paciente portador de diabetes mellitus Editorial

    Sumita, Nairo Massakazu; Andriolo, Adagmar
  • Urinálise: comparação entre microscopia óptica e citometria de fluxo Medicina Laboratorial

    Bottini, P.V.; Garlipp, C.R.

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO E OBJETIVO: O exame de urina é um procedimento de alta demanda, trabalhoso e pouco padronizado. Este estudo teve por objetivo avaliar o desempenho de um citômetro de fluxo na realização do exame de urina de rotina. CASUÍSTICA E MÉTODOS: Foram analisadas 1.140 amostras de urina através de microscopia óptica comum e de citometria de fluxo (UF-100/SYSMEX). A precisão foi estabelecida com a análise de quatro amostras de urina (20 replicações cada). O cálculo da reprodutibilidade foi realizado a partir de 30 determinações de dois controles comerciais em dias consecutivos. RESULTADOS: As contagens de hemácias e leucócitos mostraram concordância de 91% e 93%, respectivamente. Cilindros, células e bactérias mostraram sobreposição dos valores fornecidos pelo UF-100 quando comparados com os relatados na análise microscópica. A precisão do UF-100 variou de 4% a 155%, com reprodutibilidade de 3% e 25%, dependendo do parâmetro avaliado. CONCLUSÃO: O equipamento UF-100/SYSMEX demonstra boa precisão, reprodutibilidade e concordância com a microscopia óptica. A utilização da citometria de fluxo implica numa maior agilização e padronização da rotina, bem como em uma nova maneira de reportar e interpretar o exame de urina de rotina.

    Abstract in English:

    INTRODUCTION: Urinalysis is a high demand procedure, with large amount of manual labor and poorly standardized. The purpose of this investigation was to analyze the performance of an automated system based on flow cytometry for routine urinalysis. MATERIAL AND METHODS: We analyzed 1,140 urine samples by light field microscopy and by flow cytometry (UF-100/SYSMEX). For the precision study of the UF-100, we calculated the within-run and between-run coefficients of variation using two different levels of commercial controls and four different urine samples. RESULTS: Erythrocytes and leukocytes counts by the two methods showed an agreement of 91% and 93%, respectively. Casts, epithelial cells and bacteria counts by the UF-100 showed a significant overlap when compared to microscopic analysis. Intra assay precision (within-run) ranged from 4% to 155% and interassay precision (between-run) varied from 3% to 25%, depending on the considered parameter. CONCLUSION: Flow cytometry is a precise and reproducible technique, with a strong correlation with the results obtained by microscopic analysis. Flow cytometry allows a better workflow and a new manner of reporting and interpreting routine urinalysis.
  • Focalização isoelétrica na identificação das hemoglobinas Medicina Laboratorial

    Bertholo, Luciane Cristina; Moreira, Haroldo Wilson

    Abstract in Portuguese:

