Características das tentativas de suicídio atendidas pelo serviço de emergência pré-hospitalar: um estudo epidemiológico de corte transversal

The characteristics of suicide attempts assisted by first responders: a cross-sectional epidemiological study

Jefferson Wladimir Tenório de Oliveira Ana Paula Nogueira de Magalhães Alice Correia Barros Elaine Kristhine Rocha Monteiro Carlos Dornels Freire de Souza Verônica de Medeiros Alves Sobre os autores

RESUMO

Objetivo:

Descrever o perfil das vítimas de tentativas de suicídio atendidas pelo Corpo de Bombeiros de um município do semiárido brasileiro.

Métodos:

Estudo transversal contendo dados do atendimento a vítimas de tentativas de suicídio, realizado pelos bombeiros militares do estado de Alagoas, no período de 1º de janeiro de 2000 a 31 de dezembro de 2017. Foram selecionadas as variáveis: sexo, idade, desfecho, intoxicação, uso de álcool, transtorno mental, estação do ano, dia da semana, horário, natureza da ocorrência e tempo de resposta, de transporte e total. Foram utilizados os testes qui-quadrado, exato de Fisher e Kruskal-Wallis.

Resultados:

Foram atendidas 144 vítimas de tentativas de suicídio. A frequência de atendimentos entre homens (n = 73; 50,7%) e mulheres (n = 71; 49,3%) foi semelhante. As mulheres apresentaram idade mais jovem (p < 0,001) e utilizaram o método da intoxicação (p < 0,001) duas vezes mais que os homens. A presença de transtorno mental (p = 0,04) foi mais comum entre os homens e o tempo consumido durante o atendimento pré-hospitalar foi maior entre eles, indicando que, possivelmente, as tentativas de suicídio cometidas por homens demandam maiores cuidados durante a assistência realizada pelos bombeiros.

Conclusões:

O perfil das vítimas de tentativas de suicídio apresentou frequência semelhante entre homens e mulheres, sendo as mulheres mais jovens. Nas mulheres, observou-se predomínio de intoxicações. Em homens, os transtornos mentais foram mais prevalentes. Além disso, fazem-se necessários o reconhecimento precoce dos casos de tentativas de suicídio, as principais formas de atuação e o preenchimento adequado das fichas de atendimento pré-hospitalar.

PALAVRAS-CHAVE
Tentativa de suicídio; suicídio; atendimento pré-hospitalar; bombeiros; epidemiologia

Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro Av. Venceslau Brás, 71 Fundos, 22295-140 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel./Fax: (55 21) 3873-5510 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: editora@ipub.ufrj.br