Estado antioxidante da coenzima Q10 e da vitamina E em crianças com diabetes tipo 1 Como citar este artigo: Alkholy UM, Abdalmonem N, Zaki A, Elkoumi MA, Hashim MI, Basset MA, et al. The antioxidant status of coenzyme Q10 and vitamin E in children with type 1 diabetes. J Pediatr (Rio J). 2019;95:226-32.

Usama M. Alkholy Nermin Abdalmonem Ahmed Zaki Mohamed A. Elkoumi Mustafa I. Abu Hashim Maha A.A. Basset Hossam E. Salah Sobre os autores

Resumo

Objetivo:

Avaliar o estado antioxidante da vitamina E no plasma e da coenzima Q10 no plasma e intracelular em crianças com diabetes tipo 1.

Método:

Este estudo caso-controle realizado em com 72 crianças com diabetes tipo 1 comparadas por idade, sexo e etnia de 58 crianças saudáveis. As crianças diabéticas foram divididas em dois grupos de acordo com sua hemoglobina glicosilada (A1c %): grupos de controle glicêmico bom e baixo. Todas as crianças foram submetidas a anamnese total, exame clínico e laboratorial para hemograma completo, A1c %, colesterol no plasma, triglicerídeos e níveis de vitamina E e níveis de coenzima Q10 no plasma, eritrócitos e plaquetas.

Resultados:

As crianças com baixo controle glicêmico mostraram nível de vitamina E no plasma significativamente maior, coenzima Q10, triglicerídeos, lipoproteína de baixa densidade, proporção da circunferência da cintura/estatura e níveis de colesterol e menor nível de lipoproteína de alta densidade e estado redox da coenzima Q10 em comparação aos com bom controle glicêmico e com o grupo de controle (p < 0,05). A coenzima Q10 no plasma mostrou correlação positiva com a duração da diabetes tipo 1, triglicerídeos, colesterol, vitamina E e A1c % e correlação negativa com a idade do grupo diabético (p < 0,05). O estado redox das plaquetas mostrou correlação negativa com os níveis de A1c % (r = -0,31; p = 0,022) e a duração da diabetes tipo 1 (r = -0,35, p = 0,012).

Conclusão:

Os pacientes com diabetes tipo 1, principalmente mal controlados, apresentaram aumento nos níveis de vitamina E no plasma e coenzima Q10 e redução no estado redox das plaquetas da coenzima Q10 que podem indicar aumento do estresse oxidativo.

PALAVRAS-CHAVE
Diabetes tipo 1; Estresse oxidativo; Vitamina E; Coenzima Q10

Sociedade Brasileira de Pediatria Av. Carlos Gomes, 328 cj. 304, 90480-000 Porto Alegre RS Brazil, Tel.: +55 51 3328-9520 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: jped@jped.com.br