    INTRODUÇÃO: Considerando a significativa freqüência das hemoglobinopatias na população brasileira e a necessidade do estabelecimento de metodologia confiável, rápida, reprodutível e possível de ser aplicada a um grande número de amostras, foi objetivo desse trabalho analisar as diferenças observadas pelas metodologias eletroforéticas em acetato de celulose e em ágar amido em comparação com a focalização isoelétrica (IEF) e o estabelecimento de um padrão amostral apresentando as principais posições das hemoglobinas anormais, com enfoque nas observadas na população brasileira. CASUÍSTICA E MÉTODOS: O material de estudo foi constituído por amostras de sangue de pacientes laboratoriais e doadores pertencentes à região central do estado de São Paulo, Brasil, e nelas aplicamos os testes de rotina laboratorial. Para efeito de comparação e validade das provas laboratoriais, correlacionamos os resultados dos testes com a técnica de focalização isoelétrica. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Os resultados observados em cada procedimento, somados aos dados de literatura, permitiram estabelecer padrões de migração para cada sistema eletroforético das hemoglobinas observadas na população brasileira. Dessa forma foram estruturados quadros com a possibilidade do uso dos mesmos evidenciando a facilidade e a viabilidade dessa técnica por diferentes laboratórios.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Considering the significant frequency of hemoglobinopathies in the Brazilian population and the necessity of establishing a reliable methodology, quick, reproductive and possible to be applied in a large number of samples, it was the objective of this work to analyze the differences on electrophoretic procedures with cellulose acetate and acid agar compared with isoelectric focusing (IEF), and to establish a standard of migration, presenting main positions of abnormal hemoglobin, based on Brazilian population hemoglobin. MATERIAL AND METHOD: The studied material was formed by blood samples from laboratory patients and blood donors of São Paulo state central area, Brazil, and applied laboratory routines tests. For a reasonable comparison and validation of laboratory tests, we related the results with isoelectric focusing. RESULTS AND DISCUSSION: These observations added to literature accounts allowed the establishment of standards of migration all over hemoglobinopathies observed in the Brazilian population. In this way, charts were developed to demonstrate the simplicity and viability of this techinique by different laboratories.
  • Estrutura, metabolismo e funções fisiológicas da lipoproteína de alta densidade Medicina Laboratorial

    Lima, Emerson Silva; Couto, Ricardo David

    Abstract in Portuguese:

    Diversos estudos clínicos, epidemiológicos e experimentais têm mostrado de maneira incontestável a relação entre dosagem sérica dos níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL) e doença cardiovascular. Baixos níveis de HDL estão presentes em aproximadamente 10% da população e representam um dos mais freqüentes achados de dislipidemia nos pacientes com doença arterial coronariana (DAC). Esses níveis reduzidos de HDL poderiam ser incapazes de efetivamente eliminar o excesso de colesterol das paredes vasculares, contribuindo para o fenômeno inflamatório que caracteriza a patogênese da aterosclerose nas suas fases iniciais. Outros inúmeros estudos têm convincentemente mostrado que a HDL também exerce efeitos diretos sobre os processos inflamatórios, por exemplo, através da modulação da expressão de diversas proteínas de fase aguda. Além disso, a HDL também possui diversos outros efeitos antiaterogênicos, como efeitos antioxidantes, inibição da agregação plaquetária e da migração de monócitos. O presente artigo faz uma revisão da literatura atual sobre o metabolismo da HDL e suas principais ações na prevenção da doença arterial coronariana.

    Abstract in English:

    Several experimental, clinical and epidemiological researches have shown the incontestable causal relationship between low high-density lipoprotein (HDL) plasma concentrations and cardiovascular pathology on an atherosclerotic basis. Low HDL levels characterize about 10% of the general population and they represent the most frequent dyslipidemia in patients with coronary artery disease. Reduced HDL concentrations would be unable to effectively eliminate the cholesterol excess at the vascular wall, contributing to the inflammatory phenomenon that characterizes the pathogenesis of atherosclerosis since its initial phases. Results of numerous studies reasonably allow supposing that HDL is able to exert, also directly, anti-inflammatory actions through the modulation of expression of diverse acute phase proteins. Furthermore, HDL also exerts several other atheroprotective effects, such as antioxidants affects, inhibition of platelets aggregation and monocytes migration. This paper is a review on recent literature data about HDL metabolism and its role in the prevention of coronary artery disease.
  • Insuficiência renal aguda como manifestação inicial de linfoma de Burkitt renal Medicina Laboratorial

    Carvalho, José Gastão Rocha de; Tafarel, Jean Rodrigo; Carvalho, Wilson Beleski de; Azambuja, Ana Paula de; Zenaro, Elicéia Soraia; Bendlin, Rodrigo

    Abstract in Portuguese:

    Relatamos o caso de um jovem de 14 anos que procurou atendimento médico por edema e hipertensão, sendo insuficiência renal aguda secundária a linfoma de Burkitt renal diagnosticada após avaliação laboratorial, de imagem e biópsia de massa tumoral renal.

