Dores recorrentes na infância e adolescência

Recurrent pain in children and adolescents

OBJETIVO: realizar revisão bibliográfica sobre dores recorrentes na infância e na adolescência, com enfoque no diagnóstico diferencial e manejo desses pacientes. FONTES DE DADOS: levantamento bibliográfico no Medline e Lilacs, abrangendo os últimos quatro e dez anos, respectivamente, além de estudos e textos clássicos que tratam sobre o tema. SÍNTESE DOS DADOS: estudos realizados em diferentes partes do mundo demonstram que as dores recorrentes mais freqüentes na infância e adolescência são dor abdominal, cefaléia e dor em membros. A ocorrência de causa orgânica é baixa, observada em 5% a 10% dos casos. Dentre as causas orgânicas bem definidas de dor abdominal recorrente, cefaléia e dor em membros, não se observa nenhuma etiologia predominante. Foram analisados os principais avanços quanto à fisiopatologia das dores recorrentes, nas suas diferentes localizações, apresentando-se uma orientação para abordagem diagnóstica e terapêutica das afecções mais freqüentes em pediatria. CONCLUSÕES: as dores recorrentes na infância e adolescência são muito freqüentes e determinam significativa demanda aos serviços de saúde. A anamnese, o exame físico e o seguimento do paciente constituem a base para abordagem dessas crianças e adolescentes.

dor; dor abdominal; cefaléia; dor em membros


Sociedade Brasileira de Pediatria Av. Carlos Gomes, 328 cj. 304, 90480-000 Porto Alegre RS Brazil, Tel.: +55 51 3328-9520 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: jped@jped.com.br