Função e disfunção sexual na depressão: uma revisão sistemática

Sexual function and dysfunction: a systematic review

Walter dos Santos Gonçalves Bruno Rabinovici Gherman Carmita Helena Najjar Abdo Antonio Egidio Nardi Jose Carlos Borges Appolinário Sobre os autores

RESUMO

Objetivo

Revisar sistematicamente as informações disponíveis acerca da função sexual e/ou disfunção sexual em pacientes com transtorno depressivo maior (TDM) e/ou distimia (DIS).

Métodos

Foi realizada uma busca sistematizada na base eletrônica Medline por estudos que avaliavam a função/disfunção sexual em pacientes com TDM e DIS. Foram incluídos estudos publicados até junho de 2017. Artigos relevantes presentes nas referências dos artigos foram pesquisados manualmente e incluídos nesta revisão.

Resultados

Vinte estudos foram elegíveis para análise. Foi observada uma grande diversidade de resultados decorrente da heterogeneidade dos delineamentos empregados e devido aos diferentes métodos de avaliação utilizados. De forma geral, os dados provenientes demonstraram uma redução das principais funções sexuais em pacientes com TDM e DIS, tais como: libido (31%-32%), drive (31%-87%), excitação (29%-85%), ereção (18%-46%), lubrificação (18%-79%) e orgasmo (26%-81%). Aumento de libido (15%-22%) também foi descrito em alguns estudos.

Conclusão

A disfunção sexual é altamente prevalente na DIS e no TDM. Foram notadas diversas alterações de funcionamento sexual na população estudada. Discrepâncias acerca de suas prevalências podem ter ocorrido devido às variadas metodologias de análise utilizadas nos estudos.

Depressão; distimia; transtorno depressivo persistente; disfunção sexual; função sexual

Instituto de Psiquiatria da Universidade Federal do Rio de Janeiro Av. Venceslau Brás, 71 Fundos, 22295-140 Rio de Janeiro - RJ Brasil, Tel./Fax: (55 21) 3873-5510 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: editora@ipub.ufrj.br