    Abstract in English:

    This case report is from a 14-year-old boy who had edema and hypertension due to a primary renal Burkitt's lymphoma, diagnosed through laboratory and image evaluation and kidney tumor biopsy.
  • A importância da determinação da hemoglobina glicada no monitoramento das complicações crônicas do diabetes mellitus Medicina Laboratorial

    Bem, Andreza Fabro de; Kunde, Juliana

    Abstract in Portuguese:

    O diabetes é uma situação clínica muito freqüente que envolve cerca de 7% da população mundial. Por essa razão muitos esforços têm sido empregados na implementação de métodos de monitoramento e no desenvolvimento de terapias efetivas para o seu controle. A hemoglobina glicada (HbA1c) é o teste mais indicado na quantificação do risco de complicações crônicas em pacientes diabéticos. O Diabetes Control and Complications Trial (DCCT) e o United Kingdom Prospective Diabetes Study (UKPDS) concluíram que o risco de complicações em pacientes diabéticos é diretamente proporcional ao controle glicêmico, determinado através dos níveis de HbA1c. A medida exata e precisa da HbA1c é uma questão importante para os laboratórios clínicos, sendo que vários fatores podem afetar as determinações, levando a resultados equivocados. O objetivo deste estudo é demonstrar os diferentes métodos para a quantificação da HbA1c, bem como discutir os problemas mais freqüentes de padronização dessa determinação.

    Abstract in English:

    Diabetes is a widespread disease, involving about 7% of the entire world population. For this reason, many efforts have been devoted to the wide application of valid monitoring procedures and to the development of effective therapeutic approaches. Glycated hemoglobin (HbA1c) is the pre-eminent factor for quantifying the risk of chronic complications in patients with diabetes. The Diabetes Control and Complications Trial (DCCT) and United Kingdom Prospective Diabetes Study (UKPDS), demonstrated conclusively that risks for complications in patients with diabetes are directly related to glycemic control, as measured by glycated hemoglobin (HbA1c). Accurate determination of HbA1c is an important issue for clinical laboratories and several factors may affect and lead to erroneous results. The main objective of this study is to show the different methods for glycated hemoglobin quantification and to discuss the most frequent problems of standardization glycated hemoglobin measurements.
  • Tuberculose em necropsias realizadas no Serviço de Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina de Botucatu Patologia

    Joaquim, Andrei Fernandes; Carandina, Luana; Defaveri, Julio

    Abstract in Portuguese:

    Entre 6.316 necropsias realizadas, no período de 1969 a 2000, no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (FMB/UNESP), foram encontradas 240 necropsias com diagnóstico de tuberculose, sendo 117 registradas como doença principal (grupo tuberculose/doença principal) e 123, como doença associada (grupo tuberculose/doença associada). No grupo tuberculose/doença principal, 100% apresentavam tuberculose ativa, com 80 ocorrências em homens e 37 em mulheres e média de idade de 47,7 anos. Caquexia (37,2%) e cor pulmonale (23,7%) foram as co-morbidades mais prevalentes nesse grupo. Os pulmões estavam comprometidos em 95,7% dos casos, seguido pelos linfonodos (38,9%) e pleuras (27,1%). Os padrões morfológicos das lesões pulmonares foram: 1. miliar, 58,4%; 2. cavernas, 56,6%; 3. fibrose, 41,5%; 4. bronquiectasias, 26,5%; 5. enfisema, 19,4%; e 6. cistos, 1,7%. Cavernas foram observadas em diferentes áreas, com discreto predomínio no pulmão direito, sendo a localização apical preferencial (100%) e quase sempre bilaterais (94%). Lesões miliares, bronquiectasias e fibrose estavam distribuídas, de forma difusa e aleatória, nos pulmões. No grupo tuberculose/doença associada também houve predomínio de homens (70,8%). Nesses casos, a AIDS e o alcoolismo crônico foram as doenças principais mais freqüentes, representando 22% e 16,3%, respectivamente. Os pulmões estavam acometidos em 85,2% dessas necropsias (100% nos casos de AIDS), seguidos pelos linfonodos (31,9%) e baço (28,6%). Nossos dados corroboram a importância da necropsia no estudo e no conhecimento da tuberculose, fornecendo subsídios para uma melhor abordagem clínica e epidemiológica dessa doença em nossa região.

