Diagnóstico de sobrepeso e obesidade em escolares: utilização do índice de massa corporal segundo padrão internacional

Rodolfo Giugliano Ana L. P. Melo Sobre os autores

OBJETIVO: Avaliar a concordância entre o índice de massa corporal segundo padrão internacional e indicadores de adiposidade no diagnóstico de sobrepeso e obesidade em escolares. MÉTODOS: Avaliação de peso e estatura de 528 escolares, entre 6 e 10 anos, de ambos os sexos, seguida da classificação das crianças em eutróficas, com baixo peso, sobrepeso ou obesidade segundo índice de massa corporal por idade. A adiposidade foi estimada a partir da somatória das medidas das dobras cutâneas tricipital e subescapular, tricipital e da panturrilha medial e pelas circunferências da cintura e quadril. RESULTADOS: a prevalência de sobrepeso e obesidade foi de 21,2% nas meninas e 18,8% nos meninos. A porcentagem de gordura corporal média nas crianças normais (17,7%) foi significativamente diferente da observada nas crianças com sobrepeso (27,0%) e obesidade (29,4%) (p < 0,02). As circunferências médias da cintura e quadril dos meninos e meninas eutróficos (56,9 cm e 67,7 cm) diferiu significativamente daqueles com sobrepeso (65,9 cm e 77 cm) (p < 0,01). Não houve diferença na razão cintura-quadril entre os grupos. A porcentagem de gordura corporal, a circunferência da cintura e a circunferência do quadril correlacionaram-se significativamente com o índice de massa corporal (p < 0,01). CONCLUSÃO: O uso do índice de massa corporal por idade, baseado em padrão internacional, mostrou-se adequado para o diagnóstico de sobrepeso e obesidade na faixa etária estudada, apresentando boa concordância com a adiposidade.

IMC; pregas cutâneas; circunferência da cintura; circunferência do quadril; razão cintura-quadril


Sociedade Brasileira de Pediatria Av. Carlos Gomes, 328 cj. 304, 90480-000 Porto Alegre RS Brazil, Tel.: +55 51 3328-9520 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: jped@jped.com.br