    Abstract in English:

    Among 6,316 necropsies performed in the period 1969-2000 at the Department of Pathology of Botucatu Medical School UNESP, 240 were of tuberculosis. Among them, 117 were registered as the principal disease (tuberculosis/principal disease group) and 123, as associated to another disease (tuberculosis/associated disease group). In the tuberculosis-principal disease group, 100% had active tuberculosis, 80 patients were male and 37 were female, with mean age of 47.7 years. Cachexia (37.2%) and cor pulmonale (23.7%) were the most prevalent comorbities in this group. The lungs were affected in 95.7% of the cases, followed by lymph nodes (38.9%) and pleura (27.1%). The morphology and frequency of pulmonary lesions were: 1. miliar: 58.4%; 2. caverns, 56.6%; 3. fibrosis, 41.5%; 4. bronchiectasias, 26.5%; 5. emphysema, 19.4% and 6. cysts, 1.7%. Caverns were observed in different areas of both lungs, with discreet predominance in the right lung, were located mainly in the apices (100%), and the great majority (94%) was bilateral. The others lesions were distributed randomly in both lungs. In the tuberculosis/associated disease group, 70.8% was male, and the two most frequent principal diseases were AIDS (22.1%) and alcoholism (16.3%). Also, the lung was the most affected organ (85.2%), followed by lymph nodes (31.9%) and spleen (28.6%). In 100% of AIDS there were pulmonary lesions. This study in necropsies reinforces epidemiological data that tuberculosis is an important disease, and, also, constitutes an invaluable tool to gather information for a better understanding of the pathology and the epidemiology of tuberculosis in our region.
  • Analysis of the association between Epstein-Barr virus and classic Hodgkin’s lymphoma in adult patients from Ceará (Brazil) by immunohistochemistry and in situ hybridization Pathology

    Pinto, Marília Taumaturgo; Ferreira, Francisco Valdeci de Almeida; Pitombeira, Maria da Silva; Magalhães, Silvia Maria Meira; Costa, Clara Maria Bastos Eloy da; Lima Filho, Paulo Wagner Linhares; Férrer, Renata Praciano Correia; Aguiar, Andrei Levine Porfírio de; Rocha Filho, Francisco Dário

    Abstract in Portuguese:

    A freqüência do vírus Epstein-Barr (EBV) em pacientes com linfoma de Hodgkin Clássico (LHC) sofre variabilidade geográfica. No presente estudo investigamos a freqüência do EBV em pacientes com LHC no estado do Ceará. Trinta e sete casos de linfoma de Hodgkin clássico foram avaliados por imuno-histoquímica para EBV usando o anticorpo monoclonal contra a proteína latente da membrana (LMP1) e pelo método de hibridização in situ para RNA associado ao EBV (EBER1). Não há diferença por sexo e idade dos pacientes no que concerne à freqüência de LHC. O subtipo histológico esclerose nodular foi predominante. LMP1 esteve presente em células Reed-Sternberg em 67,5% e pela hibridização in situ, através da sonda EBER, foi evidente em 75,6% dos casos. Não observamos predominância significativa da associação de EBV com os subtipos histológicos esclerose nodular (EN) e celularidade mista (CM) (p = 0,66).

    Abstract in English:

    The prevalence of Epstein-Barr virus (EBV) in patients with classical Hodgkin’s lymphoma (CHL) is geographically variable. In the present study the prevalence of EBV in CHL was assessed in adult patients from Ceará, Brazil. Thirty-seven cases were immunohistochemically evaluated for EBV using latent membrane protein (LMP1) antibody and for EBV latency-associated RNA (EBER1) using in situ hybridization (ISH). Sex and age did not differ among patients as to the frequency of CHL. Nodular sclerosis was the predominant histological subtype. LMP1 was found in Reed-Sternberg cells in 67.5% of the cases whereas ISH detected EBER1 in 75.6%. Regarding histological subtypes EBV infection rates were not found statistically different in nodular sclerosis (NS) and mixed cellularity (MC) subtypes (p = 0.66).
  • Hibridização in situ com sonda não-radioativa para mRNA: princípios e aplicações em patologia Patologia

    Silva-Valenzuela, Maria das Graças da; Almeida, Fernanda Campos S.; Matizonkas-Antonio, Luciana Fasanella; Libório, Tatiana Nayara; Acquafreda, Thais; Cazal, Claudia; Ferraz, Alberto; Nunes, Fábio Daumas

    Abstract in Portuguese:

    A técnica de hibridização in situ (ISH) tem sido usada para identificar mRNA (ou DNA) em amostras de tecido de material humano e animal. Embora uma série de protocolos para essa técnica seja utilizada, as descrições não são bem detalhadas. O objetivo deste trabalho é descrever a reação de hibridização in situ em tecido fresco e sua aplicação em patologia, tornando mais compreensível essa técnica tão importante, que possibilita observar a localização tecidual e a expressão temporal e espacial dos transcritos de um determinado gene (mRNA). Resultados de reações com as ribossondas PITX1, SHH e WNT-5A, realizadas em amostras de tecido congelado, são apresentados.

    Abstract in English:

    In situ hybridization (ISH) has been used to identify mRNA (or DNA) in fresh tissue samples of humans and animals. Several protocols describing this technique are available, although its description is not usually detailed enough. The present work describes in situ hybridization reaction on fresh tissue in a way to make understandable this important technique, which allows verifying the cellular localization, and the spatial and temporal expression, of gene transcripts (mRNA). Results with PITX1, TGIF, SHH and WNT-5A riboprobes, in fresh tissue samples, are presented.
  • Adenoma de paratireóide diagnosticado por punção aspirativa por agulha fina: relato de caso Patologia

    Medeiros, Marciênio Oliveira de; Rosas, Rosalina Jenner; Oliveira, Vladimir Gomes de; Nóbrega Neto, Sebastião Horácio da; Souza, Lincoln Santos; Torres, Maria Roseneide dos Santos

    Abstract in Portuguese:

    Os autores relatam o caso de uma paciente com hiperparatireoidismo primário causado por adenoma de paratireóide diagnosticado através de punção aspirativa por agulha fina (PAAF) no pré-operatório. A paratireóide aumentada foi visualizada pela ultra-sonografia (US) e submetida à PAAF, que foi compatível com adenoma de paratireóide. Realizou-se a remoção cirúrgica do adenoma e o histopatológico resultou concordante com a citologia. Este relato destaca a importância da localização e do diagnóstico citológico pré-operatório das lesões de paratireóide para proporcionar uma abordagem cirúrgica menos agressiva.

    Abstract in English:

    The authors report a patient’s case with primary hyperparathyroidism caused by parathyroid adenoma that was diagnosed by fine needle aspiration cytology (FNAC) in the preoperative. The increased parathyroid was visualized by the ultrasonography and submitted to FNAC that was compatible with parathyroid adenoma. The surgical removal of adenoma was accomplished and the histopathologic was concordant with the cytology. This report detaches the importance of the location and preoperative cytological diagnosis of the parathyroid lesions in providing a less aggressive surgical approach.
  • Microglandular hyperplasia of the cervix: frequency in cone specimens, histological patterns, clinical aspects and immunohistochemical markers for differential diagnosis with adenocarcinoma Pathology

    Padrão, Inês Liguori; Andrade, Liliana Aparecida Lucci De Angelo

    Abstract in Portuguese:

    Embora a hiperplasia microglandular da endocérvice (MGH) seja um diagnóstico freqüente, algumas vezes pode ser confundida com adenocarcinoma (ACa), principalmente de células claras. OBJETIVOS: Avaliar a freqüência da MGH em cones de colo uterino, seus padrões histológicos e o diagnóstico diferencial entre MGH e ACa, através de marcadores imuno-histoquímicos e de alguns aspectos clínicos. MÉTODOS: Foram revisados 223 cones, bem como 50 biópsias cervicais com o diagnóstico de adenocarcioma para: 1) verificar a freqüência de MGH nos cones; 2) avaliar a expressão de p53, antígeno carcinoembrionário (CEA) e Ki67 nas lesões; 3) correlacionar as lesões com idade, paridade e estado hormonal. RESULTADOS: MGH ocorreu em 35 cones (15,7%), com os padrões glandular (21 [60%]); reticular (7 [20%]); trabecular (6 [17,1%]) e sólido (um [2,8%]). A média de idade foi 36 anos e de paridade, três filhos; 51,42% estavam grávidas ou usavam terapia hormonal. O ACa ocorreu em pacientes mais velhas (média: 53 anos), multíparas e sem história hormonal. CEA foi negativo em todas MGH e positivo em 62% dos ACa. Ki67 apresentou reatividade baixa (5% a 10% dos núcleos corados) em 8,6% das MGH e alta (> 40% dos núcleos corados) em 80% dos ACa. p53 foi negativo na MGH e positivo em apenas 10% dos ACa. CONCLUSÃO: MGH foi freqüentemente encontrada em cones, principalmente em jovens, sendo metade dos casos associada a terapia hormonal ou gravidez. As expressões do CEA e do Ki67 foram importantes no diagnóstico de ACa, porém o p53 não contribuiu para diferenciar as lesões.

    Abstract in English:

    Although endocervical microglandular hyperplasia (MGH) is a common diagnosis, it can be confused with adenocarcinoma (ACa), mainly of the clear cell type. OBJECTIVES: Evaluate the frequency of MGH diagnosis in conization specimens, their histological patterns and characterize the differential diagnosis between MGH and ACa through immunohistochemical markers, as well as some clinical aspects. METHODS: We reviewed 223 cervical cones and 50 ACa in cervical biopsies in order to: 1) assess the frequency of MGH in cones; 2) verify immunohistochemical expression of p53, carcinoembryonic antigen (CEA) and Ki67 in both lesions; 3) correlate the findings to age, parity and hormonal status. RESULTS: We found 35 cases of MGH (15.7%), of the following patterns: 21 glandular (60%); 7 reticular (20%); 6 trabecular (17.1%) and one solid (2.8%). Average age was 36 years and mean parity was three children. Of the MGH patients, 51.42% were pregnant or made use of some hormonal therapy. ACa occurred in older patients (mean: 53 years), multiparous and with no hormonal history. CEA was negative in MGH and positive in 62% of ACa. Ki67 was weakly positive (5%-10% stained nuclei) in 8.6% of MGH and strong (> 40% stained nuclei) in 80% of ACa. p53 expression was negative in MGH and only present in 10% of ACa. CONCLUSIONS: MGH was common in cones, mainly in young women. Half of the cases were associated with hormonal therapy or pregnancy. CEA and Ki67 were useful but p53 expression was not important for the differential diagnosis with adenocarcinoma.
Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, Rua Dois de Dezembro,78/909 - Catete, CEP: 22220-040v - Rio de Janeiro - RJ, Tel.: +55 21 - 3077-1400 / 3077-1408, Fax.: +55 21 - 2205-3386 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: jbpml@sbpc.org.br